IBOV

108.013,47 pts

+1,26%

SP500

4.524,19 pts

-1,15%

DJIA

34.989,56 pts

-1,07%

NASDAQ

15.017,75 pts

-1,27%

IFIX

2.807,06 pts

+0,18%

BRENT

US$ 87,52

+0,01%

IO62

¥ 738,00

+0,75%

TRAD3

R$ 4,18

-2,10%

ABEV3

R$ 14,54

-0,27%

AMER3

R$ 33,20

+9,89%

ASAI3

R$ 12,03

+0,92%

AZUL4

R$ 25,27

-1,32%

B3SA3

R$ 12,26

-0,40%

BIDI11

R$ 22,50

+8,69%

BBSE3

R$ 20,68

+1,82%

BRML3

R$ 8,73

+4,55%

BBDC3

R$ 17,62

-0,11%

BBDC4

R$ 21,10

-1,26%

BRAP4

R$ 28,71

+3,05%

BBAS3

R$ 31,01

+0,87%

BRKM5

R$ 49,20

+0,14%

BRFS3

R$ 23,71

+1,67%

BPAC11

R$ 19,90

+5,40%

CRFB3

R$ 15,04

+2,94%

CCRO3

R$ 11,34

+0,08%

CMIG4

R$ 12,96

+1,64%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,08

+1,46%

COGN3

R$ 2,20

-2,22%

CPLE6

R$ 6,49

+2,04%

CSAN3

R$ 21,97

+3,09%

CPFE3

R$ 26,67

+1,79%

CVCB3

R$ 11,56

+4,23%

CYRE3

R$ 14,75

+7,58%

ECOR3

R$ 7,29

+1,67%

ELET3

R$ 33,04

+4,22%

ELET6

R$ 32,35

+3,32%

EMBR3

R$ 20,58

-2,78%

ENBR3

R$ 21,64

+2,36%

ENGI11

R$ 41,31

+0,07%

ENEV3

R$ 12,91

+2,86%

EGIE3

R$ 39,33

+1,60%

EQTL3

R$ 22,20

+1,64%

EZTC3

R$ 18,90

+6,41%

FLRY3

R$ 18,13

+1,62%

GGBR4

R$ 29,04

+1,53%

GOAU4

R$ 12,11

+2,45%

GOLL4

R$ 16,45

+0,42%

NTCO3

R$ 20,87

+3,11%

HAPV3

R$ 10,92

+3,80%

HYPE3

R$ 28,42

+1,39%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 63,74

+3,64%

IRBR3

R$ 3,37

+0,59%

ITSA4

R$ 9,62

+0,10%

ITUB4

R$ 23,48

-0,67%

JBSS3

R$ 36,61

+0,02%

JHSF3

R$ 4,95

+1,22%

KLBN11

R$ 25,69

+2,22%

RENT3

R$ 49,85

+0,28%

LCAM3

R$ 22,45

+0,99%

LWSA3

R$ 8,64

+12,64%

LAME4

R$ 6,28

+9,40%

LREN3

R$ 24,85

+5,74%

MGLU3

R$ 6,31

+7,13%

MRFG3

R$ 22,69

+0,30%

BEEF3

R$ 9,87

-1,30%

MRVE3

R$ 11,24

+4,46%

MULT3

R$ 18,75

+2,40%

PCAR3

R$ 19,98

+1,62%

PETR3

R$ 34,25

-0,92%

PETR4

R$ 31,49

-0,47%

VBBR3

20,52

+4,69%

PRIO3

R$ 23,99

+0,29%

QUAL3

R$ 16,64

+3,61%

RADL3

R$ 20,54

-0,19%

RAIL3

R$ 16,73

+2,01%

SBSP3

R$ 35,69

+2,38%

SANB11

R$ 31,52

+0,19%

CSNA3

R$ 26,47

+2,63%

SULA11

R$ 23,77

+5,45%

SUZB3

R$ 61,85

-0,41%

TAEE11

R$ 36,81

+1,74%

VIVT3

R$ 48,69

+2,26%

TIMS3

R$ 12,99

+2,20%

TOTS3

R$ 25,30

+4,67%

UGPA3

R$ 13,23

+3,19%

USIM5

R$ 16,75

+1,27%

VALE3

R$ 88,21

+2,20%

VIIA3

R$ 4,00

+6,66%

WEGE3

R$ 30,50

-0,13%

YDUQ3

R$ 19,37

-1,32%

IBOV

108.013,47 pts

+1,26%

SP500

4.524,19 pts

-1,15%

DJIA

34.989,56 pts

-1,07%

NASDAQ

15.017,75 pts

-1,27%

IFIX

2.807,06 pts

+0,18%

BRENT

US$ 87,52

+0,01%

IO62

¥ 738,00

+0,75%

TRAD3

R$ 4,18

-2,10%

ABEV3

R$ 14,54

-0,27%

AMER3

R$ 33,20

+9,89%

ASAI3

R$ 12,03

+0,92%

AZUL4

R$ 25,27

-1,32%

B3SA3

R$ 12,26

-0,40%

BIDI11

R$ 22,50

+8,69%

BBSE3

R$ 20,68

+1,82%

BRML3

R$ 8,73

+4,55%

BBDC3

R$ 17,62

-0,11%

BBDC4

R$ 21,10

-1,26%

BRAP4

R$ 28,71

+3,05%

BBAS3

R$ 31,01

+0,87%

BRKM5

R$ 49,20

+0,14%

BRFS3

R$ 23,71

+1,67%

BPAC11

R$ 19,90

+5,40%

CRFB3

R$ 15,04

+2,94%

CCRO3

R$ 11,34

+0,08%

CMIG4

R$ 12,96

+1,64%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,08

+1,46%

COGN3

R$ 2,20

-2,22%

CPLE6

R$ 6,49

+2,04%

CSAN3

R$ 21,97

+3,09%

CPFE3

R$ 26,67

+1,79%

CVCB3

R$ 11,56

+4,23%

CYRE3

R$ 14,75

+7,58%

ECOR3

R$ 7,29

+1,67%

ELET3

R$ 33,04

+4,22%

ELET6

R$ 32,35

+3,32%

EMBR3

R$ 20,58

-2,78%

ENBR3

R$ 21,64

+2,36%

ENGI11

R$ 41,31

+0,07%

ENEV3

R$ 12,91

+2,86%

EGIE3

R$ 39,33

+1,60%

EQTL3

R$ 22,20

+1,64%

EZTC3

R$ 18,90

+6,41%

FLRY3

R$ 18,13

+1,62%

GGBR4

R$ 29,04

+1,53%

GOAU4

R$ 12,11

+2,45%

GOLL4

R$ 16,45

+0,42%

NTCO3

R$ 20,87

+3,11%

HAPV3

R$ 10,92

+3,80%

HYPE3

R$ 28,42

+1,39%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 63,74

+3,64%

IRBR3

R$ 3,37

+0,59%

ITSA4

R$ 9,62

+0,10%

ITUB4

R$ 23,48

-0,67%

JBSS3

R$ 36,61

+0,02%

JHSF3

R$ 4,95

+1,22%

KLBN11

R$ 25,69

+2,22%

RENT3

R$ 49,85

+0,28%

LCAM3

R$ 22,45

+0,99%

LWSA3

R$ 8,64

+12,64%

LAME4

R$ 6,28

+9,40%

LREN3

R$ 24,85

+5,74%

MGLU3

R$ 6,31

+7,13%

MRFG3

R$ 22,69

+0,30%

BEEF3

R$ 9,87

-1,30%

MRVE3

R$ 11,24

+4,46%

MULT3

R$ 18,75

+2,40%

PCAR3

R$ 19,98

+1,62%

PETR3

R$ 34,25

-0,92%

PETR4

R$ 31,49

-0,47%

VBBR3

20,52

+4,69%

PRIO3

R$ 23,99

+0,29%

QUAL3

R$ 16,64

+3,61%

RADL3

R$ 20,54

-0,19%

RAIL3

R$ 16,73

+2,01%

SBSP3

R$ 35,69

+2,38%

SANB11

R$ 31,52

+0,19%

CSNA3

R$ 26,47

+2,63%

SULA11

R$ 23,77

+5,45%

SUZB3

R$ 61,85

-0,41%

TAEE11

R$ 36,81

+1,74%

VIVT3

R$ 48,69

+2,26%

TIMS3

R$ 12,99

+2,20%

TOTS3

R$ 25,30

+4,67%

UGPA3

R$ 13,23

+3,19%

USIM5

R$ 16,75

+1,27%

VALE3

R$ 88,21

+2,20%

VIIA3

R$ 4,00

+6,66%

WEGE3

R$ 30,50

-0,13%

YDUQ3

R$ 19,37

-1,32%

Taurus Armas (TASA4)

Uma das empresas listadas na bolsa de valores.

Taurus Armas (TASA4)

A Taurus Armas (TASA4) é uma companhia brasileira sediada em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, composta por negócios voltados ao setor de defesa, exportando armas de fogo para mais de 100 países. 

Neste texto, buscaremos compreender a empresa TASA4 (TASA4) abordando os seguintes pontos:

  1. O que faz a Taurus Armas (TASA4);
  2. Modelo de negócios da Taurus Armas (TASA4);
  3. Governança Corporativa (TASA4);
  4. Gráfico das ações da TASA4 na Bolsa de Valores; 
  5. Como analisar a empresa (TASA4)

O que faz a Taurus Armas (TASA4)

A companhia iniciou suas operações na década de 40, com a fabricação de revólveres e ferramentas manuais. Se consolidou no mercado de armas nacional e norte americano na década de 80, com a produção de variados modelos de pistolas e armas táticas. Hoje a empresa é uma das três maiores fabricantes de armas leves do mundo, sendo a marca estrangeira mais importada pelos EUA, à frente de nomes como Glock e CZ.

Modelo de Negócios da Taurus Armas (TASA4)

A Taurus passou por uma reestruturação nos últimos anos, conseguindo controlar e reduzir sua dívida e aumentar de forma substancial sua produtividade. 

Por conta das diversas restrições, o mercado brasileiro tem menor atenção, apesar de ter contribuído de forma importante (cerca de 20%) para a receita líquida da companhia no último ano.

Hoje, a companhia possui um modelo de negócio focado na produção de armas leves para o mercado americano, tendo se beneficiado da recente corrida às armas causada pela pandemia e pela posterior vitória dos democratas nas eleições americanas.

A companhia também possui outras operações com contribuição menor na receita operacional, como a produção de capacetes e de carregadores.

Governança Corporativa (TASA4)

Figura 1: Quadro da Diretoria e Conselho de Administração

Fonte: TC Matrix

Gráfico das Ações (TASA4)

Figura 2: Gráfico das Ações

Fonte: TC Matrix

Como Analisar a Empresa (TASA4)

Receita

A receita da Taurus advém da produção de armas de fogo (93%), da fabricação de capacetes (6%) e da venda de Metal injection molding (1%). A companhia tem seu foco no mercado americano, responsável por cerca de 74,8% da receita operacional líquida da companhia no último trimestre. Por conta das restrições aqui presentes, o mercado brasileiro tem contribuição menor para as contas da companhia, tendo contribuído apenas em 21,2% da receita operacional do 1T21.  

Mais recentemente, a companhia está implementando a estratégia de entrar no mercado asiático, tendo vencido uma megalicitação para fornecer cerca de 12 mil fuzis para o exército das Filipinas. Também é um objetivo da empresa adentrar no mercado indiano, através de uma Joint Venture com a Joalmi.

Figura 3: Demonstração de Resultado

Fonte: TC Matrix

Custos e Despesas

Observando a linha de Custo dos Bens/Serviços vendidos, percebe-se que a Companhia passou por um aumento gradual dos custos operacionais o que pode ser explicado pelo aumento significativo de produtos vendidos pela empresa.

Ativos

Percebemos que a empresa vem aumentando sua geração de caixa por conta de suas atividades operacionais. A variação cambial também tem influenciado positivamente para o aumento de caixa da companhia. A situação de liquidez da Taurus também melhorou bastante, seu ativo circulante passou a ser superior ao seu passivo circulante no ano de 2018. 

Figura 4: Ativo – Balanço Patrimonial

Fonte: TC Matrix

Passivos

No Passivo da Companhia, é notório o impacto das dívidas (empréstimos), na composição de suas obrigações. Nesse caso, por ter dívida atrelada ao dólar, uma valorização da moeda tem contribuído para uma maior despesa financeira na demonstração de resultados. 

Figura 5: Passivo – Balanço Patrimonial

Fonte: TC Matrix

Para mais informações sobre empresas da B3, acesse gratuitamente o TC Matrix. Com a nossa ferramenta você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, balanço patrimonial, dividendos, proventos e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

Relações Públicas pela UNESP/Bauru com especialização em Comunicação Organizacional pela ECA/USP

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

E-BOOK

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

Neste e-book — "Tudo o que você precisa saber sobre IPOs", trazemos todas as informações que você precisa saber para entender sobre a abertura de capital de uma empresa no mercado financeiro.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.