IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-2,06%

DJIA

34.213,89 pts

-1,43%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,85%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

-0,68%

IO62

¥ 752,50

+1,96%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

+0,41%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

+6,98%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

+0,81%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-2,06%

DJIA

34.213,89 pts

-1,43%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,85%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

-0,68%

IO62

¥ 752,50

+1,96%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

+0,41%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

+6,98%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

+0,81%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

Direcional Engenharia (DIRR3)

DIRR3

Direcional Engenharia (DIRR3)

A Direcional Engenharia (DIRR3) foi fundada em 1981, incorporando e construindo pequenos empreendimentos populares, realizando obras para órgãos do setor público.

A companhia está entre as cinco maiores construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares e de médio padrão e atuação em diversas regiões do país.

Desta forma, nesse texto, buscaremos compreender melhor a Direcional (DIRR3) passando pelos seguintes pontos:

  1. O que faz a Direcional (DIRR3)
  2. Governança corporativa da Direcional (DIRR3)
  3. Gráfico das ações DIRR3 na B3
  4. Como analisar a Direcional (DIRR3)

O que faz a Direcional (DIRR3)

Nos anos 80, a Direcional deu início ao processo de consolidação de sua marca no Estado de Minas Gerais. A companhia participou e ganhou importantes concorrências públicas para o desenvolvimento de obras de infraestrutura em diversos municípios do Estado, principalmente no setor de saneamento básico e obras na área de saúde. Além disso, a Direcional realizou diversas obras por empreitada para grandes empresas privadas.

Em 1992, a companhia iniciou seu processo de expansão para fora de Minas Gerais com o primeiro empreendimento em Brasília. A Direcional firmou diversas parcerias com a Caixa Econômica Federal (CEF) para o financiamento de obras destinadas às camadas economicamente menos favorecidas.

Em 2001 a companhia lançou seu primeiro empreendimento em Campinas. Ainda investiu na conquista gradativa de novos mercados, como Rio de Janeiro, Espírito Santo e cidades satélite do Distrito Federal.

Em 2006, a Direcional iniciou sua expansão para a região norte do país, lançando em Manaus um empreendimento de 1.984 unidades habitacionais e infraestrutura completa. Já em 2008, foi constituída a Direcional Vendas, subsidiária integral, para a prestação de serviços na intermediação da compra, venda e locação dos seus imóveis, bem como a prestação de serviços de consultoria imobiliária.

Em 2012 a Direcional se consolidou como um dos players mais relevantes no segmento de baixa renda do “Programa Minha Casa, Minha Vida”. Em 2013 a Direcional gerou R$76 milhões de caixa, um crescimento de 17% nas vendas e de 20% na receita líquida, que atingiu o patamar recorde de R$1,7 bilhão.

Em 2014 a Direcional foi considerada a 3° maior construtora do Brasil em área total construída pelo o ranking ITC 2013. Outro destaque continuou sendo o segmento de baixa renda do “Programa Minha Casa, Minha Vida”, quando a companhia atingiu 10% de participação no Market Share no segmento MCMV Faixa 1.

O ano de 2018 foi um dos mais importantes anos da história da companhia, com destaque para duas principais conquistas: a consolidação da operação no segmento MCMV 2 e 3 (lançamentos somaram R$1,7 bilhão) e a operação de vendas de 11 SPE do segmento MAC.

Governança corporativa

Em 2009, a Direcional concluiu seu IPO na bolsa de valores, captando recursos da ordem de R$274 milhões e da listagem da companhia no Novo Mercado, o mais elevado padrão de Governança Corporativa da BM&FBOVESPA.

Gráfico das ações DIRR3 na B3

Como analisar a Direcional (DIRR3)

Receitas e Despesas

Ativos

Os ativos da empresa estão bem distribuídos entre Ativo Circulante e Ativo Não Circulante. No circulante, podemos destacar os estoques, já no não circulante, o maior peso se dá para ativos realizáveis a longo prazo.

Passivos

A companhia possui maior concentração de passivos no longo prazo, sendo as contas mais representativas as de empréstimos e financiamentos e, principalmente, outras obrigações.

Para mais informações sobre empresas da B3, acesse gratuitamente o TC Matrix. Com a nossa ferramenta você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, balanço patrimonial, dividendos, proventos e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

Relações Públicas pela UNESP/Bauru com especialização em Comunicação Organizacional pela ECA/USP

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

E-BOOK

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

Neste e-book — "Tudo o que você precisa saber sobre IPOs", trazemos todas as informações que você precisa saber para entender sobre a abertura de capital de uma empresa no mercado financeiro.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.