Ações e setores promissores na B3 para 2021, com Hugo Queiroz

Ações e setores promissores na B3 para 2021, com Hugo Queiroz

danilo-hadek

18 FEV

5 MIN

Ações e setores promissores na B3 para 2021, com Hugo Queiroz

Para quem é investidor fundamentalista, o TC possui inúmeras ferramentas para análise de ações no app e dentro da plataforma do TC Matrix. Hugo Queiroz é o analista chefe da nossa Matrix, e costuma abrir a “caixinha” do seu Instagram para perguntas sobre empresas da B3 para quem deseja investir com base em fundamentos.

Abaixo, iremos discorrer sobre os últimos vídeos que o Hugo Queiroz publicou no Instagram respondendo as principais dúvidas dos investidores. O analista faz comentários sobre microeconomia, análise bottom up de ações, fundamentos e valuation. Para quem ainda não acompanha, vale a pena seguir o perfil do Hugo nas redes sociais, especialmente no Twitter, Instagram e no ClubHouse.

Em um dos últimos vídeos, no dia 20 de janeiro, Hugo Queiroz comentou sobre o cenário macroeconômico de retomada global e como o setor de commodities puxou o Ibovespa para cima em um verdadeiro “rally do minério de ferro”. Esta perspectiva de recuperação pode ser refletida no resultado do 4T20 de algumas companhias tanto de setores domésticos, quanto de exportadores.

Boa leitura!

Melhores setores da B3 para 2021

Alguns setores da Bolsa que podem surpreender positivamente são as empresas do varejo, como Via Varejo (VIIA3), Magazine Luiza (MGLU3) e B2W (BTOW3). O analista alerta apenas para o setor de vestuário, que ainda levará mais algum tempo para se recuperar.

Outros setores em destaque são os bancos, que ainda dependem do provisionamento das perdas e riscos, mas tendem a divulgar bons resultados. As empresas do setor de logística também mostram boas expectativas de desempenho no trimestre, com destaque para as ações da Log-In Logística Intermodal (LOGN3) e da Sequoia Logística e Transporte (SEQL3). Segundo o analista, ambas têm crescimento e retomada de margem no curto prazo, o que pode ser notado com a reação das concessionárias no volume de tráfego.

Com crédito e juros baixos, o setor de construção civil é outro setor da B3 que está bastante aquecido. Apesar de poder sofrer pressão no curto prazo com a questão de margens, a Cyrela, por exemplo, projeta 100% de lançamentos a mais em 2021, bem como o programa Minha Casa Minha Vida (Casa Verde Amarela) por meio da subsidiária Plano & Plano Desenvolvimento Imobiliário (PLPL3), que vem apontando excelente resultado e desempenho. Desta forma, o analista projeta um ano positivo no mercado financeiro.

Ações promissoras para 2021

Em resumo, Hugo Queiroz lista os 6 melhores setores da Bolsa para 2021:

  1. Bancos
  2. Infraestrutura (logística e utilities)
  3. Frigoríficos
  4. Construção civil
  5. Varejo
  6. Indústria (em partes)

Neste último setor, algumas indústrias terão recuperação mais lenta, tais como Embraer (EMBR3) e a Marcopolo (POMO4). Por outro lado, as exportadoras Randon (RAPT4) e Tupy (TUPY3) podem surpreender.

Uma das ações mais demandadas é do setor financeiro. Ao analisar Bradesco e Itaú, as projeções são boas, com expectativa de ROE alto e retomada de crédito, que ajuda a reverter o provisionamento. Tudo isso corrobora para melhores expectativas quanto ao Dividend Yield, que tem puxado o preço das ações de BBDC4 e ITUB4.

Um dos destaques no setor da indústria é a Aeris (AERI3), que realizou recentemente IPO na B3. A empresa pode ter uma aceleração no crescimento por conta de novas políticas de fontes de energia sustentável. É possível que seja uma nova Weg (WEGE3)? Difícil, mas a companhia tem ainda um upside de 20% apesar de múltiplo esticado.

Entretanto, por opção, o analista prefere apenas observar de fora o setor, ficando exposto apenas com posições de utilities.

Outra ação na carteira do analista é Kepler Weber (KEPL3), que recentemente passou por uma reestruturação organizacional reduzindo custos. É uma empresa que está com caixa líquido e pode vir a tornar-se uma Weg do Agronegócio por conta dos investimentos de fundos imobiliários em armazenagem da produção.

No setor de utilities podemos ver Taesa (TAEE11) com o trigger da venda da participação da Cemig (CMIG4). No entanto, é improvável que haja privatização no setor elétrico no estado de Minas Gerais. O cenário também não é favorável para uma possível privatização da Eletrobras (ELET3) no curto prazo.

Especialista no setor de frigoríficos, Hugo Queiroz fala também sobre as expectativas das ações da Marfrig (MRFG3) e JBS (JBSS3). Ambas possuem valuation atrativo e bons fundamentos.

No setor de varejo, o analista tece comentários sobre Via Varejo (VIIA3), Lojas Quero Quero (LJQQ3) e Guararapes (GUAR3). São companhias que ainda podem demorar para retomar o crescimento, mas serão beneficiadas pela dominância no mercado.

Por fim, o analista convida o investidor a utilizar o TC Matrix, a ferramenta de análise fundamentalista do TradersClub. Lá temos, por exemplo, o “brain”, a parte preditiva de receitas das empresas listadas na B3.

Já em outra live, no dia 2 de fevereiro, Queiroz confirmou otimismo em relação aos resultados do 4T2020 e perspectivas positivas das pautas econômicas. Responde questões sobre as elétricas, enxergando a privatização da Eletrobras sem a Eletronorte, subsidiárias da Petrobras, desinvestimento no Banco do Brasil, a janela de IPOs com lista de bons IPOs e outros nem tão relevantes.

Assista abaixo o último “Bora Fundamentar” e acompanhe os próximos!


O analista destaca os números do setor de produção, setor mais leve, que apresentou crescimento de 8% para 5,5% de expectativa. Outro ponto a salientar é a capacidade do SUS em campanhas de vacinação, com potencial de vacinar entre 5 a 8 milhões de brasileiros por dia.

Baixe o aplicativo do TC para acompanhar o mercado financeiro. No TC você fica por dentro da agenda e calendário econômico, as principais notícias e cotações da B3, além de ter acesso a canais exclusivos para interagir com os melhores profissionais.

Estude e conheça! Aprenda com quem realmente entende de investimentos. Tire dúvidas, troque ideias, experiências e construa uma grande rede de networking com investidores de todo Brasil.

Redator de conteúdo

Análise Fundamentalista

E-BOOK

Análise Fundamentalista

Neste e-book, abordaremos de forma simplificada os principais pontos que você precisa saber para entender a Análise Fundamentalista nas suas decisões de investimento.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.