IBOV

108.088,71 pts

+0,49%

SP500

4.689,03 pts

-0,26%

DJIA

35.670,48 pts

-0,24%

NASDAQ

16.349,48 pts

-0,27%

IFIX

2.674,54 pts

+0,51%

BRENT

US$ 75,40

-0,55%

IO62

¥ 642,50

-3,17%

TRAD3

R$ 6,39

+0,62%

ABEV3

R$ 16,07

-0,18%

AMER3

R$ 30,58

+2,61%

ASAI3

R$ 14,41

+2,56%

AZUL4

R$ 26,03

+5,25%

B3SA3

R$ 12,08

+0,24%

BIDI11

R$ 38,20

+2,11%

BBSE3

R$ 21,75

+2,49%

BRML3

R$ 8,28

+4,41%

BBDC3

R$ 17,67

-0,61%

BBDC4

R$ 20,80

-0,71%

BRAP4

R$ 53,58

-0,64%

BBAS3

R$ 32,69

+0,27%

BRKM5

R$ 65,20

-2,07%

BRFS3

R$ 20,12

-1,56%

BPAC11

R$ 21,68

+2,26%

CRFB3

R$ 14,87

+0,13%

CCRO3

R$ 12,60

-3,96%

CMIG4

R$ 13,97

+1,60%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,30

+2,22%

COGN3

R$ 2,61

+4,81%

CPLE6

R$ 6,33

+1,44%

CSAN3

R$ 22,17

+0,91%

CPFE3

R$ 27,35

+0,51%

CVCB3

R$ 16,03

+9,12%

CYRE3

R$ 16,01

+5,39%

ECOR3

R$ 8,95

+1,58%

ELET3

R$ 35,45

+0,88%

ELET6

R$ 34,38

-0,49%

EMBR3

R$ 21,27

+4,77%

ENBR3

R$ 21,36

+0,47%

ENGI11

R$ 45,71

+0,19%

ENEV3

R$ 15,01

+2,31%

EGIE3

R$ 39,22

-0,22%

EQTL3

R$ 23,70

+1,49%

EZTC3

R$ 20,90

+6,85%

FLRY3

R$ 19,27

+2,49%

GGBR4

R$ 28,98

+0,10%

GOAU4

R$ 12,01

+1,00%

GOLL4

R$ 18,67

+9,11%

NTCO3

R$ 27,50

+1,62%

HAPV3

R$ 11,38

+1,78%

HYPE3

R$ 28,93

+0,76%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 64,51

+1,75%

IRBR3

R$ 4,37

+3,30%

ITSA4

R$ 9,92

+0,40%

ITUB4

R$ 22,65

-1,35%

JBSS3

R$ 34,43

+0,05%

JHSF3

R$ 5,52

+3,95%

KLBN11

R$ 25,15

+0,39%

RENT3

R$ 55,90

+3,72%

LCAM3

R$ 24,67

+3,69%

LWSA3

R$ 14,56

+5,35%

LAME4

R$ 5,64

+4,05%

LREN3

R$ 29,65

+0,64%

MGLU3

R$ 6,80

-10,76%

MRFG3

R$ 22,55

+6,11%

BEEF3

R$ 8,74

+0,80%

MRVE3

R$ 12,28

+6,13%

MULT3

R$ 20,80

+3,63%

PCAR3

R$ 22,94

+1,81%

PETR3

R$ 31,17

-0,06%

PETR4

R$ 29,44

+0,27%

VBBR3

23,02

+3,69%

PRIO3

R$ 20,89

-4,74%

QUAL3

R$ 16,79

+1,20%

RADL3

R$ 23,73

+1,93%

RAIL3

R$ 17,72

+2,48%

SBSP3

R$ 38,69

+1,84%

SANB11

R$ 32,95

-0,78%

CSNA3

R$ 24,12

-1,18%

SULA11

R$ 26,88

+2,94%

SUZB3

R$ 58,71

+0,66%

TAEE11

R$ 35,72

-0,50%

VIVT3

R$ 48,86

-2,20%

TIMS3

R$ 13,29

-0,96%

TOTS3

R$ 32,26

+2,80%

UGPA3

R$ 15,38

+3,29%

USIM5

R$ 15,08

+1,07%

VALE3

R$ 75,70

-0,82%

VIIA3

R$ 5,78

-0,34%

WEGE3

R$ 35,93

+3,96%

YDUQ3

R$ 24,42

+3,08%

IBOV

108.088,71 pts

+0,49%

SP500

4.689,03 pts

-0,26%

DJIA

35.670,48 pts

-0,24%

NASDAQ

16.349,48 pts

-0,27%

IFIX

2.674,54 pts

+0,51%

BRENT

US$ 75,40

-0,55%

IO62

¥ 642,50

-3,17%

TRAD3

R$ 6,39

+0,62%

ABEV3

R$ 16,07

-0,18%

AMER3

R$ 30,58

+2,61%

ASAI3

R$ 14,41

+2,56%

AZUL4

R$ 26,03

+5,25%

B3SA3

R$ 12,08

+0,24%

BIDI11

R$ 38,20

+2,11%

BBSE3

R$ 21,75

+2,49%

BRML3

R$ 8,28

+4,41%

BBDC3

R$ 17,67

-0,61%

BBDC4

R$ 20,80

-0,71%

BRAP4

R$ 53,58

-0,64%

BBAS3

R$ 32,69

+0,27%

BRKM5

R$ 65,20

-2,07%

BRFS3

R$ 20,12

-1,56%

BPAC11

R$ 21,68

+2,26%

CRFB3

R$ 14,87

+0,13%

CCRO3

R$ 12,60

-3,96%

CMIG4

R$ 13,97

+1,60%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,30

+2,22%

COGN3

R$ 2,61

+4,81%

CPLE6

R$ 6,33

+1,44%

CSAN3

R$ 22,17

+0,91%

CPFE3

R$ 27,35

+0,51%

CVCB3

R$ 16,03

+9,12%

CYRE3

R$ 16,01

+5,39%

ECOR3

R$ 8,95

+1,58%

ELET3

R$ 35,45

+0,88%

ELET6

R$ 34,38

-0,49%

EMBR3

R$ 21,27

+4,77%

ENBR3

R$ 21,36

+0,47%

ENGI11

R$ 45,71

+0,19%

ENEV3

R$ 15,01

+2,31%

EGIE3

R$ 39,22

-0,22%

EQTL3

R$ 23,70

+1,49%

EZTC3

R$ 20,90

+6,85%

FLRY3

R$ 19,27

+2,49%

GGBR4

R$ 28,98

+0,10%

GOAU4

R$ 12,01

+1,00%

GOLL4

R$ 18,67

+9,11%

NTCO3

R$ 27,50

+1,62%

HAPV3

R$ 11,38

+1,78%

HYPE3

R$ 28,93

+0,76%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 64,51

+1,75%

IRBR3

R$ 4,37

+3,30%

ITSA4

R$ 9,92

+0,40%

ITUB4

R$ 22,65

-1,35%

JBSS3

R$ 34,43

+0,05%

JHSF3

R$ 5,52

+3,95%

KLBN11

R$ 25,15

+0,39%

RENT3

R$ 55,90

+3,72%

LCAM3

R$ 24,67

+3,69%

LWSA3

R$ 14,56

+5,35%

LAME4

R$ 5,64

+4,05%

LREN3

R$ 29,65

+0,64%

MGLU3

R$ 6,80

-10,76%

MRFG3

R$ 22,55

+6,11%

BEEF3

R$ 8,74

+0,80%

MRVE3

R$ 12,28

+6,13%

MULT3

R$ 20,80

+3,63%

PCAR3

R$ 22,94

+1,81%

PETR3

R$ 31,17

-0,06%

PETR4

R$ 29,44

+0,27%

VBBR3

23,02

+3,69%

PRIO3

R$ 20,89

-4,74%

QUAL3

R$ 16,79

+1,20%

RADL3

R$ 23,73

+1,93%

RAIL3

R$ 17,72

+2,48%

SBSP3

R$ 38,69

+1,84%

SANB11

R$ 32,95

-0,78%

CSNA3

R$ 24,12

-1,18%

SULA11

R$ 26,88

+2,94%

SUZB3

R$ 58,71

+0,66%

TAEE11

R$ 35,72

-0,50%

VIVT3

R$ 48,86

-2,20%

TIMS3

R$ 13,29

-0,96%

TOTS3

R$ 32,26

+2,80%

UGPA3

R$ 15,38

+3,29%

USIM5

R$ 15,08

+1,07%

VALE3

R$ 75,70

-0,82%

VIIA3

R$ 5,78

-0,34%

WEGE3

R$ 35,93

+3,96%

YDUQ3

R$ 24,42

+3,08%

Alpargatas (ALPA4)

ALPA4

A empresa Alpagartas (ALPA4) foi fundada em 1907 com o nome original de Fábrica Brasileira de Alpargatas e Calçados pelo escocês Robert Fraser em associação com uma indústria inglesa. A pequena indústria teve suas primeiras produções no distrito da Mooca, em São Paulo. O sucesso das sandálias data do início do século XX, com o uso popular dos calçados e sandálias e lonas na produção cafeeira no oeste paulista.

Na década de 1930, o controle acionário da São Paulo Alpargatas foi transferido para a empresa argentina. Já em 1982, após um gradativo processo de nacionalização do capital iniciado em 1948, a São Paulo Alpargatas deixou de ter participação argentina e passou para ao controle do Grupo Camargo Corrêa, seu maior acionista.

Nesse texto, buscaremos compreender melhor a empresa Alpagartas (ALPA4) passando pelos seguintes pontos:

  1. O que faz a Alpargatas (ALPA4);
  2. Governança corporativa Alpargatas (ALPA4);
  3. Gráfico das ações ALPA4 na Bovespa; e
  4. Como analisar a empresa.

O que faz a Alpargatas (ALPA4)

Com grande crescimento na década de 1990, a companhia tornou-se uma das maiores indústrias calçadistas do Brasil. E no final de 1999, adquiri mais de 3% da Alpargatas Argentina, sua antiga controladora. Alcança, assim, o título de maior calçadista da América do Sul. A conclusão do processo de compra das ações da subsidiária argentina é concluído em 2013 e com isso passou a ter 100% da organização.

Em 2012, a Alpargatas (ALPA4) moderniza o logotipo para atender à estratégia de crescimento da empresa. No final de 2015, a Alpargatas vende as marcas Topper e Rainha para grupo liderado por Carlos Wizard Martins por 48,7 milhões de reais. Em 2015, o grupo Camargo Corrêa a vendeu ao conglomerado J&F Investimentos, dona da companhia de alimentos JBS por 2,67 bilhões de reais. Já em meados de 2017, as empresas Cambuhy Investimentos e Brasil Warrant e a holding Itaúsa fecharam a compra da Alpargatas por 3,5 bilhões de reais.

Governança corporativa (ALPA4)

A empresa se encontra no segmento de Nível 1 de governança corporativa da B3, atualmente. Saiba mais sobre governança corporativa: segmentos de listagem.

Gráfico das ações ALPA4 na Bovespa

É possível observar no gráfico de cotação das ações ALPA4 que a empresa desde 2015 apresentou crescimento praticamente nulo, com forte alta no preço do ativo a partir de meados de 2019, queda acentuada no início da pandemia de 2020 e rápida recuperação.

Como analisar a Alpargatas (ALPA4)

Quando pensamos em analisar uma empresa com viés fundamentalista, essas empresas podem ser analisadas principalmente por meio de múltiplos e por valuation. No caso da Alpargatas, que é uma empresa que tem concorrentes listados em bolsa, sendo elas: Vulcabrás, Grendene e Arezzo.

Nesse sentido, pode ser analisada pelo modelo de fluxo de caixa descontado e/ou por múltiplos. Nesse contexto, para analisar empresas é necessário conhecimentos em contabilidade e finanças, por meio do TC Matrix você poderá ter acesso de forma rápida, intuitiva e completa as informações das empresas.

Receitas, Custos e Despesas

Ativo

Dentre os ativos mais relevantes para a companhia Alpagartas (ALPA4) estão contas a receber, estoques e caixa e equivalente de caixa.

Passivo

O principal passivo da companhia são passivo circulante, especialmente com fornecedores.

Para mais informações sobre as empresas da Bolsa, acesse gratuitamente o TC Matrix. Com nosso aplicativo financeiro, você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, balanço patrimonial, cotação das ações, gráficos e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

E-BOOK

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

Neste e-book — "Tudo o que você precisa saber sobre IPOs", trazemos todas as informações que você precisa saber para entender sobre a abertura de capital de uma empresa no mercado financeiro.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.