IBOV

108.088,71 pts

+0,49%

SP500

4.690,28 pts

-0,23%

DJIA

35.677,48 pts

-0,22%

NASDAQ

16.353,23 pts

-0,25%

IFIX

2.674,54 pts

+0,51%

BRENT

US$ 75,39

-0,56%

IO62

¥ 642,50

-3,17%

TRAD3

R$ 6,39

+0,62%

ABEV3

R$ 16,07

-0,18%

AMER3

R$ 30,58

+2,61%

ASAI3

R$ 14,41

+2,56%

AZUL4

R$ 26,03

+5,25%

B3SA3

R$ 12,08

+0,24%

BIDI11

R$ 38,20

+2,11%

BBSE3

R$ 21,75

+2,49%

BRML3

R$ 8,28

+4,41%

BBDC3

R$ 17,67

-0,61%

BBDC4

R$ 20,80

-0,71%

BRAP4

R$ 53,58

-0,64%

BBAS3

R$ 32,69

+0,27%

BRKM5

R$ 65,20

-2,07%

BRFS3

R$ 20,12

-1,56%

BPAC11

R$ 21,68

+2,26%

CRFB3

R$ 14,87

+0,13%

CCRO3

R$ 12,60

-3,96%

CMIG4

R$ 13,97

+1,60%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,30

+2,22%

COGN3

R$ 2,61

+4,81%

CPLE6

R$ 6,33

+1,44%

CSAN3

R$ 22,17

+0,91%

CPFE3

R$ 27,35

+0,51%

CVCB3

R$ 16,03

+9,12%

CYRE3

R$ 16,01

+5,39%

ECOR3

R$ 8,95

+1,58%

ELET3

R$ 35,45

+0,88%

ELET6

R$ 34,38

-0,49%

EMBR3

R$ 21,27

+4,77%

ENBR3

R$ 21,36

+0,47%

ENGI11

R$ 45,71

+0,19%

ENEV3

R$ 15,01

+2,31%

EGIE3

R$ 39,22

-0,22%

EQTL3

R$ 23,70

+1,49%

EZTC3

R$ 20,90

+6,85%

FLRY3

R$ 19,27

+2,49%

GGBR4

R$ 28,98

+0,10%

GOAU4

R$ 12,01

+1,00%

GOLL4

R$ 18,67

+9,11%

NTCO3

R$ 27,50

+1,62%

HAPV3

R$ 11,38

+1,78%

HYPE3

R$ 28,93

+0,76%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 64,51

+1,75%

IRBR3

R$ 4,37

+3,30%

ITSA4

R$ 9,92

+0,40%

ITUB4

R$ 22,65

-1,35%

JBSS3

R$ 34,43

+0,05%

JHSF3

R$ 5,52

+3,95%

KLBN11

R$ 25,15

+0,39%

RENT3

R$ 55,90

+3,72%

LCAM3

R$ 24,67

+3,69%

LWSA3

R$ 14,56

+5,35%

LAME4

R$ 5,64

+4,05%

LREN3

R$ 29,65

+0,64%

MGLU3

R$ 6,80

-10,76%

MRFG3

R$ 22,55

+6,11%

BEEF3

R$ 8,74

+0,80%

MRVE3

R$ 12,28

+6,13%

MULT3

R$ 20,80

+3,63%

PCAR3

R$ 22,94

+1,81%

PETR3

R$ 31,17

-0,06%

PETR4

R$ 29,44

+0,27%

VBBR3

23,02

+3,69%

PRIO3

R$ 20,89

-4,74%

QUAL3

R$ 16,79

+1,20%

RADL3

R$ 23,73

+1,93%

RAIL3

R$ 17,72

+2,48%

SBSP3

R$ 38,69

+1,84%

SANB11

R$ 32,95

-0,78%

CSNA3

R$ 24,12

-1,18%

SULA11

R$ 26,88

+2,94%

SUZB3

R$ 58,71

+0,66%

TAEE11

R$ 35,72

-0,50%

VIVT3

R$ 48,86

-2,20%

TIMS3

R$ 13,29

-0,96%

TOTS3

R$ 32,26

+2,80%

UGPA3

R$ 15,38

+3,29%

USIM5

R$ 15,08

+1,07%

VALE3

R$ 75,70

-0,82%

VIIA3

R$ 5,78

-0,34%

WEGE3

R$ 35,93

+3,96%

YDUQ3

R$ 24,42

+3,08%

IBOV

108.088,71 pts

+0,49%

SP500

4.690,28 pts

-0,23%

DJIA

35.677,48 pts

-0,22%

NASDAQ

16.353,23 pts

-0,25%

IFIX

2.674,54 pts

+0,51%

BRENT

US$ 75,39

-0,56%

IO62

¥ 642,50

-3,17%

TRAD3

R$ 6,39

+0,62%

ABEV3

R$ 16,07

-0,18%

AMER3

R$ 30,58

+2,61%

ASAI3

R$ 14,41

+2,56%

AZUL4

R$ 26,03

+5,25%

B3SA3

R$ 12,08

+0,24%

BIDI11

R$ 38,20

+2,11%

BBSE3

R$ 21,75

+2,49%

BRML3

R$ 8,28

+4,41%

BBDC3

R$ 17,67

-0,61%

BBDC4

R$ 20,80

-0,71%

BRAP4

R$ 53,58

-0,64%

BBAS3

R$ 32,69

+0,27%

BRKM5

R$ 65,20

-2,07%

BRFS3

R$ 20,12

-1,56%

BPAC11

R$ 21,68

+2,26%

CRFB3

R$ 14,87

+0,13%

CCRO3

R$ 12,60

-3,96%

CMIG4

R$ 13,97

+1,60%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,30

+2,22%

COGN3

R$ 2,61

+4,81%

CPLE6

R$ 6,33

+1,44%

CSAN3

R$ 22,17

+0,91%

CPFE3

R$ 27,35

+0,51%

CVCB3

R$ 16,03

+9,12%

CYRE3

R$ 16,01

+5,39%

ECOR3

R$ 8,95

+1,58%

ELET3

R$ 35,45

+0,88%

ELET6

R$ 34,38

-0,49%

EMBR3

R$ 21,27

+4,77%

ENBR3

R$ 21,36

+0,47%

ENGI11

R$ 45,71

+0,19%

ENEV3

R$ 15,01

+2,31%

EGIE3

R$ 39,22

-0,22%

EQTL3

R$ 23,70

+1,49%

EZTC3

R$ 20,90

+6,85%

FLRY3

R$ 19,27

+2,49%

GGBR4

R$ 28,98

+0,10%

GOAU4

R$ 12,01

+1,00%

GOLL4

R$ 18,67

+9,11%

NTCO3

R$ 27,50

+1,62%

HAPV3

R$ 11,38

+1,78%

HYPE3

R$ 28,93

+0,76%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 64,51

+1,75%

IRBR3

R$ 4,37

+3,30%

ITSA4

R$ 9,92

+0,40%

ITUB4

R$ 22,65

-1,35%

JBSS3

R$ 34,43

+0,05%

JHSF3

R$ 5,52

+3,95%

KLBN11

R$ 25,15

+0,39%

RENT3

R$ 55,90

+3,72%

LCAM3

R$ 24,67

+3,69%

LWSA3

R$ 14,56

+5,35%

LAME4

R$ 5,64

+4,05%

LREN3

R$ 29,65

+0,64%

MGLU3

R$ 6,80

-10,76%

MRFG3

R$ 22,55

+6,11%

BEEF3

R$ 8,74

+0,80%

MRVE3

R$ 12,28

+6,13%

MULT3

R$ 20,80

+3,63%

PCAR3

R$ 22,94

+1,81%

PETR3

R$ 31,17

-0,06%

PETR4

R$ 29,44

+0,27%

VBBR3

23,02

+3,69%

PRIO3

R$ 20,89

-4,74%

QUAL3

R$ 16,79

+1,20%

RADL3

R$ 23,73

+1,93%

RAIL3

R$ 17,72

+2,48%

SBSP3

R$ 38,69

+1,84%

SANB11

R$ 32,95

-0,78%

CSNA3

R$ 24,12

-1,18%

SULA11

R$ 26,88

+2,94%

SUZB3

R$ 58,71

+0,66%

TAEE11

R$ 35,72

-0,50%

VIVT3

R$ 48,86

-2,20%

TIMS3

R$ 13,29

-0,96%

TOTS3

R$ 32,26

+2,80%

UGPA3

R$ 15,38

+3,29%

USIM5

R$ 15,08

+1,07%

VALE3

R$ 75,70

-0,82%

VIIA3

R$ 5,78

-0,34%

WEGE3

R$ 35,93

+3,96%

YDUQ3

R$ 24,42

+3,08%

Overhead: o que é e como isso afeta as companhias?

10 MAR

5 MIN

A área de investimentos, finanças e negócios possui muitos jargões. Você provavelmente já escutou vários ao acompanhar apresentações de resultados ou entrevistas com analistas. Um destes termos é o overhead.

Overhead são os custos indiretos associados com as despesas gerais de uma companhia e que não atribuídas diretamente à criação de um produto ou serviço. O custo overhead da empresa pode ser fixo ou variável (híbrido). A estrutura de overhead apresenta uma relação similar a ao que ocorre com a estrutura de custo e a rentabilidade: quanto maiores os custos fixos, maior o efeito de alavanca na rentabilidade das empresas.

No artigo a seguir, explicamos o significado do conceito para o investidor do mercado financeiro, e mostramos como ele afeta as empresas listadas na Bolsa de Valores. Entender o que é o overhead ajuda no entendimento da operação das firmas. Vamos lá?

  • O que é overhead
  • Entendendo o overhead e seus tipos
  • Demonstração do Resultado do Exercício – DRE da WEGE3
  • Efeitos na rentabilidade das empresas

Boa leitura!

O que é overhead?

Overhead são os custos indiretos e as despesas gerais de uma companhia e que não são atribuídas diretamente à criação de um produto ou serviço. O entendimento do overhead é importante para fins de orçamento, mas também para determinar quanto uma empresa deve cobrar por seus produtos ou serviços para obter lucro para cobrir os empréstimos e remunerar o acionista.

Em resumo, overhead são os gastos gerais da fabricação, incluindo as despesas gerais incorridas para permitir o funcionamento do negócio, embora não estejam diretamente relacionadas a um produto ou serviço específico.

Para facilitar a compreensão, vamos aos exemplos. Praticamente toda companhia terá algum destes overheads:

  1. Despesas com aluguel de instalações;
  2. Seguro contra roubo, incêndio ou catástrofe;
  3. Despesas com segurança, dentre outros.

Uma empresa paga overheads (despesas gerais) continuamente, independentemente de quanto ou quão pouco a empresa vende. Por exemplo, uma empresa baseada em serviços com um escritório tem despesas gerais, como aluguel, serviços públicos e seguro, além dos custos diretos de fornecimento dos serviços oferecidos.

Entendendo o overhead e seus tipos

Agora, onde encontramos as informações de overhead da firma? Bem, as despesas relacionadas ao overhead aparecem na demonstração de resultados do exercício (DRE) e afetam diretamente a lucratividade geral do negócio.

A empresa deve contabilizar as despesas gerais para determinar sua receita líquida. O lucro líquido é calculado subtraindo-se todas as despesas gerais e relacionadas à produção da receita líquida da empresa.

Para fins didáticos, abaixo, temos um exemplo de DRE da empresa Weg S.A (WEGE3). Em destaque, temos as contas onde costumam se concentrar as principais despesas de overhead: despesas com vendas e despesas gerais e administrativas. No geral, apenas quem entra nos formulários de referências consegue observar a composição destas contas.

DRE da Weg (WEGE3)

Figura 1: DRE da WEG | Fonte: Relatórios Estruturados enviados a CVM.

Apesar da DRE não ter a função de apresentar o “tipo do overhead”, as despesas gerais podem ser:

  • Fixas

As despesas fixas possuem sempre o mesmo valor (não estão atreladas com as receitas). Por exemplo, o pagamento do aluguel de uma empresa pode ser fixo. Se a empresa consegue ter vendas acima do aluguel, isso é ótimo. Porém, o fato dela não conseguir, não quer dizer que ela não deva pagar o aluguel do mesmo jeito.

  • Variáveis

As despesas variáveis aumentam ou diminuem em função do nível de atividade do negócio.

  • Semivariáveis

Já as despesas semivariáveis significa que a empresa incorre em alguma parte das despesas, não importa o que aconteça, e a outra parte depende do nível de atividade empresarial.

No geral, cada ramo de atividade possui overheads diferentes. Nas despesas gerias, os overheads incluem os custos relacionados à gestão geral e administração de uma empresa, como a necessidade de contadores, recursos humanos e recepcionistas. O overhead em vendas está relacionado às atividades envolvidas no marketing e propaganda do bem ou serviço.

Efeitos na rentabilidade das empresas

Agora, você pode estar se perguntando: e o que eu posso fazer com isso? No geral, o investidor que adotou a filosofia fundamentalista pode usar essa informação para conhecer a companhia e entender como ocorre a relação entre custos fixos e variáveis que falamos a pouco com o nível de rentabilidade da companhia.

No geral, a relação entre custos fixos e variáveis é chamada de alavancagem operacional: quando uma empresa possui muito custo fixo comparado com os custos variáveis, um aumento na receita vai gerar um aumento muito maior no lucro operacional da empresa.

Vamos pegar um exemplo. Imagine duas empresas. Uma terá alto nível de despesas fixas (Empresa A) e outra terá alto nível de despesas variáveis (Empresa B), mas ambas possuem as mesmas receitas e os mesmos custos.

Neste caso, vamos imaginar que o overhead ocorre apenas nas despesas. A DRE é apresentada abaixo. Vamos supor que o CMV dê 50% das receitas.

Empresa A Empresa B
Receita 10000,00 10000,00
CMV -5000,00 -5000,00
Lucro Bruto 5000,00 5000,00
Despesas -4000 -4000
EBIT 1000,00 1000,00

Note que não existe diferença entre ambas. A primeira tem uma despesa fixa de -4000,00. Já a segunda tem uma despesa variável de 40% das Receitas. Sabemos que este exemplo é extremo. Ele serve apenas para fins didáticos.

Agora, vamos subir as receitas em 20% no cenário 1 e depois reduzir as receitas em 20% no cenário 2. Os resultados mostram que a Empresa A apresenta um ganho muito maior no EBIT quando as receitas aumentam, porém apresentam uma perda igualmente grande quando elas caem.

Cenário 1 Cenário 2
Empresa A Empresa B Empresa A Empresa B
Receita 12000,00 12000,00 Receita 8000,00 8000,00
CMV -5000,00 -5000,00 CMV -5000,00 -5000,00
Lucro Bruto 7000,00 7000,00 Lucro Bruto 3000,00 3000,00
Despesas -3000 -4800 Despesas -4000 -3200
EBIT 4000,00 2200,00 EBIT -1000,00 -200,00

Considerações finais

Nenhuma empresa deseja ter custos altos. O investidor fundamentalista deve ficar de olho nas contas, no aumento das despesas e dos custos. Boas empresas conseguem manter uma boa margem de rentabilidade, adotando uma estrutura de custos e despesas competitivas.

Portanto, quando uma companhia consegue cortar o overhead fixo, é esperado que um aumento de receitas apresenta uma variação bem maior que o corte de overhead variável. Da mesma forma, fique atento com as decisões gerenciais que acabam elevando os custos, principalmente, os custos fixos. Isso pode gerar uma variação muito mais brusca em cenários em que as receitas despencam, afetando o valor das companhias.

Analista de conteúdo do TC School

Aprenda tudo sobre contabilidade

E-BOOK

Aprenda tudo sobre contabilidade

Neste e-book — “Contabilidade”, trazemos informações e conceitos importantes sobre contabilidade financeira.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.