IBOV

109.101,99 pts

+1,00%

SP500

4.457,76 pts

-0,56%

DJIA

34.625,14 pts

-0,26%

NASDAQ

14.713,00 pts

-0,90%

IFIX

2.804,56 pts

-0,08%

BRENT

US$ 85,86

-2,85%

IO62

¥ 752,50

+1,83%

TRAD3

R$ 4,45

+6,45%

ABEV3

R$ 14,49

-0,34%

AMER3

R$ 34,18

+2,95%

ASAI3

R$ 11,95

-0,66%

AZUL4

R$ 27,17

+7,51%

B3SA3

R$ 13,25

+8,07%

BIDI11

R$ 25,46

+13,15%

BBSE3

R$ 20,55

-0,62%

BRML3

R$ 9,00

+3,09%

BBDC3

R$ 17,54

-0,45%

BBDC4

R$ 21,08

-0,09%

BRAP4

R$ 28,32

-1,35%

BBAS3

R$ 31,20

+0,61%

BRKM5

R$ 49,19

-0,02%

BRFS3

R$ 23,36

-1,47%

BPAC11

R$ 21,34

+7,23%

CRFB3

R$ 14,65

-2,59%

CCRO3

R$ 11,93

+5,20%

CMIG4

R$ 13,01

+0,38%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,14

+2,88%

COGN3

R$ 2,35

+6,81%

CPLE6

R$ 6,66

+2,61%

CSAN3

R$ 22,40

+1,95%

CPFE3

R$ 26,86

+0,71%

CVCB3

R$ 12,77

+10,46%

CYRE3

R$ 15,23

+3,25%

ECOR3

R$ 7,60

+4,25%

ELET3

R$ 33,45

+1,24%

ELET6

R$ 32,67

+0,98%

EMBR3

R$ 21,02

+2,13%

ENBR3

R$ 21,40

-1,10%

ENGI11

R$ 41,22

-0,21%

ENEV3

R$ 12,94

+0,23%

EGIE3

R$ 39,40

+0,17%

EQTL3

R$ 22,26

+0,27%

EZTC3

R$ 19,88

+5,18%

FLRY3

R$ 18,49

+1,98%

GGBR4

R$ 28,63

-1,41%

GOAU4

R$ 11,90

-1,73%

GOLL4

R$ 17,01

+3,40%

NTCO3

R$ 22,22

+6,46%

HAPV3

R$ 11,20

+2,56%

HYPE3

R$ 29,02

+2,11%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,29

+2,43%

IRBR3

R$ 3,52

+4,45%

ITSA4

R$ 9,61

-0,10%

ITUB4

R$ 23,29

-0,80%

JBSS3

R$ 36,32

-0,79%

JHSF3

R$ 5,17

+4,44%

KLBN11

R$ 25,61

-0,31%

RENT3

R$ 54,13

+8,58%

LCAM3

R$ 24,32

+8,33%

LWSA3

R$ 8,55

+11,47%

LAME4

R$ 6,42

+2,22%

LREN3

R$ 26,14

+5,19%

MGLU3

R$ 6,65

+5,38%

MRFG3

R$ 22,35

-1,49%

BEEF3

R$ 9,76

-1,11%

MRVE3

R$ 11,80

+4,98%

MULT3

R$ 19,59

+4,48%

PCAR3

R$ 19,93

-0,25%

PETR3

R$ 34,47

+0,64%

PETR4

R$ 31,72

+0,73%

VBBR3

21,29

+3,75%

PRIO3

R$ 24,20

+0,87%

QUAL3

R$ 16,94

+1,80%

RADL3

R$ 20,45

-0,43%

RAIL3

R$ 17,48

+4,48%

SBSP3

R$ 36,00

+0,86%

SANB11

R$ 31,17

-1,11%

CSNA3

R$ 26,35

-0,45%

SULA11

R$ 24,37

+2,52%

SUZB3

R$ 60,31

-2,49%

TAEE11

R$ 37,65

+2,28%

VIVT3

R$ 48,40

-0,59%

TIMS3

R$ 12,87

-0,92%

TOTS3

R$ 26,37

+4,22%

UGPA3

R$ 13,65

+3,17%

USIM5

R$ 16,57

-1,07%

VALE3

R$ 86,71

-1,70%

VIIA3

R$ 4,21

+5,25%

WEGE3

R$ 30,74

+0,78%

YDUQ3

R$ 20,00

+3,25%

IBOV

109.101,99 pts

+1,00%

SP500

4.457,76 pts

-0,56%

DJIA

34.625,14 pts

-0,26%

NASDAQ

14.713,00 pts

-0,90%

IFIX

2.804,56 pts

-0,08%

BRENT

US$ 85,86

-2,85%

IO62

¥ 752,50

+1,83%

TRAD3

R$ 4,45

+6,45%

ABEV3

R$ 14,49

-0,34%

AMER3

R$ 34,18

+2,95%

ASAI3

R$ 11,95

-0,66%

AZUL4

R$ 27,17

+7,51%

B3SA3

R$ 13,25

+8,07%

BIDI11

R$ 25,46

+13,15%

BBSE3

R$ 20,55

-0,62%

BRML3

R$ 9,00

+3,09%

BBDC3

R$ 17,54

-0,45%

BBDC4

R$ 21,08

-0,09%

BRAP4

R$ 28,32

-1,35%

BBAS3

R$ 31,20

+0,61%

BRKM5

R$ 49,19

-0,02%

BRFS3

R$ 23,36

-1,47%

BPAC11

R$ 21,34

+7,23%

CRFB3

R$ 14,65

-2,59%

CCRO3

R$ 11,93

+5,20%

CMIG4

R$ 13,01

+0,38%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,14

+2,88%

COGN3

R$ 2,35

+6,81%

CPLE6

R$ 6,66

+2,61%

CSAN3

R$ 22,40

+1,95%

CPFE3

R$ 26,86

+0,71%

CVCB3

R$ 12,77

+10,46%

CYRE3

R$ 15,23

+3,25%

ECOR3

R$ 7,60

+4,25%

ELET3

R$ 33,45

+1,24%

ELET6

R$ 32,67

+0,98%

EMBR3

R$ 21,02

+2,13%

ENBR3

R$ 21,40

-1,10%

ENGI11

R$ 41,22

-0,21%

ENEV3

R$ 12,94

+0,23%

EGIE3

R$ 39,40

+0,17%

EQTL3

R$ 22,26

+0,27%

EZTC3

R$ 19,88

+5,18%

FLRY3

R$ 18,49

+1,98%

GGBR4

R$ 28,63

-1,41%

GOAU4

R$ 11,90

-1,73%

GOLL4

R$ 17,01

+3,40%

NTCO3

R$ 22,22

+6,46%

HAPV3

R$ 11,20

+2,56%

HYPE3

R$ 29,02

+2,11%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,29

+2,43%

IRBR3

R$ 3,52

+4,45%

ITSA4

R$ 9,61

-0,10%

ITUB4

R$ 23,29

-0,80%

JBSS3

R$ 36,32

-0,79%

JHSF3

R$ 5,17

+4,44%

KLBN11

R$ 25,61

-0,31%

RENT3

R$ 54,13

+8,58%

LCAM3

R$ 24,32

+8,33%

LWSA3

R$ 8,55

+11,47%

LAME4

R$ 6,42

+2,22%

LREN3

R$ 26,14

+5,19%

MGLU3

R$ 6,65

+5,38%

MRFG3

R$ 22,35

-1,49%

BEEF3

R$ 9,76

-1,11%

MRVE3

R$ 11,80

+4,98%

MULT3

R$ 19,59

+4,48%

PCAR3

R$ 19,93

-0,25%

PETR3

R$ 34,47

+0,64%

PETR4

R$ 31,72

+0,73%

VBBR3

21,29

+3,75%

PRIO3

R$ 24,20

+0,87%

QUAL3

R$ 16,94

+1,80%

RADL3

R$ 20,45

-0,43%

RAIL3

R$ 17,48

+4,48%

SBSP3

R$ 36,00

+0,86%

SANB11

R$ 31,17

-1,11%

CSNA3

R$ 26,35

-0,45%

SULA11

R$ 24,37

+2,52%

SUZB3

R$ 60,31

-2,49%

TAEE11

R$ 37,65

+2,28%

VIVT3

R$ 48,40

-0,59%

TIMS3

R$ 12,87

-0,92%

TOTS3

R$ 26,37

+4,22%

UGPA3

R$ 13,65

+3,17%

USIM5

R$ 16,57

-1,07%

VALE3

R$ 86,71

-1,70%

VIIA3

R$ 4,21

+5,25%

WEGE3

R$ 30,74

+0,78%

YDUQ3

R$ 20,00

+3,25%

Units: o que são, por que existem e como são compostas essas ações especiais da bolsa?

lucas-nogueira

12 DEZ

3 MIN

Units: o que são, por que existem e como são compostas essas ações especiais da bolsa?

No mercado de ações brasileiro, existem diversas classes de ações, sendo as mais comuns:

As ordinárias usam o código 3 no final, já as ações preferenciais, em geral, apresentam o código 4. Existem ações preferenciais com outros códigos, mas elas possuem direitos diferentes com detalhes específicos.

No Brasil, também existem “ações” com código 11. Este tipo de ação é conhecido como unit e agrega uma cesta de ações ordinárias e preferencias. É preciso salientar que o código 11 também serve para designar ETFs e Fundos Imobiliários (FIIs).

A tabela abaixo apresenta as units do mercado brasileiro. Note que a composição não é uniforme:

  • A Unit do Santander (SANB11) apresenta uma composição de uma ação ON para cada uma ação PN.
  • A Unit da Energisa (ENGI11), por exemplo, apresenta uma composição de uma ação ON para cada quatro ações PN.

Units do mercado brasileiro

Fonte: https://www.b3.com.br/pt_br/market-data-e-indices/servicos-de-dados/market-data/consultas/mercado-a-vista/units/

Por que as Units existem?

Existem alguns motivos para a existência das units e nem todos seguem o interesse do investidor minoritário. Primeiramente, as units geralmente apresentam maior liquidez que as ações que as compõem.

Isso acontece devido à menor liquidez existente em diversas ações ON de empresas fora do Novo Mercado (o segmento com maior governança da bolsa): o controlador das companhias não negocia suas ações. Dessa forma, o número de negócios das ações ON é menor e menor será a liquidez em bolsa. Essa é uma forma do controlador manter a maior parte das ações ordinárias e não perder o controle da empresa.

Abaixo, temos um exemplo da diferença de liquidez das units em relação às ações ON e PN de uma mesma empresa entre dezembro de 2018 e dezembro de 2019. Foi adotado como exemplo o percentual do volume de negociação diário das ações da Taesa S.A.

É possível notar que a TAEE11 representa mais de 97% do volume negociado da empresa Taesa S.A. As ações TAEE4 e TAEE3 representam menos de 3% das negociações diárias.

Percentual do volume negociado diário

Precificação das Units

Se uma unit é uma cesta formada por algumas ações, o seu preço deveria ser a soma dos preços das ações que compõem a unit, correto?

Bem, se os investidores forem racionais e os mercados apresentarem poucas barreiras para a arbitragem, essa afirmação está correta. Porém, em alguns casos, existe a oportunidade de arbitragem com as units. Isso ocorre quando a soma dos preços das ações difere do preço das units.

Veja mais sobre esse tema no nosso texto sobre aluguel de ações.

Abaixo, temos um exemplo da precificação das ações e units da Taesa S.A. A primeira imagem mostra o preço das units e das ações ON e PN de dezembro de 2018 até dezembro de 2019. Como a unit é formada por três ações, é natural que tenhamos um preço bem diferente entre elas.

Comparação dos preços diários

Na figura abaixo apresentamos uma comparação entre a unit TAEE11 e a soma das três ações que compõem a unit: uma ON e duas PN. No eixo da direita, apresentamos a divisão entre as duas ações (TAEE11 vs. Soma das Ações). Os resultados apontam que não são observadas divergências significativas entre as duas. No geral, os desvios se concentram em até 1% de diferença no preço diário de fechamento. São em desvios como este e maiores, que aparecem oportunidades de arbitragem em operações de long & short proporcionadas pelo aluguel de ações.

 

Comparação entre a unit TAEE11 e a soma das três ações que compõem a unit

 

Conclusão

As units são tipos específicos de ações negociadas no mercado brasileiro com o objetivo de aumentar a liquidez das ações e diminuir a possibilidade de perda de controle acionário pelos acionistas majoritários.

As units são cestas de ações formadas por uma combinação de ações ordinárias e preferenciais e, em momento de ineficiências do mercado, podem oferecer oportunidades de arbitragem ao negociar as units e as ações que compõem a cesta.

Obviamente, fazer tal operação exige um conhecimento mais avançado do funcionamento dos mercados e suas estruturas de precificação, bem como de operações de arbitragem e long & short.

Para potencializar seus rendimentos acesse também nosso APP:

Analista de conteúdo do TC School

Análise Fundamentalista

E-BOOK

Análise Fundamentalista

Neste e-book, abordaremos de forma simplificada os principais pontos que você precisa saber para entender a Análise Fundamentalista nas suas decisões de investimento.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.