IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-1,79%

DJIA

34.213,89 pts

-1,36%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,20%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

+0,85%

IO62

¥ 752,50

+0,13%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

-0,19%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

-0,23%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

-0,05%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-1,79%

DJIA

34.213,89 pts

-1,36%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,20%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

+0,85%

IO62

¥ 752,50

+0,13%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

-0,19%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

-0,23%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

-0,05%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

Positivo Tecnologia (POSI3)

Uma das maiores fabricantes de computadores do mundo.

Positivo Tecnologia (POSI3)

A Positivo Tecnologia S.A (POSI3) é uma empresa brasileira de capital aberto que atua no ramo de tecnologia e eletrônicos. É atualmente a décima maior fabricante de computadores do mundo, com catálogo de produtos que incluem softwares, jogos eletrônicos, smartphones, vários tipos de microcomputadores, entre outros aparelhos de informática.

Neste texto, buscaremos compreender melhor a empresa Positivo (POSI3) perpassando pelos seguintes pontos:

  • O que faz Positivo (POSI3);
  • Governança corporativa Positivo (POSI3);
  • Evolução na Bolsa de Valores;
  • Como analisar a Positivo (POSI3);

O que faz Positivo (POSI3)

Fundada em 1989, a Companhia iniciou as suas atividades produzindo computadores para suprir as necessidades de máquinas pessoais dos clientes do Grupo Positivo (escolas parceiras da empresa).

Porém como grupo educacional a empresa já existia desde 1972, com a criação de uma escola e de uma gráfica. Atualmente o Grupo atua nos três segmentos: educacional, gráfico-editorial e Tecnologia. No ano 1994, a Positivo iniciou a comercialização dos primeiros softwares educacionais para escolas e para o varejo.

Em 2000, lança o Portal Educacional, site direcionado às escolas privadas e, um ano depois, o Portal Aprende Brasil, concebido para servir as carências das secretarias de Educação e escolas públicas.

Em 2004, a Companhia iniciou suas atividades no mercado de varejo vendendo computadores para as principais redes do País, e em nove meses transformou-se na maior fabricante de computadores do País.

Iniciou também, a comercialização da mesa educacional E-Blocks nos Estados Unidos. No final de 2005 iniciou a atender o mercado corporativo de hardware, tendo uma linha exclusiva de desktops, notebooks e servidores apenas para esse segmento.

Em 2018, a Positivo Tecnologia fez a aquisição de 80% da Accept, uma empresa especializada na produção e comercialização de Servidores, Storages, Workstations, GPUS Appliances de alta performance, Mini PCs, Desktops e Soluções em computação de alto desempenho.

Ainda no mesmo ano a Positivo Tecnologia abriu seu primeiro Fundo de Investimento em Participações, na forma de cotista única. No ano de 2019 a empresa registra um volume de 905,2 mil dispositivos móveis (celulares) vendidos com market share de 3,7%.

No Brasil, a Positivo responde a 14,3% do número total de computadores vendidos. A Positivo utiliza diversos canais para a geração de receita, são eles:

  • Varejo;
  • Governo;
  • Corporativo; e Revendas.

A empresa também trabalha com o formato de locação de seus dispositivos, é parceira de várias empresas entre elas a VAIO, uma gigante japonesa do ramo eletrônico, conhecida pelos notebooks high-premium, em 2016 a positivo passou a ser licenciada para a revenda dos produtos VAIO no Brasil.

A Positivo Tecnologia conta com mais de 250 empresas distribuídas por todo território nacional. Os principais objetivos da Positivo Tecnologia nos últimos são: o aumento da rentabilidade de sua operação tradicional, o aumento da eficiência em suas atividades em geral e a redução dos custos de produção por minuto.

Governança corporativa Positivo (POSI3)

A empresa possui um bom histórico de governança e hoje faz parte do “Novo Mercado”.

Evolução da Positivo (POSI3) na Bolsa de Valores

Como analisar a Positivo (POSI3)

Receitas

As receita são oriundas, em sua maior parte, da venda de equipamentos eletrônicos.

Custos

Os custos são, em essência, o custo do produto vendido, pesquisa e desenvolvimento e logística.

Ativos

O ativo da empresa está mais concentrado no curto prazo. Sendo as contas mais representativas as de Estoques e Caixa.

Passivos

A empresa tem sua maior concentração dos passivos também no curto prazo, sendo a maior parte em Empréstimos e Financiamentos.

Para mais informações sobre as empresas da Bolsa, acesse gratuitamente o TC Matrix. Com nosso aplicativo financeiro, você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, balanço patrimonial, cotação das ações, gráficos e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

Relações Públicas pela UNESP/Bauru com especialização em Comunicação Organizacional pela ECA/USP

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

E-BOOK

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

Neste e-book — "Tudo o que você precisa saber sobre IPOs", trazemos todas as informações que você precisa saber para entender sobre a abertura de capital de uma empresa no mercado financeiro.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.