IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-2,06%

DJIA

34.213,89 pts

-1,43%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,85%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

-0,68%

IO62

¥ 752,50

+1,96%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

+0,41%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

+6,98%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

+0,81%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-2,06%

DJIA

34.213,89 pts

-1,43%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,85%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

-0,68%

IO62

¥ 752,50

+1,96%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

+0,41%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

+6,98%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

+0,81%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

Lupatech (LUPA3)

LUPA3

Lupatech (LUPA3)

A Lupatech S.A. (LUPA3) é uma companhia composta por negócios voltados ao setor de óleo e gás, fornecendo equipamentos e serviços para a cadeia de produção. É líder no Mercosul na fabricação de válvulas industriais. 

Neste texto, buscaremos compreender a empresa LUPA3 (LUPA3) abordando os seguintes pontos:

  • O que faz a Lupatech (LUPA3);
  • Governança Corporativa (LUPA3);
  • Gráfico das ações da LUPA3 na Bolsa de Valores;
  • Como analisar a empresa.

O que faz a Lupatech (LUPA3)

A Lupatech é uma companhia que fabrica equipamentos e realiza serviços para o setor de óleo e gás. A Lupatech é líder no Mercosul na produção de válvulas industriais e de equipamentos para controle de fluídos. Também é líder global na produção de cabos de ancoragem de poliéster para plataformas off-shore. 

O Grupo Lupatech é formado por sete empresas com sede em 3 estados no Brasil:

  • Lupatech ROPES: Com sede em São Leopoldo (RS), a Lupatech ROPES produz cabos de fibras sintéticas para aplicação de ancoragem de plataformas de petróleo em águas profundas.
  • Lupatech MNA: Com sede em Nova Odessa (SP), é líder brasileira em pesquisa, desenvolvimento, produção e comercialização de válvulas para aplicação no setor de óleo e gás.
  • Lupatech Valmicro: Com sede em Veranópolis (RS), atua na produção e comercialização de válvulas industriais de média e baixa pressão
  • Lupatech Fiberware: Com sede em Feliz (RS) e Pojuca (BA), atua na área de tubos, camisas e artefatos em polímeros reforçados com fibra de vidro, serviços de instalação de camisas e recuperação de tubos de produção de petróleo.
  • Lupatech Oil Tools: Com sede em Nova Odessa (SP), atua na fabricação de ferramentas de completação para o setor de petróleo e gás.

Governança Corporativa (LUPA3)

Figura 1: Quadro da Diretoria e Conselho de Administração

Fonte: TC Matrix

Gráfico das Ações (LUPA3)

Figura 2: Gráfico das Ações

Fonte: TC Matrix

Como Analisar a Empresa (LUPA3)

Receita

A Lupatech concentra quase que a totalidade de sua receita no fornecimento de válvulas e cabos de ancoragem para grandes clientes. No passado, a companhia era conhecida por depender quase que exclusivamente dos pedidos da Petrobrás, hoje, a companhia possui uma carteira de pedidos bem mais diversificada com contratos com obrigação de compra (backlog) de R$ 22 Milhões, e um saldo em contratos de fornecimento sem obrigação de compra no montante de R$ 145 milhões. 

Esporadicamente, a empresa realiza serviços em campos de petróleo e fornece cabos de alta resistência para aplicação offshore.

A estratégia da companhia nos últimos anos foi de reduzir ao máximo suas obrigações para cumprir com seu plano de recuperação judicial. Para isso, além da venda de diversos ativos, a companhia focou exclusivamente na produção e fornecimento de válvulas, deixando de lado o setor de serviços. 

Figura 3: Demonstração de Resultado

Fonte: TC Matrix

Custos e Despesas

Observando a linha de Custo dos Bens/Serviços vendidos, percebemos uma grande redução com o passar do tempo, que pode ser explicada pela alteração no foco de produção da companhia. 

Ativos

A Lupatech perdeu diversos clientes e teve que se desfazer de parte de sua operação por conta do processo de recuperação judicial. Podemos ver isso no balanço, tivemos uma queda gradual nas contas a receber, uma queda no imobilizado e um aumento gradual de caixa. 

Figura 4: Ativo – Balanço Patrimonial

Fonte: TC Matrix

Passivos

No Passivo da Companhia, é possível observar o grande impacto das dívidas em suas obrigações. Entre 2011 e 2013, a companhia chegou a ter um passivo maior do que o ativo, relação que se inverteu entre 2014 e 2016, onde houve um aumento das disponibilidades proveniente da venda de ativos. No período de 2015 a 2020 vimos uma gradual redução do passivo da empresa, isso se deve ao cumprimento do plano de recuperação judicial da companhia, homologado em 11 de dezembro de 2015.

Figura 5: Passivo – Balanço Patrimonial

Fonte: TC Matrix

Relações Públicas pela UNESP/Bauru com especialização em Comunicação Organizacional pela ECA/USP

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

E-BOOK

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

Neste e-book — "Tudo o que você precisa saber sobre IPOs", trazemos todas as informações que você precisa saber para entender sobre a abertura de capital de uma empresa no mercado financeiro.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.