Importância do controle mensal para compensar prejuízo em ações

Importância do controle mensal para compensar prejuízo em ações

josiane-haese

18 JAN

3 MIN

Importância do controle mensal para compensar prejuízo em ações

Se você não quer pagar mais imposto do que é obrigado a pagar, este artigo é para você. Muitos investidores ignoram o prejuízo por acharem o valor ínfimo ou ainda porque a Receita Federal não se importa com o mesmo. Mas acontece que o registro correto, tanto para pagar menos tributos quanto para informar ao fisco, evita muita dor de cabeça no futuro.

No artigo de hoje, iremos explicar a importância do investidor estar atento ao registro dos prejuízos no controle mensal para apuração do Imposto de Renda (IR).

Mesmo isento, preciso me preocupar com esse valor? Posso acumular prejuízos para abater futuramente?  São algumas das perguntas que serão respondidas ao longo do texto.

A ideia é que você conheça mais sobre as regras tributárias e não corra o risco de ser questionado pelo fisco. Elencamos o tema nos seguintes tópicos:

  • Separe suas operações
  • Posso acumular prejuízos novos com antigos?
  • Atenção: se você usou o prejuízo, ele automaticamente não existe mais

Boa leitura!

Um controle para day trade e outro para operações normais

Já sabemos que operar com day trade e operar de forma comum faz bastante diferença para fins fiscais, isto porque há incidência diferente de IR para cada operação. Além disso, o imposto “dedo-duro recolhe automaticamente 1% de Imposto de Renda (IR) em day trade e em operações de maior prazo com lucro acima de R$ 20 mil, acontece o recolhimento de 0,005%.

Desta forma, no final do mês, você deve apurar o seu resultado em cada uma dessas operações, encontrando seu resultado acumulado para cada um destes tipos de operação.

Por isso, o prejuízo só pode ser registrado e computado nas operações do mesmo tipo. Ou seja: lucro de day trades com prejuízo day trade, e lucro de operações normais com prejuízos de operações normais.

Posso acumular prejuízos novos com antigos?

Pode. É justamente por isso que é importante o registro contínuo dos seus prejuízos.

Você deve sempre saber quanto é o saldo do seu prejuízo, acumulado ao longo de todos os meses que você teve um resultado negativo. Mas não se esqueça de respeitar a divisão por tipo de operação.

Assim que você obtiver algum lucro tributável, poderá realizar sua compensação e diminuir ou até zerar a base de cálculo para a DARF. Ou seja, o IR só incidirá sobre o valor do lucro que ultrapasse seu prejuízo acumulado ou ainda, se o seu prejuízo acumulado for maior que o lucro tributável, não precisará pagar imposto no mês de apuração.

Vamos para um exemplo:

  • Prejuízo acumulado em day trade: ($4.000)
  • Lucro em day trade neste mês: $7.400
  • Lucro tributável: ($7.400 – $4.000 ) = $3.400

Desta forma, em vez de pagar o IR sobre os R$7.400 você só pagará sobre R$3.400, pelo fato de ter abatido R$4.000 em prejuízo acumulado.

Atenção: se você usou o prejuízo, ele automaticamente não existe mais 

Assim que você subtrair o valor do prejuízo, retire-o imediatamente do seu saldo de prejuízo acumulado, sempre respeitando os dois tipos de operação. Lembrando que, este valor acumulado não tem vencimento ou limite, conforme a Instrução Normativa RFB Nº 1585.

Inclusive, é possível utilizar o prejuízo em qualquer mês ou até anos seguintes. O que importa é manter o registro desse prejuízo até o momento de haver uma apuração de lucro e usá-lo na compensação.

Importante lembrar! Se você não declarar o prejuízo no final do exercício, também não poderá utilizá-lo no ano seguinte para descontar operações com lucro. Pois sem a declaração desse valor, a Receita não vai reconhecer o abatimento e você corre o risco de cair na malha fina.

Baixe nosso app grátis! No TC você acompanha as principais notícias e cotações do mercado em tempo real, além de ter acesso a canais exclusivos para interagir com os melhores profissionais.

Aprenda com quem realmente entende de investimentos. Tire dúvidas, troque ideias, experiências e construa uma grande rede de networking com investidores de todo Brasil.

Além disso, também estamos no Instagram, YouTube e no TikTok. Acompanhe!

Doutoranda em Finanças pela UFES e Mestre em Contabilidade pela Fucape

Análise Fundamentalista

E-BOOK

Análise Fundamentalista

Neste e-book, abordaremos de forma simplificada os principais pontos que você precisa saber para entender a Análise Fundamentalista nas suas decisões de investimento.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.