IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-2,06%

DJIA

34.213,89 pts

-1,43%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,85%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

-0,68%

IO62

¥ 752,50

+1,96%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

+0,41%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

+6,98%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

+0,81%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-2,06%

DJIA

34.213,89 pts

-1,43%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,85%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

-0,68%

IO62

¥ 752,50

+1,96%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

+0,41%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

+6,98%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

+0,81%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

BrasilAgro (AGRO3)

AGRO3

BrasilAgro (AGRO3)

A BrasilAgro  (AGRO3) tem como atividade principal o Desenvolvimento Agropecuário. É uma das maiores empresas brasileiras em quantidades de terras agricultáveis e com foco na aquisição, desenvolvimento, exploração e comercialização de propriedades rurais com aptidão agropecuária.

Neste texto buscaremos compreender melhor a empresa BrasilAgro  (AGRO3) elencando os seguintes pontos:

  1. O que faz a BrasilAgro  (AGRO3);
  2. Governança corporativa da BrasilAgro  (AGRO3);
  3. Gráfico de ações AGRO3 na Bovespa; e
  4. Como analisar a BrasilAgro  (AGRO3).

O que faz a BrasilAgro (AGRO3)

O início das atividades da BrasilAgro se deu em 2006, nesta presente data a empresa detinha 12 propriedades agrícolas em sete estados brasileiros agregando 266.772 hectares, dos quais 172.032 hectares eram agricultáveis, mas menos de 10% eram cultivados quando adquiridos e 94.740 hectares eram protegidos por regulamentação ambiental, desde então quatro das propriedades foram vendidas e três parcialmente vendidas. Em 2013 foram adquirido 50% de participação na Cresca S.A, companhia que possui 141.931 hectares de terra rural no Paraguai dos quais aproximadamente 71.000 desses hectares são agricultáveis, mas menos que 12.000 hectares eram cultivados quando adquiridos e aproximadamente 71.000 hectares eram protegidos por regulamentação ambiental. 

Em 2018 a separação da Cresca foi concluída e a porção dos ativos e passivos atribuídos à Companhia foi transferida para a subsidiária Moroti. Ainda em 2018 a Moroti possuía 59.490 hectares, dos quais 29.745 são utilizáveis. Em 2019 houve diversas negociações envolvendo compra e venda de terras, o mais expressivo evento foi o investimento de US$1,0 milhão na Ag-Fenech Agro, que consiste em um marketplace online, com um leque completo de soluções de e-commerce. Em contrapartida a Companhia passou a deter 1,8% da Agrofy. 

O modelo de negócio da BrasilAgro (AGRO3) está focado na aquisição de propriedades agrícolas subdesenvolvidas ou subutilizadas e na sua melhoria aplicando técnicas e tecnologia agrícola evolutivas. Tal estratégia envolve a capacidade da empresa de obter e aplicar técnicas e tecnologias agrícolas modernas para agregar valor às propriedades obtidas, assim fazendo os produtos competitivos no mercado e atraentes para investidores locais e internacionais. E de acordo com a estratégia da firma, quando a propriedade atinge um retorno esperado previamente definido, tal propriedade rural é vendida para ser realizados ganhos de capital. 

Governança corporativa da BrasilAgro (AGRO3)

A BrasilAgro foi à primeira empresa de produção agrícola a abrir o capital na Bovespa, está listada no segmento de listagem Novo Mercado da B3, e também foi à primeira empresa brasileira do agronegócio a listar ADRs (American Depositary Receipts) na NYSE (New York Stock Exchange). A estrutura corporativa conta com Diretoria Executiva, Conselho de Administração e Conselho Fiscal.

Gráfico das ações AGRO3 na Bolsa de valores

É possível notar no gráfico de cotação das ações AGRO3 que os papéis da BrasilAgro apresentaram relevante valorização dos ativos entre 2015 e 2020.

Como analisar a BrasilAgro (AGRO3)

Receitas

As receitas da BrasilAgro (AGRO3) são oriundas, em sua maior parte, da aquisição, desenvolvimento, exploração e comercialização de propriedades rurais com aptidão agropecuária.

Custos

Os custos da empresa são, em sua maior parte, o custos da operacionais referentes à compra/venda e manutenção das terras.

Ativos

A empresa tem seu ativo mais concentrado no longo prazo. Sendo a conta mais representativa a de Ativos Realizáveis a Longo Prazo. 

Passivos

A empresa BrasilAgro (AGRO3) tem seu passivo mais concentrado no longo prazo. Sendo a conta mais representativa a de empréstimos e financiamentos. 

Para mais informações sobre empresas da bolsa acesse gratuitamente o TC Matrix. Com ele, você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, balanço patrimonial e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

Sr Equity Research Analyst | TC Matrix

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

E-BOOK

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

Neste e-book — "Tudo o que você precisa saber sobre IPOs", trazemos todas as informações que você precisa saber para entender sobre a abertura de capital de uma empresa no mercado financeiro.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.