IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-1,79%

DJIA

34.213,89 pts

-1,36%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,20%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

+0,85%

IO62

¥ 752,50

+0,13%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

-0,19%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

-0,23%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

-0,05%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-1,79%

DJIA

34.213,89 pts

-1,36%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,20%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

+0,85%

IO62

¥ 752,50

+0,13%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

-0,19%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

-0,23%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

-0,05%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

A importância da responsabilidade social nas empresas

tcschool

27 JAN

4 MIN

A importância da responsabilidade social nas empresas

Debater o tema da responsabilidade social corporativa é necessário e cada vez mais relevante para construirmos um mundo melhor, inclusivo e sustentável. Desta forma, nesse texto trataremos sobre a importância da responsabilidade social empresarial, abordando o conceito e as suas relações com o mercado financeiro. Para facilitar a compreensão do texto, elencamos o artigo nos seguintes tópicos:

  • A responsabilidade social das empresas
  • Governança corporativa e responsabilidade social
  • As ações de responsabilidade social e o valor de mercado da empresa
  • Responsabilidade social da empresa e os indicadores financeiros
  • Reflexões: a importância dessa informação para o investidor

Boa leitura!

Responsabilidade Social Empresarial

O conceito de Responsabilidade Social Empresarial (RSE) tem diversas definições na literatura, assim, utilizaremos a definição do Global Reporting Iniciative que conceituou o RSE como a capacidade de uma empresa em tratar assuntos que envolvam temas econômicos, ambientais e sociais no decorrer das suas operações.

Assim, devemos entender que empresas que adotam a RSE, possuam um maior grau de ESG – sigla em inglês para “Ambiente, Social e Governança”, e isso poderá potencializar diversos aspectos na companhia, seja o próprio valor de mercado ou um melhor contato com as comunidades em que está inserida.

Como outros aspectos que envolvem ESG, temas que envolvam a responsabilidade social corporativa são bastante discutidos na academia, portanto, apresentaremos abaixo algumas relações que a RSE possui com temas que envolvem o mercado financeiro.

Governança Corporativa e Responsabilidade Social

Existem muitas relações envolta ao tema da responsabilidade social e governança corporativa. A primeira relação que apresentaremos é a relação da RSE com a governança corporativa das empresas.

O estudo de Forte (2020), por meio de uma amostra de 81 empresas listadas na B3, com dados de 2010 a 2018, identificou que a governança corporativa influencia de forma positiva a responsabilidade social nas empresas. Deste modo, a pesquisa evidencia que empresas que possuam boa governança, via de regra, possuem melhores práticas de RSE. Também podemos entender que o aumento da divulgação de informações e práticas de ações sociais, ambientais e culturais, mostram que a companhia possui uma visão estratégica quanto a sua governança corporativa.

Devemos lembrar que organizações que possuem melhores práticas ESG, no longo prazo, desempenham melhor que empresas que não possuem boas práticas. Logo, o investidor com foco no longo prazo, poderá filtrar as empresas com maior identidade ESG para incluí-las em seu portfólio.

Responsabilidade Social e Valor de Mercado

A segunda relação que observamos é a ligação do RSE com o valor de mercado das empresas.

O estudo de Martins, Bessan e TakaMatsu (2015), com base nas empresas que foram inseridas e excluídas do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) entre o período 2010 a 2013, identificou a presença de retornos anormais positivos para as empresas que passaram a fazer parte do ISE e um retorno anormal negativo para as empresas que foram excluídas do ISE.

Podemos lembrar de casos recentes de empresas que saíram do índice ISE e tiveram queda na cotação das ações, como o caso da Vale (VALE3), que durante o acidente de Brumadinho, foi excluída do índice. Além dos casos de empresas como a Gol (GOLL4) e a Qualicorp (QUAL3), que passaram por problemas e também foram excluídas do índice. Por outro lado, também observamos empresas com boas práticas ESG que fazem parte do índice, como a M Dias Branco (MDIA3) e a Fleury (FLRY3).

Responsabilidade Social e Indicadores Financeiros

A terceira relação apresentada no texto é a da responsabilidade social com indicadores financeiros.

O estudo de Crisóstomo e Oliveira (2016), com base em empresas listadas na B3, no período de 2006 a 2011, identificou que organizações que possuem um bom grau de RSE, tendem a manter essa condição. Além disso, as empresas que são as melhores em níveis de RSE, possuem maiores oportunidades de crescimento.

Já o estudo de Silva et al. (2015) identificou que, se por um lado, algumas empresas que compõe o ISE possuem rentabilidade semelhante ou inferior as empresas que não compõe o índice, por outro lado, estas tendem a apresentar menor volatilidade e menor risco de investimentos quando comparadas às empresas que não são do ISE.

Reflexões: a importância dessa informação para o investidor

Por fim, consideramos que a responsabilidade social é mais um dos fatores ligados à análise ESG e que pode ser adicionado durante o processo de tomada de decisão de investimento. Logo, avaliar empresas com maior divulgação de ações sociais, ambientais e culturais, torna-se um dos filtros qualitativos que o investidor poderá elaborar em suas estratégias de investimento na Bolsa de Valores.

Referências

CRISÓSTOMO, Vicente Lima; OLIVEIRA, Maria Rafaela. Uma análise dos determinantes da responsabilidade social das empresas brasileiras. Brazilian business review, v. 13, n. 4, p. 75, 2016.

FORTE, Hyane Correia. Responsabilidade social corporativa, governança corporativa e estrutura de propriedade: uma análise da empresa brasileira. 2020.

MARTINS, Diego Lopes de Oliveira; BRESSAN, Valéria Gama Fully; TAKAMATSU, Renata Turola. Responsabilidade social e retornos das ações: uma análise de empresas listadas na BM&FBovespa. Revista Catarinense da Ciência Contábil, v. 14, n. 42, p. 85-98, 2015.

SILVA, Elias Hans Dener Ribeiro da et al. Análise comparativa de rentabilidade: um estudo sobre o Índice de Sustentabilidade Empresarial. Gestão & Produção, v. 22, n. 4, p. 743-754, 2015.

Ígor Leite
Ígor Leite
Contador e Mestre em Ciências Contábeis pelo PPGCC/UFPB
Contribui com textos educativos para o TC School

A sua escola como investidor

Análise Fundamentalista

E-BOOK

Análise Fundamentalista

Neste e-book, abordaremos de forma simplificada os principais pontos que você precisa saber para entender a Análise Fundamentalista nas suas decisões de investimento.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.