Gestão de risco além dos investimentos

Gestão de risco além dos investimentos

tcschool

27 ABR

3 MIN

Gestão de risco além dos investimentos

Muitos dos que estão aqui já sabem e cor e salteado ou já estão cansados de ouvir falar em gestão de risco. Acredito que levam em consideração (se não, comecem logo, por favor) a gestão ao fazer day trade ou investimentos a mais longo prazo. Mas a gestão de risco não para e não deve parar por aí. Vai muito além e deve ser levada à sério em toda a vida.

Ignoramos, normalmente, ou subestimamos os riscos a que estamos expostos. Normalmente com a desculpa de “que nada, isso aí não acontece comigo não”. Mas acontece. E quando a gente menos espera.

Outro ponto que nos leva a não dar importância à gestão de risco é a vontade de ganhar cada vez mais dinheiro. Estar atento à gestão significa separar parte do patrimônio para ganhos pequenos ou até menos alguns gastos, o que faz virar o rosto, já que todo mundo só peça em ganhos, ganhos e ganhos.

Os riscos existem, acontecem e nos pegam de surpresa na maioria das vezes. Para evitar lamentar depois que o leite estiver derramado, pode seguir esses três passos no começo:

  1. Identificar os riscos a que está propenso
  2. Avaliar se é possível eliminar os riscos
  3. Caso não seja possível eliminar, avaliar como pode reduzir o risco ou o impacto dele

Com o processo feito e a identificação bem realizada, temos a possibilidade de assumir os riscos ou de terceirizá-los. Abaixo estão dois exemplos para que essa decisão possa ser tomada:

Gestão de risco: Assumir o risco

Imagine uma pessoa com renda mensal de dez salários mínimos e que compra um novo aparelho celular. Fazer ou não o seguro do aparelho? É uma cobertura opcional. Mas, caso não opte por fazer, o impacto de perder o aparelho e ter que comprar um novo será muito pequeno em relação à renda mensal.

GEstão de risco investimentos

Gestão de risco: Terceirizar o risco

Agora imagine o mesmo cenário. Mas com a renda do comprador sendo quatro salários mínimos. O impacto de um roubo será imenso.

Qual a opção? Fazer um seguro para transmitir o impacto do risco para terceiros.

Tipos de risco

O caso do celular é apenas um exemplo e que pode ser transportado para diversos outros segmentos de nossa vida. Casa, automóvel, vida, empreendimentos, empresas etc.

São muitas opções. Em todas elas, temos uma conclusão única: riscos de menor poder ofensivos podem e devem ser assumidos. Riscos de maior poder ofensivo devem ser terceirizados para que o impacto seja o menor possível.

Os tipos de proteção para estes casos são diferenciados também. Eles podem ser patrimoniais, pessoais ou de responsabilidade civil. Exemplos:

  •  Bens patrimoniais: seguro do automóvel, residencial, empresarial, máquinas e equipamentos
  •  Pessoas: seguro de vida, de saúde, funeral, acidentes pessoais etc
  •  Responsabilidade civil: cobertura a terceiros

Gestão de risco investimentos

Gestão de Risco e o paralelo com a vida pessoal do investidor

Sendo assim, há ainda uma gestão que entra um pouco mais na vida pessoal. Você deve avaliar muito bem a fonte de renda, condição do emprego, importância de sua renda para a família.

Contudo, um profissional liberal que seja a principal renda da família, por exemplo, não tem o “direito” de ficar doente ou ausente do serviço. Esse profissional fora de ação é sinônimo de ausência de renda em casa.

Portanto, para casos como esse, existem seguros específicos que podem suprir a ausência da renda por um determinado período. Obviamente que tudo deve ser analisado caso a caso e pesado na balança para ver se realmente vale à pena.

Desta maneira, foi a gestão de risco, aguçada pelo temor da pandemia do COVID-19, que fez com que milhares de brasileiros se preocupassem com o seguro de vida nos últimos meses.

Por Fim, isso explica o aumento da busca por essa opção em 60% entre os diabéticos. Estes precisaram de um evento extremo para ligar o alerta sobre algo básico. Não aguarde a mesma situação para você.

Raphael Carneiro
Jornalista e investidor
Trabalha com educação e planejamento financeiro. Possui certificação em Gestão de Finanças Pessoais e atua no mercado financeiro brasileiro há cinco anos

A sua escola como investidor

Aprenda tudo sobre contabilidade

E-BOOK

Aprenda tudo sobre contabilidade

Neste e-book — “Contabilidade”, trazemos informações e conceitos importantes sobre contabilidade financeira.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.