IBOV

109.079,77 pts

+0,98%

SP500

4.559,01 pts

+0,57%

DJIA

35.181,21 pts

+0,44%

NASDAQ

15.216,67 pts

+1,12%

IFIX

2.811,21 pts

+0,14%

BRENT

US$ 88,07

-0,42%

IO62

¥ 752,50

+1,83%

TRAD3

R$ 4,25

+1,67%

ABEV3

R$ 14,52

-0,13%

AMER3

R$ 34,45

+3,76%

ASAI3

R$ 12,11

+0,66%

AZUL4

R$ 25,84

+2,25%

B3SA3

R$ 12,40

+1,14%

BIDI11

R$ 24,30

+8,00%

BBSE3

R$ 20,53

-0,72%

BRML3

R$ 8,83

+1,14%

BBDC3

R$ 17,55

-0,39%

BBDC4

R$ 21,03

-0,33%

BRAP4

R$ 28,98

+0,94%

BBAS3

R$ 31,15

+0,45%

BRKM5

R$ 49,96

+1,54%

BRFS3

R$ 23,94

+0,97%

BPAC11

R$ 20,75

+4,27%

CRFB3

R$ 14,93

-0,73%

CCRO3

R$ 11,56

+1,94%

CMIG4

R$ 12,99

+0,23%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,11

+1,44%

COGN3

R$ 2,27

+3,18%

CPLE6

R$ 6,56

+1,07%

CSAN3

R$ 22,51

+2,45%

CPFE3

R$ 27,14

+1,76%

CVCB3

R$ 11,97

+3,54%

CYRE3

R$ 15,04

+1,96%

ECOR3

R$ 7,45

+2,19%

ELET3

R$ 33,20

+0,48%

ELET6

R$ 32,60

+0,77%

EMBR3

R$ 20,96

+1,84%

ENBR3

R$ 21,63

-0,04%

ENGI11

R$ 41,20

-0,26%

ENEV3

R$ 13,21

+2,32%

EGIE3

R$ 39,53

+0,50%

EQTL3

R$ 22,65

+2,02%

EZTC3

R$ 19,48

+3,06%

FLRY3

R$ 18,09

-0,22%

GGBR4

R$ 29,19

+0,51%

GOAU4

R$ 12,19

+0,66%

GOLL4

R$ 16,72

+1,64%

NTCO3

R$ 21,64

+3,69%

HAPV3

R$ 11,22

+2,74%

HYPE3

R$ 28,96

+1,90%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,30

+2,44%

IRBR3

R$ 3,42

+1,48%

ITSA4

R$ 9,60

-0,20%

ITUB4

R$ 23,36

-0,51%

JBSS3

R$ 36,88

+0,73%

JHSF3

R$ 5,16

+4,24%

KLBN11

R$ 25,92

+0,89%

RENT3

R$ 52,03

+4,37%

LCAM3

R$ 23,30

+3,78%

LWSA3

R$ 9,11

+5,44%

LAME4

R$ 6,49

+3,34%

LREN3

R$ 25,51

+2,65%

MGLU3

R$ 6,64

+5,23%

MRFG3

R$ 22,98

+1,27%

BEEF3

R$ 9,75

-1,21%

MRVE3

R$ 11,54

+2,66%

MULT3

R$ 19,38

+3,36%

PCAR3

R$ 20,12

+0,70%

PETR3

R$ 34,53

+0,81%

PETR4

R$ 31,48

-0,03%

VBBR3

20,62

+0,48%

PRIO3

R$ 23,75

-1,00%

QUAL3

R$ 16,54

-0,60%

RADL3

R$ 20,82

+1,36%

RAIL3

R$ 17,04

+1,85%

SBSP3

R$ 36,44

+2,10%

SANB11

R$ 31,25

-0,85%

CSNA3

R$ 27,04

+2,15%

SULA11

R$ 24,05

+1,17%

SUZB3

R$ 61,01

-1,35%

TAEE11

R$ 37,63

+2,22%

VIVT3

R$ 49,08

+0,80%

TIMS3

R$ 13,04

+0,38%

TOTS3

R$ 26,42

+4,42%

UGPA3

R$ 13,47

+1,81%

USIM5

R$ 16,81

+0,35%

VALE3

R$ 88,33

+0,13%

VIIA3

R$ 4,26

+6,50%

WEGE3

R$ 30,80

+0,98%

YDUQ3

R$ 20,44

+5,52%

IBOV

109.079,77 pts

+0,98%

SP500

4.559,01 pts

+0,57%

DJIA

35.181,21 pts

+0,44%

NASDAQ

15.216,67 pts

+1,12%

IFIX

2.811,21 pts

+0,14%

BRENT

US$ 88,07

-0,42%

IO62

¥ 752,50

+1,83%

TRAD3

R$ 4,25

+1,67%

ABEV3

R$ 14,52

-0,13%

AMER3

R$ 34,45

+3,76%

ASAI3

R$ 12,11

+0,66%

AZUL4

R$ 25,84

+2,25%

B3SA3

R$ 12,40

+1,14%

BIDI11

R$ 24,30

+8,00%

BBSE3

R$ 20,53

-0,72%

BRML3

R$ 8,83

+1,14%

BBDC3

R$ 17,55

-0,39%

BBDC4

R$ 21,03

-0,33%

BRAP4

R$ 28,98

+0,94%

BBAS3

R$ 31,15

+0,45%

BRKM5

R$ 49,96

+1,54%

BRFS3

R$ 23,94

+0,97%

BPAC11

R$ 20,75

+4,27%

CRFB3

R$ 14,93

-0,73%

CCRO3

R$ 11,56

+1,94%

CMIG4

R$ 12,99

+0,23%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,11

+1,44%

COGN3

R$ 2,27

+3,18%

CPLE6

R$ 6,56

+1,07%

CSAN3

R$ 22,51

+2,45%

CPFE3

R$ 27,14

+1,76%

CVCB3

R$ 11,97

+3,54%

CYRE3

R$ 15,04

+1,96%

ECOR3

R$ 7,45

+2,19%

ELET3

R$ 33,20

+0,48%

ELET6

R$ 32,60

+0,77%

EMBR3

R$ 20,96

+1,84%

ENBR3

R$ 21,63

-0,04%

ENGI11

R$ 41,20

-0,26%

ENEV3

R$ 13,21

+2,32%

EGIE3

R$ 39,53

+0,50%

EQTL3

R$ 22,65

+2,02%

EZTC3

R$ 19,48

+3,06%

FLRY3

R$ 18,09

-0,22%

GGBR4

R$ 29,19

+0,51%

GOAU4

R$ 12,19

+0,66%

GOLL4

R$ 16,72

+1,64%

NTCO3

R$ 21,64

+3,69%

HAPV3

R$ 11,22

+2,74%

HYPE3

R$ 28,96

+1,90%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,30

+2,44%

IRBR3

R$ 3,42

+1,48%

ITSA4

R$ 9,60

-0,20%

ITUB4

R$ 23,36

-0,51%

JBSS3

R$ 36,88

+0,73%

JHSF3

R$ 5,16

+4,24%

KLBN11

R$ 25,92

+0,89%

RENT3

R$ 52,03

+4,37%

LCAM3

R$ 23,30

+3,78%

LWSA3

R$ 9,11

+5,44%

LAME4

R$ 6,49

+3,34%

LREN3

R$ 25,51

+2,65%

MGLU3

R$ 6,64

+5,23%

MRFG3

R$ 22,98

+1,27%

BEEF3

R$ 9,75

-1,21%

MRVE3

R$ 11,54

+2,66%

MULT3

R$ 19,38

+3,36%

PCAR3

R$ 20,12

+0,70%

PETR3

R$ 34,53

+0,81%

PETR4

R$ 31,48

-0,03%

VBBR3

20,62

+0,48%

PRIO3

R$ 23,75

-1,00%

QUAL3

R$ 16,54

-0,60%

RADL3

R$ 20,82

+1,36%

RAIL3

R$ 17,04

+1,85%

SBSP3

R$ 36,44

+2,10%

SANB11

R$ 31,25

-0,85%

CSNA3

R$ 27,04

+2,15%

SULA11

R$ 24,05

+1,17%

SUZB3

R$ 61,01

-1,35%

TAEE11

R$ 37,63

+2,22%

VIVT3

R$ 49,08

+0,80%

TIMS3

R$ 13,04

+0,38%

TOTS3

R$ 26,42

+4,42%

UGPA3

R$ 13,47

+1,81%

USIM5

R$ 16,81

+0,35%

VALE3

R$ 88,33

+0,13%

VIIA3

R$ 4,26

+6,50%

WEGE3

R$ 30,80

+0,98%

YDUQ3

R$ 20,44

+5,52%

Carlos Slim, CEO do Grupo Carso e homem mais rico da América Latina

CEO do Grupo Carso

Carlos Slim, CEO do Grupo Carso e homem mais rico da América Latina

Apresentaremos a biografia de Carlos Slim Helu, conhecido por “Rei Midas” por transformar empresas decadentes em negócios lucrativos, o empresário mexicano é o homem mais rico da América Latina e um dos empresários mais bem sucedidos do mundo.

No texto a seguir, falamos sobre a sua formação, trajetória profissional, projetos, livros e frases. Se liga neste material bacana que preparamos, onde você irá encontrar:

  • Quem é Carlos Slim Helu
  • Empreendedor de sucesso
  • Apelido de “Rei Midas”
  • Fortuna de Carlos Slim Helu
  • Estilo de vida simples
  • Filantropismo
  • Frases de Carlos Slim

Boa leitura!

Quem é Carlos Slim Helu

Carlos Slim Helu, descendente de família libanesa, nasceu na Cidade do México, capital mexicana, em 28 de janeiro de 1940. Desde cedo já fazia o controle das finanças pessoais, onde controlava a variação dos seus investimentos em um caderno de contabilidade e se interessava pelo mundo dos negócios. Como costumava ouvir, “dinheiro que não vai para os negócios evapora”.

Seu pai, que era dono de diversos terrenos espalhados pela Cidade do México, havia ensinado três lições ao filho para sempre obter lucro nos negócios:

  1. Vender muito, a um preço baixo;
  2. Ter sempre uma reserva para aproveitar boas oportunidades; e
  3. Investir a longo prazo.

Formação de Carlos Slim

Carlos concluiu a formação em Engenharia Civil pela Universidade Autónoma Nacional do México (UNAM). Alguns anos mais tarde foi cursar Avaliação de Projetos e Desenvolvimento Econômico na Cepal (Comissão econômica para a América Latina e o Caribe), em Santiago, Chile.

Empreendedorismo na América Latina

Carlos Slim Helu, empreendedor de sucesso

O primeiro projeto de Carlos Slim Helu como empreendedor foi no setor imobiliário. Carlos casou-se cedo, em 1960, aos 21 anos de idade. Ele herdou um terreno de seu pai e construiu um prédio de apartamentos. Alugou alguns apartamentos, vendeu outros e morou com sua família em um deles.

Desta forma, com esta primeira empreitada, surge a Imobiliária Carso, uma marca da junção de seu nome, Carlos e de sua esposa, Soumaya. Nos 10 anos seguintes, Slim já possuía mais de um milhão de metros quadrados de terrenos espalhados pela capital do México.

Com a crise do petróleo na década de 1980, os preços dos ativos despencaram na Bolsa. Carlos Slim seguiu a segunda dica de seu pai, “ter sempre uma reserva para aproveitar boas oportunidades” e começou a comprar ativos, como ações da Cigatam, companhia de cigarros e charutos, que possuía licença do Marlboro. Já quando o país passava por período de elevado déficit, investiu em uma fábrica de autopeças e diversos restaurantes.

Carlos Slim, o “Rei Midas”

Aos poucos, com a estratégia de comprar ações baratas, foi ganhando a fama de “Rei Midas”, um rei que tudo que tocava transformava em ouro. Na verdade uma analogia às companhias praticamente falidas que Helu comprava e executava complexos processos de turnarounds, as transformando em companhias altamente lucrativas.

No mercado de capitais, investindo na Bolsa mexicana, o seu primeiro investimento de sucesso foi a compra da grande participação da companhia “Telefones de Barra Mansa – BMmex“, a qual tinha sido privatizada há pouco tempo.

Carlos transformou a empresa deficitária na maior companhia de telefonia do México, a América Móvil (negociada na B3 via BDR – A1MX34). Naquela época, o empresário expandiu seus negócios para outros setores da economia, como: mineração, gráficas, jornais (como o The New York Times), hotéis, bancos, lojas de vestuário, eletrônicos e montadora de veículos chinesa.

A partir do crescimento da América Móvil, Carlos Slim expandiu os seus negócios primeiro pela América Latina e depois para os Estados Unidos. No continente latino, através do investimento em companhias de telecomunicações (Telefonia e Internet).

Vale lembrar que o Grupo Carso é um dos maiores e mais diversificados conglomerados da América Latina. No Brasil, possui participações na Globopar, NET-Claro, Nextel e Embratel.

Fortuna de Carlos Slim Helu

O homem mais rico da América Latina

A fortuna de Carlos Slim Helu advém especialmente dos lucros, resultados e crescimento do Grupo Carso, além de outros investimentos e projetos do empreendedor. Com patrimônio líquido estimado em 52.1 bilhões de dólares, em 2020, o empresário mexicano é o homem mais rico da América Latina e um dos empresários mais bem sucedidos do mundo.

Evolução patrimonial de Carlos Slim | Com dados da Forbes.

NET WORTH OVER TIME

03/2016 – US$ 50 bilhões
03/2017 – US$ 54.5 bilhões
03/2018 – US$ 67.1 bilhões
03/2019 – US$ 64 bilhões
04/2020 – US$ 52.1 bilhões

Fonte: Forbes

Participação na Bolsa Mexicana de Valores

A participação em diversas companhias de setores diferentes da economia mexicana, por meio de suas empresas, os investimentos de Carlos Slim representam mais de 30% de toda Bolsa de Valores do México.

Estilo de vida de Carlos Slim

Apesar de ter sido declarado a pessoa mais rica do mundo por 2 vezes, em 2007 e 2011, de acordo com a revista Forbes, Carlos Slim leva uma vida de bilionário discreta. Segundo ele, não gosta de aparecer em capas de revistas, nem de dar muitas entrevistas.

Projetos de filantropia

Carlos Slim criou um centro de pesquisa associado com o Massachusetts Institute of Technology – MIT, com o objetivo de desenvolver novas tecnologias de informação adequadas à América Latina por meio da formação de profissionais especializados.

Fundação Carlos Slim

Além disso, o investidor filantropo investiu cerca de 4 bilhões de dólares na Fundação Carlos Slim, e desde a sua fundação, em 1986, atua com projetos em educação, saúde, emprego, migração, esportes e ajuda humanitária.

Aliás, a organização não governamental ajudou o país a se recuperar dos danos causados por terremotos, tanto com ajuda humanitária quanto em investimentos na proteção da estrutura do patrimônio cultural do México.

Em reconhecimento por suas ações de filantropia, em 2011 recebeu prêmio da Fundação Louise Blouin.

Frases de Carlos Slim

Manter a austeridade em tempos de vacas gordas, fortalece, capitaliza e acelera o desenvolvimento da empresa. Desse modo evitam-se ajustes drásticos nas épocas de crise.”

A empresa nunca deve limitar-se aos parâmetros do proprietário ou do administrador. Sentimo-nos grandes em nossos currais.”

A competição sempre torna você melhor, mesmo quando o seu adversário vence.”

Não permita que emoções e sentimentos negativos controlem sua mente. O dano emocional não vem dos outros, ele é concebido e desenvolvido dentro de nós.”

Erros são normais e humanos. Diminua-os, aceite-os, corrija-os e esqueça-os.”

Não deixe de conferir o canal do TC School no YouTube. Temos bastante conteúdo para quem está iniciando como investidor!

Legal, não é? A gente também está no Instagram e no TikTok. Segue a gente lá!

Daniel Santos
Daniel Santos
Estagiário do TradersClub
Graduando em Ciências Contábeis pela UFRN Ex-membro da Liga de Finanças e vencedor do 1º Campeonato de Análise Fundamentalista do TC.

Estagiário do TC School

Análise Fundamentalista

E-BOOK

Análise Fundamentalista

Neste e-book, abordaremos de forma simplificada os principais pontos que você precisa saber para entender a Análise Fundamentalista nas suas decisões de investimento.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.