IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-1,79%

DJIA

34.213,89 pts

-1,36%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,20%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

+0,85%

IO62

¥ 752,50

+0,13%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

-0,19%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

-0,23%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

-0,05%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-1,79%

DJIA

34.213,89 pts

-1,36%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,20%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

+0,85%

IO62

¥ 752,50

+0,13%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

-0,19%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

-0,23%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

-0,05%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

Livro “As seis lições”, de Ludwig Von Mises

lincoln-silva

10 DEZ

5 MIN

Livro “As seis lições”, de Ludwig Von Mises

A Escola Austríaca é uma importante escola de pensamento econômico com forte influência e considerada predominante no início do século XX. Entre os principais nomes desta escola, destacamos o economista Ludwig von Mises.

Na resenha de hoje vamos falar sobre uma de suas principais obras, o livro “As Seis Lições”, traduzido e publicado no Brasil pela LVM Editora.

  • Quem foi Ludwig von Mises?
  • O Capitalismo
  • O Socialismo
  • O Intervencionismo
  • A Inflação
  • O Investimento Estrangeiro
  • Políticas e Ideias

Boa leitura!

Quem foi Ludwig von Mises? 

Ludwig von Mises nasceu no dia 29 de setembro de 1881 na cidade de Lviv, território do então Império Austro-húngaro. Era filho de pais judeus e desde os primeiros anos de sua vida acadêmica já demonstrava ser um grande estudioso. 

Ele se formou e obteve doutorado em Direito na Universidade de Viena, em 1906, tendo aulas com o economista Carl Menger e onde também lecionou entre 1913 e 1934. Mises foi professor do Instituto Universitário de Altos Estudos Internacionais em Genebra e na New York University (NYU), onde permaneceu até sua aposentadoria. 

Ludwig von Mises foi um dos grandes pensadores do século XX e um dos liberais mais famosos da história, com notáveis contribuições à ciência econômica por meio das suas pesquisas. Era defensor do laissez-faire (expressão em francês que significa “deixai fazer”) e atuou fortemente contra o socialismo e o intervencionismo econômico. 

Entre suas principais contribuições, podemos destacar o estudo no campo da praxeologia, onde Mises explica a lógica por trás da ação humana. 

Além disso, o economista foi autor de diversos livros como “Ação Humana” (1949), “A Mentalidade Anticapitalista” (1956) e “As Seis Lições” (1979). Mises morreu no dia 10 de outubro de 1973, nos Estados Unidos. 

Sobre a obra

Em 1958, Ludwig von Mises foi convidado  pelo Dr. Alberto Benegas Lynch para realizar uma série de palestras em Buenos Aires, estruturada em seis tópicos práticos para centenas de estudantes argentinos. Suas palestras haviam sido gravadas em fitas, sendo posteriormente transcritas por sua esposa, Margit von Mises, dando origem a esta obra mundialmente reconhecida.

Primeira lição: o capitalismo

Segundo Mises, o princípio fundamental do capitalismo é a produção em série para satisfazer as necessidades das massas. 

Antes da ascensão do capitalismo vivíamos em uma sociedade onde não existia mobilidade social, ou seja, quem nascia pobre morria pobre e quem nascia nobre morria rico.

É verdade que as condições de trabalho no período da Revolução Industrial, por exemplo, são consideradas inaceitáveis nos dias de hoje. Contudo, Ludwig von Mises considerava o contexto histórico para mostrar que o que existia antes era muito pior e que esta era a única forma das famílias se afastarem das dificuldades da vida e da servidão dos campos.

Além disso, Mises critica a falácia criada por Karl Marx sobre a luta de classes, onde um estaria se beneficiando da exploração do outro. O austríaco afirma que, na realidade, o que existe é uma relação de interdependência, onde o lucro dos empresários gera uma oportunidade para o aumento de renda dos trabalhadores.

É fácil perceber o sucesso do capitalismo quando observamos os países que o adotaram e tiveram uma considerável melhora na qualidade de vida da população, como na Inglaterra.

Segunda lição: o socialismo

Para Ludwig von Mises, o principal pilar de uma sociedade próspera e harmônica é a liberdade. Sendo assim, o governo seria a principal ameaça para esse sistema ideal.

Por meio do uso da força, o Estado seria capaz de obrigar sua população a fazer escolhas que não seriam suas por livre e espontânea vontade. Portanto, em um sistema que a propriedade privada não é respeitada e não há livre mercado, todas as liberdades são apenas fantasiosas.

É por meio do sistema de preços que empresários e consumidores determinam suas decisões de produção e consumo. E se não há mercado, não há sistema de preços. 

Sem isso, teríamos escassez de bens e serviços, pois o Estado jamais seria capaz de alocar os recursos de forma a atender as necessidades do consumidor.

Por esse motivo, toda vez que o sistema socialista é adotado em uma sociedade, a consequência imediata é um aumento exponencial da miséria.

Terceira lição: o intervencionismo

A terceira lição de Ludwig von Mises está pautada no intervencionismo.

Para Mises, a função do governo se limita à preservação da ordem, de modo que toda medida de intervenção tem por objetivo restringir a soberania do consumidor. 

As leis do mercado são irrevogáveis e sempre irão prevalecer, fazendo com que o resultado de toda e qualquer intervenção seja completamente oposto ao seu objetivo desejado. 

Assim, na intenção de corrigir o resultado da primeira intervenção, o Estado fará uma nova intervenção, gerando consequências ainda piores. 

Essa série de intervenções tende a se tornar um ciclo perigoso em que a liberdade individual é desprezada, prejudicando a livre economia e o seu desenvolvimento.

Quarta lição: a inflação

Ludwig von Mises afirma que a inflação não é necessariamente um aumento de preços. A inflação é um aumento na quantidade de dinheiro na economia

O economista austríaco mostra que a emissão de moeda trata-se de uma forma de tributação, afetando principalmente os mais pobres. 

A moeda fiduciária, quando permitimos que os governos aumentem o volume de moeda sem lastro como forma de gerar riqueza e emprego, mostrou-se desastrosa. 

Em dado momento, a população deixa de confiar na capacidade do governo de ter um aumento dos preços e passa a consumir desenfreadamente, gerando um processo irreversível de alta dos preços.

Nesse cenário, Ludwig von Mises defende o padrão ouro, pois impõe um limite aos gastos do governo, que só poderá gastar mais se aumentar sua arrecadação.

Quinta lição: o investimento estrangeiro

Para Mises, o investimento estrangeiro foi um dos fatos mais relevantes do século XIX. 

Esse investimento permitiu que nações menos desenvolvidas atingissem, em menos tempo, um grau maior de desenvolvimento, se aproveitando dos métodos e das tecnologias aplicadas pelas nações mais avançadas.

A Inglaterra, por exemplo, foi o primeiro país a se industrializar e tornou-se a nação hegemônica na época. Assim, na busca por novos mercados, os ingleses diversificaram seus investimentos na Europa e por suas colônias, proporcionando a expansão do capitalismo em outros países.

Assim, Mises se opõe às restrições impostas ao ingresso de investimentos estrangeiros, pois o elemento que separa os países menos desenvolvidos do avanço é justamente a ausência de capital.

Sexta lição: política e ideias

Sua última lição no livro aborda políticas e ideias, apresentando experiências históricas para evidenciar a falência do modelo político, tendo em vista que os grupos políticos se transformaram em grupos de pressão onde seus membros se articulam para obter privilégios.

Baixe nosso app grátis! No TC você acompanha as principais notícias e cotações do mercado em tempo real, além de ter acesso a canais exclusivos para interagir com os melhores profissionais.

Estude e conheça! Aprenda com quem realmente entende de investimentos. Tire dúvidas, troque ideias, experiências e construa uma grande rede de networking com investidores de todo Brasil.

A gente também está no Instagram, YouTube e no TikTok. Acompanhe!

Contador (UFRJ) | Analista de conteúdo do TC School

Aprenda a investir o seu dinheiro

E-BOOK

Aprenda a investir o seu dinheiro

Neste e-book — "Aprenda a investir o seu dinheiro", trazemos todas as informações que você precisa saber antes de investir no mercado de ações, com segurança, conhecimento e confiança.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.