Renda Fixa: conheça os principais produtos

Renda Fixa: conheça os principais produtos

bianca-bezerra

27 JAN

4 MIN

Renda Fixa: conheça os principais produtos

O investimento em renda fixa tem se tornado cada vez mais popular entre os brasileiros como forma de proteção de capital contra eventuais crises. No entanto, existem diversos tipos quando se fala em produtos de investimento de renda fixa, de forma que muita gente não entende qual é a diferença entre eles.

Portanto, é fundamental compreender todos os tipos de ativos que existem nesse mercado para saber em qual deles é mais interessante alocar capital.

  • O que é Renda Fixa?
  • Tesouro Direto
  • CDB
  • CRI/CRA
  • LCI/LCA
  • Debêntures
  • RDC
  • Renda fixa nos EUA
  • Poupança

O que é Renda Fixa?

A renda fixa é uma modalidade de investimento que entrega uma rentabilidade pré-estabelecida ao final do prazo de investimento.

Por exemplo: se um título do governo prometeu entregar uma rentabilidade de 8% ao ano no final de 5 anos, é certo que essa rentabilidade será entregue.

Esse tipo de investimento é o oposto da renda variável (como é o caso do investimento em ações), que pode variar para cima ou para baixo ao longo do tempo.

A renda fixa é mais recomendada para investidores com perfil conservador. Mas também para quem quer fazer um investimento para um fim específico (como comprar um carro ou uma casa), de forma que a rentabilidade permaneça inalterada.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é a primeira opção de muitos investidores que ouvem falar sobre renda fixa, sendo amplamente acessível ao investidor pessoa física.

Esse tipo de investimento consiste em investir determinada quantia para o governo e recebê-la de volta com juros no futuro.

Existem vários tipos de títulos dentro do Tesouro Direto. Os de curta e longa duração, os prefixados e os pós-fixados, os que pagam juros semestrais e os que não pagam… Portanto, é muito importante saber qual é o mais propício para cada perfil de investidor.

CDB

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é outro tipo de empréstimo de dinheiro. No entanto, ao invés de emprestar para o governo, o dinheiro é emprestado aos bancos.

Existem CDBs de liquidez diária (que permitem sacar o valor imediatamente) e outros com menos liquidez, mas que tendem a ter maiores retornos ao longo do tempo.

CRI/CRA

Os CRIs e CRAs são, respectivamente, certificados de recebíveis dos setores imobiliário e agrário. São documentos que atestam que seu portador deve receber determinada quantia investida ao final de um prazo.

De forma geral, é preciso ter uma quantidade maior de dinheiro para ter acesso a esse tipo de investimento, além de tenderem a render mais que outros veículos de renda fixa.

LCI/LCA

Outra forma de investir no setor imobiliário e no setor agrário é com as Letras de Crédito, que são emitidas para captar recursos para empresas desses setores.

Assim como os CRIs e CRAs, também necessitam de mais dinheiro para serem adquiridos e também tendem a render mais que outros ativos de renda fixa.

Debêntures

Debêntures são créditos privados emitidos pelas empresas para que elas possam fazer investimentos em suas operações e crescer.

Existem diversos tipos de debêntures e, geralmente, elas são adquiridas por investidores institucionais. No entanto, algumas debêntures também estão acessíveis ao investidor individual.

RDC

O RDC (Recibo de Depósito Cooperativo) consiste em um investimento no qual o valor investido é usado por cooperativas para que elas possam manter suas operações e crescer seu negócio.

De forma geral, esse tipo de ativo conta com uma menor liquidez, o que é compensado por rendimentos mais elevados quando comparados a títulos públicos e CDBs.

Renda fixa nos EUA

Também é possível investir em renda fixa nos EUA, seja adquirindo títulos do governo (os chamados government bonds) ou títulos de empresas (corporate bonds).

Assim como na renda fixa brasileira, esses títulos vêm em prazos, riscos e rentabilidades diferentes, de forma que o investidor possa alocar seu capital de acordo com seu nível de risco.

A forma mais fácil de investir nesses títulos é através da compra de ETFs americanos, fundos passivos que adquirem esses papéis e que são negociados diretamente na bolsa de valores.

Poupança

De fato: a poupança é o produto financeiro mais utilizado pelo brasileiro, de forma que a expressão “colocar dinheiro na poupança” já caiu no linguajar popular.

A poupança é um tipo de conta bancária que guarda o dinheiro da pessoa e possibilita o resgate automático.

Infelizmente, a rentabilidade da poupança é muito inferior à de outros produtos de renda fixa. Dessa forma, muitos investidores estão migrando dessa modalidade de investimento para outras com maior potencial de rentabilidade.

Baixe nosso app grátis! No TC você acompanha as principais notícias e cotações do mercado em tempo real, além de ter acesso a canais exclusivos para interagir com os melhores profissionais.

Aprenda com quem realmente entende de investimentos. Tire dúvidas, troque ideias, experiências e construa uma grande rede de networking com investidores de todo Brasil.

Além disso, também estamos no Instagram, YouTube e no TikTok. Acompanhe!

Jornalista | Redatora | Criadora de Conteúdo

Aprenda a investir o seu dinheiro

E-BOOK

Aprenda a investir o seu dinheiro

Neste e-book — "Aprenda a investir o seu dinheiro", trazemos todas as informações que você precisa saber antes de investir no mercado de ações, com segurança, conhecimento e confiança.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.