IBOV

109.404,79 pts

+1,28%

SP500

4.590,57 pts

+1,28%

DJIA

35.416,01 pts

+1,11%

NASDAQ

15.310,00 pts

+1,75%

IFIX

2.808,98 pts

+0,06%

BRENT

US$ 88,70

+0,28%

IO62

¥ 752,50

+1,83%

TRAD3

R$ 4,44

+6,22%

ABEV3

R$ 14,55

+0,06%

AMER3

R$ 33,73

+1,59%

ASAI3

R$ 12,14

+0,91%

AZUL4

R$ 26,32

+4,15%

B3SA3

R$ 12,59

+2,69%

BIDI11

R$ 25,51

+13,37%

BBSE3

R$ 20,45

-1,11%

BRML3

R$ 8,89

+1,83%

BBDC3

R$ 17,61

-0,05%

BBDC4

R$ 21,09

-0,04%

BRAP4

R$ 28,57

-0,48%

BBAS3

R$ 31,36

+1,12%

BRKM5

R$ 49,52

+0,65%

BRFS3

R$ 23,84

+0,54%

BPAC11

R$ 21,42

+7,63%

CRFB3

R$ 14,84

-1,33%

CCRO3

R$ 11,65

+2,73%

CMIG4

R$ 12,98

+0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,13

+2,40%

COGN3

R$ 2,34

+6,36%

CPLE6

R$ 6,60

+1,69%

CSAN3

R$ 22,50

+2,41%

CPFE3

R$ 27,10

+1,61%

CVCB3

R$ 12,37

+7,00%

CYRE3

R$ 15,18

+2,91%

ECOR3

R$ 7,56

+3,70%

ELET3

R$ 33,43

+1,18%

ELET6

R$ 32,88

+1,63%

EMBR3

R$ 21,31

+3,54%

ENBR3

R$ 21,61

-0,13%

ENGI11

R$ 40,85

-1,11%

ENEV3

R$ 13,14

+1,78%

EGIE3

R$ 39,34

+0,02%

EQTL3

R$ 22,47

+1,21%

EZTC3

R$ 19,91

+5,34%

FLRY3

R$ 18,19

+0,33%

GGBR4

R$ 29,20

+0,55%

GOAU4

R$ 12,14

+0,24%

GOLL4

R$ 16,90

+2,73%

NTCO3

R$ 22,34

+7,04%

HAPV3

R$ 11,39

+4,30%

HYPE3

R$ 29,07

+2,28%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,92

+3,42%

IRBR3

R$ 3,47

+2,96%

ITSA4

R$ 9,65

+0,31%

ITUB4

R$ 23,47

-0,04%

JBSS3

R$ 36,47

-0,38%

JHSF3

R$ 5,24

+5,85%

KLBN11

R$ 25,55

-0,54%

RENT3

R$ 52,99

+6,29%

LCAM3

R$ 23,75

+5,79%

LWSA3

R$ 8,68

+0,46%

LAME4

R$ 6,35

+1,11%

LREN3

R$ 26,08

+4,95%

MGLU3

R$ 6,68

+5,86%

MRFG3

R$ 22,65

-0,17%

BEEF3

R$ 9,82

-0,50%

MRVE3

R$ 11,93

+6,13%

MULT3

R$ 19,68

+4,96%

PCAR3

R$ 20,25

+1,35%

PETR3

R$ 34,58

+0,96%

PETR4

R$ 31,76

+0,85%

VBBR3

20,97

+2,19%

PRIO3

R$ 24,21

+0,91%

QUAL3

R$ 16,89

+1,50%

RADL3

R$ 20,89

+1,70%

RAIL3

R$ 17,20

+2,80%

SBSP3

R$ 36,09

+1,12%

SANB11

R$ 31,44

-0,25%

CSNA3

R$ 26,97

+1,88%

SULA11

R$ 23,98

+0,88%

SUZB3

R$ 60,84

-1,63%

TAEE11

R$ 37,67

+2,33%

VIVT3

R$ 48,80

+0,22%

TIMS3

R$ 13,01

+0,15%

TOTS3

R$ 26,44

+4,50%

UGPA3

R$ 13,48

+1,89%

USIM5

R$ 16,76

+0,06%

VALE3

R$ 87,83

-0,43%

VIIA3

R$ 4,25

+6,25%

WEGE3

R$ 30,78

+0,91%

YDUQ3

R$ 20,47

+5,67%

IBOV

109.404,79 pts

+1,28%

SP500

4.590,57 pts

+1,28%

DJIA

35.416,01 pts

+1,11%

NASDAQ

15.310,00 pts

+1,75%

IFIX

2.808,98 pts

+0,06%

BRENT

US$ 88,70

+0,28%

IO62

¥ 752,50

+1,83%

TRAD3

R$ 4,44

+6,22%

ABEV3

R$ 14,55

+0,06%

AMER3

R$ 33,73

+1,59%

ASAI3

R$ 12,14

+0,91%

AZUL4

R$ 26,32

+4,15%

B3SA3

R$ 12,59

+2,69%

BIDI11

R$ 25,51

+13,37%

BBSE3

R$ 20,45

-1,11%

BRML3

R$ 8,89

+1,83%

BBDC3

R$ 17,61

-0,05%

BBDC4

R$ 21,09

-0,04%

BRAP4

R$ 28,57

-0,48%

BBAS3

R$ 31,36

+1,12%

BRKM5

R$ 49,52

+0,65%

BRFS3

R$ 23,84

+0,54%

BPAC11

R$ 21,42

+7,63%

CRFB3

R$ 14,84

-1,33%

CCRO3

R$ 11,65

+2,73%

CMIG4

R$ 12,98

+0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,13

+2,40%

COGN3

R$ 2,34

+6,36%

CPLE6

R$ 6,60

+1,69%

CSAN3

R$ 22,50

+2,41%

CPFE3

R$ 27,10

+1,61%

CVCB3

R$ 12,37

+7,00%

CYRE3

R$ 15,18

+2,91%

ECOR3

R$ 7,56

+3,70%

ELET3

R$ 33,43

+1,18%

ELET6

R$ 32,88

+1,63%

EMBR3

R$ 21,31

+3,54%

ENBR3

R$ 21,61

-0,13%

ENGI11

R$ 40,85

-1,11%

ENEV3

R$ 13,14

+1,78%

EGIE3

R$ 39,34

+0,02%

EQTL3

R$ 22,47

+1,21%

EZTC3

R$ 19,91

+5,34%

FLRY3

R$ 18,19

+0,33%

GGBR4

R$ 29,20

+0,55%

GOAU4

R$ 12,14

+0,24%

GOLL4

R$ 16,90

+2,73%

NTCO3

R$ 22,34

+7,04%

HAPV3

R$ 11,39

+4,30%

HYPE3

R$ 29,07

+2,28%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,92

+3,42%

IRBR3

R$ 3,47

+2,96%

ITSA4

R$ 9,65

+0,31%

ITUB4

R$ 23,47

-0,04%

JBSS3

R$ 36,47

-0,38%

JHSF3

R$ 5,24

+5,85%

KLBN11

R$ 25,55

-0,54%

RENT3

R$ 52,99

+6,29%

LCAM3

R$ 23,75

+5,79%

LWSA3

R$ 8,68

+0,46%

LAME4

R$ 6,35

+1,11%

LREN3

R$ 26,08

+4,95%

MGLU3

R$ 6,68

+5,86%

MRFG3

R$ 22,65

-0,17%

BEEF3

R$ 9,82

-0,50%

MRVE3

R$ 11,93

+6,13%

MULT3

R$ 19,68

+4,96%

PCAR3

R$ 20,25

+1,35%

PETR3

R$ 34,58

+0,96%

PETR4

R$ 31,76

+0,85%

VBBR3

20,97

+2,19%

PRIO3

R$ 24,21

+0,91%

QUAL3

R$ 16,89

+1,50%

RADL3

R$ 20,89

+1,70%

RAIL3

R$ 17,20

+2,80%

SBSP3

R$ 36,09

+1,12%

SANB11

R$ 31,44

-0,25%

CSNA3

R$ 26,97

+1,88%

SULA11

R$ 23,98

+0,88%

SUZB3

R$ 60,84

-1,63%

TAEE11

R$ 37,67

+2,33%

VIVT3

R$ 48,80

+0,22%

TIMS3

R$ 13,01

+0,15%

TOTS3

R$ 26,44

+4,50%

UGPA3

R$ 13,48

+1,89%

USIM5

R$ 16,76

+0,06%

VALE3

R$ 87,83

-0,43%

VIIA3

R$ 4,25

+6,25%

WEGE3

R$ 30,78

+0,91%

YDUQ3

R$ 20,47

+5,67%

Alupar (ALUP11)

ALUP11

Alupar (ALUP11)

A Alupar (ALUP11) é uma das principais players do segmento de transmissão no setor de energia elétrica no quesito de receita anual permitida, de acordo com a ONS. A companhia está presente também no segmento de geração de energia com atuação através de participação no capital social de concessionárias de energia elétrica.

Neste texto, buscaremos compreender a empresa Alupar (ALUP11) passando pelos seguintes pontos:

  1. O que faz a Alupar (ALUP11);
  2. Governança corporativa Alupar (ALUP11);
  3. Gráfico das ações ALUP11 na Bolsa de valores; e
  4. Como analisar a empresa.

O que faz a Alupar (ALUP11)

Atuando como holding, a Alupar Investimentos S.A., foi constituída em 2006 e no ano seguinte realizou sua reorganização societária, a qual contribuiu para a formulação de boa parte de seu portfólio atual. Dentre as empresas de transmissão tinha-se as seguintes participações: EATE, ECTE, ENTE, ERTE, ETEP, ETES, Lumitrans, STC, Transirapé, Transleste e Transudeste. As de geração: Foz de Rio Claro, Ijuí, Queluz e Lavrinhas. Entre 2008 e 2011, obteve concessões no leilão da ANEEL: EBTE, ESDE, ETEM, ETVG, TME, TNE, ETSE, Ferreira Gomes e Energia dos Ventos, assim como, autorização para a implantação da PCH Morro Azul na Colômbia.

Em 2009 a empresa fez um acordo entre os acionistas controladores que permanece em vigor até hoje. Naquela ocasião, o FI-FGTS subscreveu e integralizou ações ordinárias representantes de 17,84% do capital social da Alupar (ALUP11), em acordo com a Guarupart. Além disso, dado as proporções que a companhia vinha tomando, realizou processo de aumento de capital em 2013 através da emissão de 40 milhões de ações do tipo units. De lá para cá a empresa vem sendo bem sucedida em leilões de concessão da ANEEL. Em 2019, em um leilão da Eletrobras a companhia adquire a participação daquela na AETE.

Em 2019 a empresa possuía a seguinte capacidade instalada: 8 mil km de transmissão e quase 700 MW de geração, com contratos de concessão até o intervalo de 2034 a 2053. Das quase 8 mil km de linhas de transmissão que possui, aproximadamente 5 mil km já são operacionais e o restante está em fase de construção e/ou implantação. Assim como a capacidade instalada, onde, 580 MW já operam e 107 MW estão em construção.

O negócio da empresa é mais exposto ao segmento de transmissão do que ao de geração, a exemplo de 2019, onde 80% da receita bruta da empresa veio deste segmento. Além disso, a rentabilidade de suas operações não está atrelada à quantidade de energia comercializada, e, sim, à eficiência operacional.

Governança corporativa Alupar (ALUP11)

No quesito governança corporativa, a companhia está listada no “Nível 2” junto à Bovespa. Sua estrutura corporativa conta com Diretoria Executiva, Conselho de Administração e Conselho Fiscal.

Gráfico das ações ALUP11 na Bolsa de valores

É possível observar no gráfico com a cotação das ações ALUP11, que a empresa teve crescimento constante desde o final de 2018 até o final de 2019.

Como analisar a Alupar (ALUP11)

Receitas

As receita da Alupar (ALUP11) são oriundas, em sua maior parte, dos contratos de transmissão de energia.

Custos

Os custos da empresa são, em sua maior parte, o custos de manutenção e construção de novas linhas.

Ativos

A empresa tem seu ativo mais concentrados no longo prazo. Sendo a conta mais representativa a de Ativos Realizáveis a Longo Prazo.

Passivos

A empresa Alupar (ALUP11) tem seu passivo mais concentrado no longo prazo. Sendo a conta mais representativa a de Empréstimos e Financiamentos.

Relações Públicas pela UNESP/Bauru com especialização em Comunicação Organizacional pela ECA/USP

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

E-BOOK

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

Neste e-book — "Tudo o que você precisa saber sobre IPOs", trazemos todas as informações que você precisa saber para entender sobre a abertura de capital de uma empresa no mercado financeiro.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.