Conheça os 5 ETFs mais negociados na B3

Conheça os 5 ETFs mais negociados na B3

iris-sousa

20 JAN

8 MIN

Conheça os 5 ETFs mais negociados na B3

Em 2021 houve aumento de mais de 35% de pessoas físicas negociando na Bolsa de Valores Brasileira (B3). Essa evolução acompanha o crescimento de negociações dos produtos disponíveis, como é o caso dos ETFs que tiveram um aumento de 85% de investidores apenas em 2021. 

O ETF é um fundo de investimentos que tem foco em replicar um determinado índice. Assim sendo, compõe-se de um fundo com diversas ações e contam com uma gestão passiva, ou seja, não há a figura de um gestor.

Apesar do aumento conjunto de negociações desse produto financeiro, houve crescimento exponencial de alguns ETFs em específico.

No texto de hoje, vamos falar dos 5 ETFs mais negociados em 2021 e algumas especificações relativas a eles. O texto a seguir se divide da seguinte forma:

  • Análise Geral dos ETFs
  • BOVA11
  • BOVV11
  • IVVB11
  • SMAL11
  • SPXI11

Análise Geral dos ETFs

Segundo dados da Economática, os cinco ETFs mais negociados em 2021 foram o BOVA11, BOVV11, IVVB11, SMALL11 e SPX11, respectivamente.

Esses ETFs são populares entre os investidores dado que replicam o principal índice de mercado do Brasil (BOVA11 e BOVV11) e também dos Estados Unidos (IVVB11 e SPX11). 

Em consonância com essa popularidade, há ainda as características simplificadas (diversificação, custos, gestão passiva, etc.) desse tipo de investimento que atrai os investidores.

Nessa perspectiva, alguns estudiosos concordam ao afirmar que os ETFs possuem premissas fáceis de serem compreendidas, explicando, então, o porquê das pessoas recorrerem a esse tipo de investimento. 

Desempenho dos 5 ETFs mais negociados em 2021

Apesar da popularidade desses ETFs, é importante ficar por dentro de seus desempenhos para averiguar periodicamente sua viabilidade. Pensando nisso, trouxemos informações relativas ao retorno médio anual em 2021. 

Retorno Médio em 2021

ETFs Retorno Médio – 2021
BOVA11 -11,65%
BOVV11 -11,66%
IVVB11 39,26%
SMAL11 -15,45%
SPXI11 37,39%

Fonte: elaboração própria 

De modo geral, os ETFs que replicam índices brasileiros obtiveram retornos negativos, ao passo que os ETF’s que replicam o índice estadunidense S&P500 tiveram retorno positivos.

Podemos perceber que os ETFs BOVA11 e BOVV11, que possuem o mesmo índice de referência (Ibovespa), obtiveram retornos extremamente próximos, havendo uma pequena diferença a maior do BOVV11.

O mesmo ocorre com os ETFs que replicam o índice S&P500 (IVVB11 e SPXI11). Nesse caso, o IVVB11 sobressaiu em relação ao SPXI11. 

BOVA11

O iShares Ibovespa Fundo de Índice (BOVA11) foi criado em 2008 e tem como foco refletir a performance do Índice Bovespa, possuindo em sua carteira as ações que compõem o referido índice. Atualmente, a taxa de administração do ETF é de 0,54% a.a.

Esse ETF é gerido pela BlackRock Brasil e administrado pelo Banco BNP Paribas. Ele está disponível no mercado a vista e fracionário. Isso significa dizer que em caso de você não quiser comprar um lote padrão de 10 cotas, poderá recorrer ao mercado fracionário para comprar o número de cotas que desejar.

O Índice Bovespa (IBOV) é o principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3. Ele reúne as empresas mais importantes do mercado de capitais brasileiro. É composto pelas ações e units (misto de ações ordinárias e preferenciais) de companhias listadas na B3 que atendem aos critérios de inclusão ao índice.

As principais empresas que compõem o BOVA11 são:

Títulos Principais %
CIA VALE DO RIO DOCE SH 14,79%
PETROLEO BRASILEIRO PREF SA 6,41%
ITAU UNIBANCO HOLDING PREF SA 4,94%
BANCO BRADESCO PREF SA 4,45%
PETROBRAS SA 4,10%
B3 BRASIL BOLSA BALCÃO SA 3,34%
AMBEV SA 3,32%
JBS SA 2,42%
WEG SA 2,42%
SUZANO SA 2,16%
OUTROS 51,65%

Fonte: Blackrock Brasil

Ainda analisando o BOVA11, podemos ver na figura abaixo seu retorno diário ao longo de 2021. Notamos que os menores retornos estiveram contidos entre fevereiro/março e os maiores em novembro, acompanhando a média geral do mercado.

Retorno Diário 2021 – BOVA11

Fonte: elaboração própria

BOVV11

O It Now Ibovespa Fundo de Índice é um ETF que, assim como o anterior, acompanha o desempenho do Ibovespa. Foi criado em 2016 pelo Itaú Unibanco, seu atual gestor. A taxa de administração é de 0,3% ao ano.

O BOVV11 é composto das ações e units (misto de ações ordinárias e preferenciais) de companhias listadas na B3 que atendem a determinados critérios. Os papéis que compõem esse índice correspondem a cerca de 80% do número de negócios e do volume financeiro do mercado brasileiro de capitais.

Os principais títulos que compõem o BOVV11 são:

Títulos Principais %
CIA VALE DO RIO DOCE SH 13%
PETROLEO BRASILEIRO PREF SA 7%
ITAU UNIBANCO HOLDING PREF SA 5%
BANCO BRADESCO PREF SA 5%
PETROBRAS SA 5%
B3 BRASIL BOLSA BALCÃO SA 3%
AMBEV SA 3%
OUTROS 59%

Fonte: Itaú Unibanco

Apesar do BOVV11 ter tido desempenho acima do BOVA11, os dois obtiveram retornos praticamente idênticos, conforme podemos ver na imagem abaixo. 

Retorno Diário 2021 – BOVV11

Fonte: elaboração própria

IVVB11

O iShares S&P 500 Fundo de Investimento – Investimento No Exterior, é um ETF que tem o foco de reproduzir a performance do Índice S&P 500 em reais (S&P 500 Brazilian Real Index). Foi criado em 2014 e é administrado pelo Banco BNP Paribas. O gestor é a BlackRock Brasil. Atualmente o IVVB11 possui uma taxa de administração de 0,23% ao ano.

O S&P 500 Brazilian Real Index é composto pelas 500 principais empresas dos EUA. As empresas são selecionadas de acordo com critérios como tamanho, liquidez e setor. Entretanto, por ser “Brazilian Real Index”, ele é um índice já convertido para a moeda brasileira usando a cotação PTAX do Banco Central.

O fundo investe no mínimo 95% de seu patrimônio em ações do S&P 500 Brazilian Real Index, em qualquer proporção. Ele também pode investir em posições compradas no mercado futuro do Índice. Nos restantes 5% de sua carteira, o fundo poderá deter ações e outros ativos não incluídos no S&P 500 Brazilian Real Index.

Portanto, 99,86% de seus títulos estão alocados no Ishares Core S&p 500, compondo-se da seguinte forma:

Títulos Principais %
APPLE INC 6,81%
MICROSOFT CORP 5,85%
AMAZON COM INC 3,57%
TESLA INC 2,16%
ALPHABET INC CLASS A 2,11%
ALPHABET INC CLASS C 1,96%
META PLATFORMS INC CLASS A 1,94%
NVIDIA CORP 1,67%
BERKSHIRE HATHAWAY INC CLASS B 1,51%
JPMORGAN CHASE & CO 1,15%
OUTROS 71,27%

Fonte: Blackrock Brasil

Na imagem abaixo podemos verificar o retorno diário do IVB11. Janeiro e março obtiveram os melhores e piores resultados.

Retorno Diário 2021 – IVVB11

Fonte: elaboração própria

SMAL11

O iShares Small Cap Fundo de Índice (SMAL11) é um ETF que busca refletir a performance do Índice Small Cap (SMLL). Foi criado em 2008 e é composto das ações das empresas de menor capitalização da Bolsa de Valores Brasileira (B3).

O SMAL11 é administrado pelo Banco BNP Paribas e é gerido pela BlackRock do Brasil. Atualmente sua taxa de administração é de 0,69% a.a.

Ele é composto tanto por ações quanto units. Para compor o índice, os ativos devem estar fora da lista dos que representam 85% do valor de mercado de todas as empresas na B3. Entretanto, o ativo deve estar entre os 99% mais negociados na bolsa.

O fundo investe no mínimo 95% de seu patrimônio em ações do SMLL, em qualquer proporção. Ele também pode investir em posições compradas no mercado futuro do Índice. Nos restantes 5% de sua carteira, o fundo poderá deter ações e outros ativos não incluídos no SMLL.

Os principais títulos que compõem este este ETF são:

Títulos Principais %
AZUL PREF SA 2,83%
METALURGICA GERDAU PREF SA 2,79%
TRANSMISSORA ALIANCA ENERGIA ELETR 2,67%
RAIZEN PRF SA 2,60%
3R PETROLEUM OLEO E GAS SA 2,46%
BR MALLS PARTICIPACOES SA 2,35%
SUL AMERICA UNITS SA 2,17%
VIA SA 2,02%
YDUQS PARTICIPACOES SA 1,99%
FLEURY SA 1,83%
OUTROS 76,29%

Fonte: Blackrock Brasil

Na imagem abaixo podemos verificar o retorno diário do SMALL11. Conseguimos observar um retorno abruptamente negativo em meados de março, seguido de uma recuperação à normalidade. 

Retorno Diário 2021 – SMAL11

Fonte: elaboração própria

SPXI11

O It Now S&P500 TRN Fundo de Índice é um ETF de renda variável que visa replicar a performance do índice S&P500 Net Total Return (S&P500 TRN), calculado pela Standard & Poor’s, incluindo variação cambial.

O SPXI11 é gerido pelo Itaú Unibanco e foi criado em 2015. Atualmente, a taxa de administração é de 0,21% ao ano.

O S&P500 TRN faz parte da família de índices da S&P e foi projetado para refletir o mercado de ações dos Estados Unidos. É formado por 500 empresas líderes da economia americana, o S&P500 TRN é o índice de retorno total do índice S&P500. Esse índice inclui os efeitos de reinvestimento de dividendos após a dedução de imposto de renda.

O índice é ajustado trimestralmente com base nos preços de fechamento da semana anterior ao reequilíbrio.

O SPXI11 tem 95% da carteira composta 95% por títulos Vanguard US S&P500 ETF e/ou por posições compradas nos mercados futuros do Índice S&P500, no Brasil ou no exterior, de forma a refletir a variação e a rentabilidade do S&P 500 TRN.

As principais posições do SPXI11 são:

Títulos Principais %
MICROSOFT CORP 4%
APPLE INC 4%
AMAZON.COM INC 3%
FACEBOOK INC A  2%
BERKSHIRE HATHAWAY B 2%
JP MORGAN CHASE & CO 2%
ALPHABET INC C 2%
ALPHABET INC A 1%
JOHNSON & JOHNSON 1%
VISA INC A 1%
OUTROS 78%

Fonte: Itaú Unibanco

Na imagem abaixo podemos verificar o retorno diário do SPXI11. Similarmente ao IVVB11, o SPXI11 obteve resultados de retorno positivo e negativo em janeiro e março, dado que ambos ETF’s replicam o mesmo índice.

Retorno Diário 2021 – SPXI11

Fonte: elaboração própria

Conclusão

O ano de 2021 registrou um aumento considerável no quantitativo de pessoas investindo em ETFs. Isso é explicado, em partes, pelo aumento de CPF’s na Bolsa de Valores e, conjuntamente, com as características intrínsecas desse produto financeiro.

Entretanto, apesar da facilidade envolvida nos ETFs, é importante definir estratégias adequadas para investir em cada um dos ETFs, além de ficar atento aos detalhes de cada ETF em específico.

Baixe nosso app grátis! No TC você acompanha as principais notícias e cotações do mercado em tempo real, além de ter acesso a canais exclusivos para interagir com os melhores profissionais.

Aprenda com quem realmente entende de investimentos. Tire dúvidas, troque ideias, experiências e construa uma grande rede de networking com investidores de todo Brasil.

Além disso, também estamos no Instagram, YouTube e no TikTok. Acompanhe!

Estagiária do TC School | Graduanda em Ciências Contábeis (UFPB)

Análise Fundamentalista

E-BOOK

Análise Fundamentalista

Neste e-book, abordaremos de forma simplificada os principais pontos que você precisa saber para entender a Análise Fundamentalista nas suas decisões de investimento.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.