Você sabe o que é o consumo consciente?

Você sabe o que é o consumo consciente?

Você sabe o que é o consumo consciente?

Na semana passada falamos sobre o consumismo e como ele pode ser considerado uma patologia e tem diversas implicações na vida de quem sofre desse mal. Desta vez, ainda com o tema consumo em atenção, vamos falar sobre um ponto que pode ajudar a diminuir, ou até mesmo combater o consumismo. É o consumo consciente.

“Ah, Raphael, mas toda vez que eu faço alguma compra eu estou consciente, pô”.

Eu sei disso. Mas não é sobre essa consciência que estamos falando. O consumo consciente é uma forma de consumir com o pensamento no impacto que aquele ato pode ter no meio ambiente, na sociedade e em suas finanças.

A Good Must Grow, uma consultoria de marketing socialmente responsável, faz um estudo nos Estados Unidos e, em 2020, mostrou que os norte-americanos estão mais dispostos a adotar medidas de consumo consciente. O crescimento desse interesse, de acordo com a organização, ocorreu em um momento de declínio na renda familiar. 

Vamos conhecer um pouco mais sobre o consumo consciente? Nesse texto você vai encontrar:

  • O que é consumo consciente?
  • Como ter consumo consciente?
  • Benefícios

Boa leitura!

O que é consumo consciente?

Um derivado do consumo sustentável, o consumo consciente tem sua premissa no impacto de cada ato. A filosofia prega que as escolhas sejam feitas com o pensamento no que aquele ato vai gera no meio ambiente, na sociedade e nas finanças do próprio consumidor. 

Em suma, o consumo consciente é o oposto do que vimos na semana passada com o consumismo. Ou seja, é agir e comprar de acordo com suas reais necessidades, sem exageros, sem compras por compulsão. 

O impulso? Bem, ele não faz parte do consumo consciente.

Quer exemplos práticos? Não é muito difícil encontrar. Vai no mercado, vê algumas frutas bonitas e baratas. A primeira ideia é comprar para aproveitar o preço e a qualidade, não é? Mas ai você lembra que a fruteira em casa está cheia daquela mesma fruta e, por mais que tenha fome, você não dará conta de comer tudo. Logo, elas irão apodrecer. 

Entendeu o conceito?

Como ter consumo consciente

A situação acima foi apenas um exemplo de onde podemos encontrar e encaixar o consumo consciente no nosso dia a dia.

No entanto, as possibilidades são muito maiores. Vou listar abaixo alguns desses cenários onde o consumo consciente pode ser adotado.

  • Comprar o necessário: o excesso de consumo gerar dívida, gera gasto exagerado e gera excesso em casa. Evite o impulso, planeje bem as compras para adquirir somente o que você precisa;
  • Menos embalagens: evitar o excesso se encaixa também no formato do que é comprado. Tente diminuir a quantidade de embalagens em casa, dê preferência ao refil. Quando não tiver jeito, prefira embalagens retornáveis; 
  • Sem desperdício: em relação aos alimentos, todo cuidado é necessário. Seja no manuseio deles, seja no cuidado para evitar que estraguem, seja na tentativa de aproveitá-los ao máximo;
  • Economize água e energia: o consumo consciente também passa por nossos hábitos domiciliares. Diminuir o consumo de água e reduzir a conta de energia fazem um bem danado para o bolso e para o ambiente;
  • Menos carros: diminuir a quantidade de carros nas ruas também é uma forma de consumo consciente. Você pode optar pelo uso de bicicleta, transporte público ou a carona solidária. Claro que cada opção dessa deve ser tomada avaliando o custo benefício. Não adianta defender o consumo consciente se você vai se prejudicar no final;
  • Reciclagem: opte pela coletiva seletiva e separe os resíduos de uma forma que eles possam ser reciclados;
  • Doação: não vai usar mais e o bem ainda está em bom estado? Doe. Você vai ajudar quem precisa.

Estes são alguns exemplos de como adotar o consumo consciente em seu estilo de vida. As dicas devem ser avaliadas para a realidade de cada pessoa e, como falei acima, devem ser utilizadas somente caso não ocorra um prejuízo. O sistema deve ser o ganha-ganha.

Benefícios

A ideia base do consumo consciente é que todos os lados do sistema saiam com um ponto positivo. Não se trata apenas de pensar no meio ambiente, evitar os impactos negativos no planeta. É, também, uma forma de melhorar suas finanças e ter mais controle sobre o seu dinheiro

Portanto, como vimos no texto sobre o consumismo, o consumo consciente pode ser encarado como uma medida para evitar a patologia. Isso acontece porque ele força uma reflexão maior sobre os seus atos e onde vai colocar seu dinheiro. 

Em termos gerais, ao optar por marcas que tenham a mesma prática, você incentivará a medida, ocorrerá um estímulo para que a empresa mantenha o hábito e que novas façam o mesmo. Seria como adotarmos em proporções menores os costumes do ESG.

Em termos pessoais, suas escolhas tenderão a ser melhores, você economizará e tenderá a ter mais dinheiro para investir e realizar os seus projetos.

Baixe nosso app grátis! No TC você acompanha as principais notícias e cotações do mercado em tempo real, além de ter acesso a canais exclusivos para interagir com os melhores profissionais.

Estude e conheça! Aprenda com quem realmente entende de investimentos. Tire dúvidas, troque ideias, experiências e construa uma grande rede de networking com investidores de todo Brasil.

A gente também está no Instagram, YouTube e no TikTok. Acompanhe!

Jornalista e planejador financeiro

Aprenda tudo sobre contabilidade

E-BOOK

Aprenda tudo sobre contabilidade

Neste e-book — “Contabilidade”, trazemos informações e conceitos importantes sobre contabilidade financeira.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.