IBOV

108.013,47 pts

+1,26%

SP500

4.552,75 pts

+0,44%

DJIA

35.166,16 pts

+0,39%

NASDAQ

15.144,61 pts

+0,64%

IFIX

2.807,06 pts

+0,17%

BRENT

US$ 87,81

-0,71%

IO62

¥ 741,50

+1,23%

TRAD3

R$ 4,18

-2,10%

ABEV3

R$ 14,54

-0,27%

AMER3

R$ 33,20

+9,89%

ASAI3

R$ 12,03

+0,92%

AZUL4

R$ 25,27

-1,32%

B3SA3

R$ 12,26

-0,40%

BIDI11

R$ 22,50

+8,69%

BBSE3

R$ 20,68

+1,82%

BRML3

R$ 8,73

+4,55%

BBDC3

R$ 17,62

-0,11%

BBDC4

R$ 21,10

-1,26%

BRAP4

R$ 28,71

+3,05%

BBAS3

R$ 31,01

+0,87%

BRKM5

R$ 49,20

+0,14%

BRFS3

R$ 23,71

+1,67%

BPAC11

R$ 19,90

+5,40%

CRFB3

R$ 15,04

+2,94%

CCRO3

R$ 11,34

+0,08%

CMIG4

R$ 12,96

+1,64%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,08

+1,46%

COGN3

R$ 2,20

-2,22%

CPLE6

R$ 6,49

+2,04%

CSAN3

R$ 21,97

+3,09%

CPFE3

R$ 26,67

+1,79%

CVCB3

R$ 11,56

+4,23%

CYRE3

R$ 14,75

+7,58%

ECOR3

R$ 7,29

+1,67%

ELET3

R$ 33,04

+4,22%

ELET6

R$ 32,35

+3,32%

EMBR3

R$ 20,58

-2,78%

ENBR3

R$ 21,64

+2,36%

ENGI11

R$ 41,31

+0,07%

ENEV3

R$ 12,91

+2,86%

EGIE3

R$ 39,33

+1,60%

EQTL3

R$ 22,20

+1,64%

EZTC3

R$ 18,90

+6,41%

FLRY3

R$ 18,13

+1,62%

GGBR4

R$ 29,04

+1,53%

GOAU4

R$ 12,11

+2,45%

GOLL4

R$ 16,45

+0,42%

NTCO3

R$ 20,87

+3,11%

HAPV3

R$ 10,92

+3,80%

HYPE3

R$ 28,42

+1,39%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 63,74

+3,64%

IRBR3

R$ 3,37

+0,59%

ITSA4

R$ 9,62

+0,10%

ITUB4

R$ 23,48

-0,67%

JBSS3

R$ 36,61

+0,02%

JHSF3

R$ 4,95

+1,22%

KLBN11

R$ 25,69

+2,22%

RENT3

R$ 49,85

+0,28%

LCAM3

R$ 22,45

+0,98%

LWSA3

R$ 8,64

+12,64%

LAME4

R$ 6,28

+9,40%

LREN3

R$ 24,85

+5,74%

MGLU3

R$ 6,31

+7,13%

MRFG3

R$ 22,69

+0,30%

BEEF3

R$ 9,87

-1,30%

MRVE3

R$ 11,24

+4,46%

MULT3

R$ 18,75

+2,40%

PCAR3

R$ 19,98

+1,62%

PETR3

R$ 34,25

-0,92%

PETR4

R$ 31,49

-0,47%

VBBR3

20,52

+4,69%

PRIO3

R$ 23,99

+0,29%

QUAL3

R$ 16,64

+3,61%

RADL3

R$ 20,54

-0,19%

RAIL3

R$ 16,73

+2,01%

SBSP3

R$ 35,69

+2,38%

SANB11

R$ 31,52

+0,19%

CSNA3

R$ 26,47

+2,63%

SULA11

R$ 23,77

+5,45%

SUZB3

R$ 61,85

-1,59%

TAEE11

R$ 36,81

+1,74%

VIVT3

R$ 48,69

+2,26%

TIMS3

R$ 12,99

+2,20%

TOTS3

R$ 25,30

+4,67%

UGPA3

R$ 13,23

+3,19%

USIM5

R$ 16,75

+1,26%

VALE3

R$ 88,21

+2,20%

VIIA3

R$ 4,00

+6,66%

WEGE3

R$ 30,50

-0,13%

YDUQ3

R$ 19,37

-1,32%

IBOV

108.013,47 pts

+1,26%

SP500

4.552,75 pts

+0,44%

DJIA

35.166,16 pts

+0,39%

NASDAQ

15.144,61 pts

+0,64%

IFIX

2.807,06 pts

+0,17%

BRENT

US$ 87,81

-0,71%

IO62

¥ 741,50

+1,23%

TRAD3

R$ 4,18

-2,10%

ABEV3

R$ 14,54

-0,27%

AMER3

R$ 33,20

+9,89%

ASAI3

R$ 12,03

+0,92%

AZUL4

R$ 25,27

-1,32%

B3SA3

R$ 12,26

-0,40%

BIDI11

R$ 22,50

+8,69%

BBSE3

R$ 20,68

+1,82%

BRML3

R$ 8,73

+4,55%

BBDC3

R$ 17,62

-0,11%

BBDC4

R$ 21,10

-1,26%

BRAP4

R$ 28,71

+3,05%

BBAS3

R$ 31,01

+0,87%

BRKM5

R$ 49,20

+0,14%

BRFS3

R$ 23,71

+1,67%

BPAC11

R$ 19,90

+5,40%

CRFB3

R$ 15,04

+2,94%

CCRO3

R$ 11,34

+0,08%

CMIG4

R$ 12,96

+1,64%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,08

+1,46%

COGN3

R$ 2,20

-2,22%

CPLE6

R$ 6,49

+2,04%

CSAN3

R$ 21,97

+3,09%

CPFE3

R$ 26,67

+1,79%

CVCB3

R$ 11,56

+4,23%

CYRE3

R$ 14,75

+7,58%

ECOR3

R$ 7,29

+1,67%

ELET3

R$ 33,04

+4,22%

ELET6

R$ 32,35

+3,32%

EMBR3

R$ 20,58

-2,78%

ENBR3

R$ 21,64

+2,36%

ENGI11

R$ 41,31

+0,07%

ENEV3

R$ 12,91

+2,86%

EGIE3

R$ 39,33

+1,60%

EQTL3

R$ 22,20

+1,64%

EZTC3

R$ 18,90

+6,41%

FLRY3

R$ 18,13

+1,62%

GGBR4

R$ 29,04

+1,53%

GOAU4

R$ 12,11

+2,45%

GOLL4

R$ 16,45

+0,42%

NTCO3

R$ 20,87

+3,11%

HAPV3

R$ 10,92

+3,80%

HYPE3

R$ 28,42

+1,39%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 63,74

+3,64%

IRBR3

R$ 3,37

+0,59%

ITSA4

R$ 9,62

+0,10%

ITUB4

R$ 23,48

-0,67%

JBSS3

R$ 36,61

+0,02%

JHSF3

R$ 4,95

+1,22%

KLBN11

R$ 25,69

+2,22%

RENT3

R$ 49,85

+0,28%

LCAM3

R$ 22,45

+0,98%

LWSA3

R$ 8,64

+12,64%

LAME4

R$ 6,28

+9,40%

LREN3

R$ 24,85

+5,74%

MGLU3

R$ 6,31

+7,13%

MRFG3

R$ 22,69

+0,30%

BEEF3

R$ 9,87

-1,30%

MRVE3

R$ 11,24

+4,46%

MULT3

R$ 18,75

+2,40%

PCAR3

R$ 19,98

+1,62%

PETR3

R$ 34,25

-0,92%

PETR4

R$ 31,49

-0,47%

VBBR3

20,52

+4,69%

PRIO3

R$ 23,99

+0,29%

QUAL3

R$ 16,64

+3,61%

RADL3

R$ 20,54

-0,19%

RAIL3

R$ 16,73

+2,01%

SBSP3

R$ 35,69

+2,38%

SANB11

R$ 31,52

+0,19%

CSNA3

R$ 26,47

+2,63%

SULA11

R$ 23,77

+5,45%

SUZB3

R$ 61,85

-1,59%

TAEE11

R$ 36,81

+1,74%

VIVT3

R$ 48,69

+2,26%

TIMS3

R$ 12,99

+2,20%

TOTS3

R$ 25,30

+4,67%

UGPA3

R$ 13,23

+3,19%

USIM5

R$ 16,75

+1,26%

VALE3

R$ 88,21

+2,20%

VIIA3

R$ 4,00

+6,66%

WEGE3

R$ 30,50

-0,13%

YDUQ3

R$ 19,37

-1,32%

A lógica do Cisne Negro, de Nassim Taleb

arlindo

21 AGO

4 MIN

A lógica do Cisne Negro, de Nassim Taleb

Neste texto, falarei sobre o livro “A lógica do Cisne Negro“, do Nassim Nicholas Taleb. Para um melhor entendimento, abordarei os seguintes tópicos:

  • O autor: quem é Nassim Nicholas Taleb?
  • A lógica do Cisne Negro: o que importa é o que ainda não sabemos
  • Por que investidores devem ler a lógica do Cisne Negro?

Boa Leitura!

Imagem do livro A lógica do Cisne Negro

O autor: quem é Nassim Nicholas Taleb?

Nassim Nicholas Taleb é um libanês que trabalhou como trader de derivativos na bolsa de Chicago. Após anos de experiência no mercado financeiro, hoje ele dedica-se a escrever ensaios sobre probabilidade e incerteza, possuindo um estilo de escrita bem característico. Além de A lógica do Cisne Negro, Nassim Taleb é autor de diversos outros livros: Silent Risk, Dynamic Hedging, Iludidos pelo acaso, the bed of procrustes, antifrágil, arriscando a própria pele e statistical consequences of fat tails. Os quais fazem parte do projeto incerto, relacionados a probabilidade e incerteza.

A lógica do Cisne Negro: o que importa é o que ainda não sabemos

Logo no prólogo do livro, somos apresentados a lógica do cisne negro: antes da “descoberta” da Austrália, todos os Cisnes Observados pelo homem possuíam a plumagem branca, sendo uma crença inquestionável até então a de que todos os cisnes eram brancos, pois era fartamente suportada por evidências empíricas, ou seja, era facilmente observada.

Todavia, o contato com o primeiro cisne negro nos remete a uma fragilidade do conhecimento baseado em observações. Essa é a lógica do Cisne Negro: um evento altamente improvável (em estatística, um outlier/eventos de cauda), desconhecido por natureza e capaz de mudar radicalmente e até de invalidar tudo o que se conhecia até então.

Nesse sentido, Taleb aponta que o problema do cisne negro consiste em estar exposto ao evento raro de forma que se tome decisões as quais não o levem em consideração (TALEB, 2009).

Mediocristão e extremistão

No livro, o autor apresenta os conceitos de “extremistão” e “mediocristão” os quais consistem em exemplos de como cisnes negros podem influenciar nossas observações baseadas na média de determinados eventos. Por exemplo, se analisarmos a altura de uma amostra de pessoas, é biologicamente improvável que exista alguém com altura muito superior à média do grupo. Mesmo que um indivíduo fosse muito mais alto que a média, isso ainda não invalidaria a média de altura da maioria das pessoas. Por outro lado, em uma amostra que apresente a riqueza de um conjunto de indivíduos, basta que um deles seja bilionário para que a média seja completamente distorcida.

Nesse sentido, o autor critica em todo o livro, as nossas tentativas em descrever a realidade em modelos estatísticos complexos, que servem para descrever eventos médios, mas que não são aplicáveis no “extremistão”.  Como exemplo, o autor critica duramente a curva de distribuição normal, ou curva em forma de sino, tão usada na estatística, a qual é utilizada como pressuposto para diversas aplicações de modelos quantitativos. Nem mesmo grandes nomes das finanças como Fischer Black, Myron Scholes e Harry Markowitz escapam das críticas do autor.

Reflexão: por que os investidores devem ler A lógica do Cisne Negro?

Mesmo estando a mercê do improvável, seja em nossos investimentos ou em nossa vida pessoal, somos inclinados a ignorar o fator incerto, devido nossa inclinação a observar a “média das coisas”. Após a conclusão do livro, o leitor pode ficar com a impressão de que o cisne negro causa apenas mudanças negativas em nossas vidas.

Nos mercados financeiros, além de perdas substanciais, os eventos raros podem representar excelentes oportunidades de ganhos. Por exemplo, o fundo “Universa”, assessorado por Taleb apresentou um retorno de 3.600% em março desse ano, no auge do pânico com o coronavírus. Neste sentido, os fundos do tipo Cisne negro ou tails founds possuem como principal estratégia de investimentos a aposta na ocorrência de eventos raros e imprevisíveis, utilizando-se de instrumentos financeiros derivativos que se beneficiam de colapsos do mercado.

Como principal lição para os investidores, a lógica do cisne negro também é um importante insight para que fiquemos atentos àqueles que realizam “previsões” no mercado financeiro, mas que não se arriscam baseados nestas previsões (skin in the game) quando o cisne negro aparece e leva suas previsões por terra. Estas pessoas apenas revisam suas planilhas Excel, e atualizam suas previsões, não pagando nenhum preço por isso.

Para potencializar seus rendimentos acesse também nosso APP:

Referências

TALEB, N. N. Errors, robustness, and the fourth quadrant. International Journal of Forecasting, v. 25, n. 4, p. 744–759, 2009.

Arlindo Souza
Arlindo Souza
Coordenador de Conteúdo | Cursos no TradersClub
Contador, Mestre em Ciências Contábeis. Foi professor/pesquisador do departamento de contabilidade da UFRN e atuou em contabilidade de S.A.
É investidor com base em análise fundamentalista.

Sr Equity Research Analyst | TC Matrix

Aprenda a investir o seu dinheiro

E-BOOK

Aprenda a investir o seu dinheiro

Neste e-book — "Aprenda a investir o seu dinheiro", trazemos todas as informações que você precisa saber antes de investir no mercado de ações, com segurança, conhecimento e confiança.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.