IBOV

106.927,79 pts

+1,32%

SP500

4.657,51 pts

-0,11%

DJIA

35.878,64 pts

-0,09%

NASDAQ

15.569,76 pts

-0,27%

IFIX

2.782,90 pts

+0,66%

BRENT

US$ 86,38

+0,37%

IO62

¥ 710,00

-2,47%

TRAD3

R$ 4,60

+3,37%

ABEV3

R$ 15,10

+0,73%

AMER3

R$ 30,31

+2,43%

ASAI3

R$ 12,13

+0,91%

AZUL4

R$ 26,33

+1,07%

B3SA3

R$ 12,22

+5,43%

BIDI11

R$ 23,85

+7,91%

BBSE3

R$ 19,45

+1,40%

BRML3

R$ 8,40

+7,00%

BBDC3

R$ 17,44

+1,51%

BBDC4

R$ 20,87

+1,60%

BRAP4

R$ 27,52

+0,51%

BBAS3

R$ 30,41

+2,56%

BRKM5

R$ 52,16

+0,21%

BRFS3

R$ 24,30

+1,20%

BPAC11

R$ 19,83

+2,95%

CRFB3

R$ 14,40

+1,40%

CCRO3

R$ 11,39

-0,08%

CMIG4

R$ 12,73

+0,23%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,01

-0,49%

COGN3

R$ 2,16

+3,84%

CPLE6

R$ 6,34

+1,76%

CSAN3

R$ 21,22

+0,80%

CPFE3

R$ 25,95

+0,38%

CVCB3

R$ 11,71

-2,00%

CYRE3

R$ 14,14

-0,35%

ECOR3

R$ 7,18

-0,27%

ELET3

R$ 31,61

+0,60%

ELET6

R$ 31,09

+0,09%

EMBR3

R$ 22,01

-0,58%

ENBR3

R$ 20,80

+1,56%

ENGI11

R$ 40,97

+0,44%

ENEV3

R$ 12,64

+3,86%

EGIE3

R$ 38,39

+0,26%

EQTL3

R$ 22,62

+0,13%

EZTC3

R$ 18,61

+1,63%

FLRY3

R$ 17,93

+2,45%

GGBR4

R$ 28,28

+0,03%

GOAU4

R$ 11,73

-0,08%

GOLL4

R$ 16,93

+1,07%

NTCO3

R$ 21,80

-0,09%

HAPV3

R$ 10,31

+1,37%

HYPE3

R$ 28,00

+3,35%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 60,47

+1,59%

IRBR3

R$ 3,54

+0,28%

ITSA4

R$ 9,67

+1,15%

ITUB4

R$ 23,50

-0,76%

JBSS3

R$ 37,39

+0,89%

JHSF3

R$ 4,85

+2,32%

KLBN11

R$ 25,32

-0,66%

RENT3

R$ 51,27

+3,68%

LCAM3

R$ 22,88

+3,43%

LWSA3

R$ 8,39

-4,11%

LAME4

R$ 5,68

+1,97%

LREN3

R$ 23,97

-3,19%

MGLU3

R$ 6,33

+3,94%

MRFG3

R$ 23,51

+3,38%

BEEF3

R$ 10,27

+1,68%

MRVE3

R$ 11,09

+1,37%

MULT3

R$ 18,49

+2,04%

PCAR3

R$ 19,91

+1,47%

PETR3

R$ 34,56

+2,09%

PETR4

R$ 31,45

+3,72%

VBBR3

19,83

-1,49%

PRIO3

R$ 22,90

+3,99%

QUAL3

R$ 15,93

+2,64%

RADL3

R$ 21,04

+0,19%

RAIL3

R$ 16,31

+0,30%

SBSP3

R$ 35,11

-0,39%

SANB11

R$ 31,86

+1,14%

CSNA3

R$ 25,72

-1,75%

SULA11

R$ 23,03

-1,03%

SUZB3

R$ 62,77

+0,38%

TAEE11

R$ 36,06

+0,05%

VIVT3

R$ 46,88

-0,34%

TIMS3

R$ 12,63

-0,62%

TOTS3

R$ 25,20

-0,07%

UGPA3

R$ 13,16

-1,64%

USIM5

R$ 16,45

+0,48%

VALE3

R$ 84,69

+0,58%

VIIA3

R$ 3,97

-0,50%

WEGE3

R$ 30,70

+6,04%

YDUQ3

R$ 18,90

+1,66%

IBOV

106.927,79 pts

+1,32%

SP500

4.657,51 pts

-0,11%

DJIA

35.878,64 pts

-0,09%

NASDAQ

15.569,76 pts

-0,27%

IFIX

2.782,90 pts

+0,66%

BRENT

US$ 86,38

+0,37%

IO62

¥ 710,00

-2,47%

TRAD3

R$ 4,60

+3,37%

ABEV3

R$ 15,10

+0,73%

AMER3

R$ 30,31

+2,43%

ASAI3

R$ 12,13

+0,91%

AZUL4

R$ 26,33

+1,07%

B3SA3

R$ 12,22

+5,43%

BIDI11

R$ 23,85

+7,91%

BBSE3

R$ 19,45

+1,40%

BRML3

R$ 8,40

+7,00%

BBDC3

R$ 17,44

+1,51%

BBDC4

R$ 20,87

+1,60%

BRAP4

R$ 27,52

+0,51%

BBAS3

R$ 30,41

+2,56%

BRKM5

R$ 52,16

+0,21%

BRFS3

R$ 24,30

+1,20%

BPAC11

R$ 19,83

+2,95%

CRFB3

R$ 14,40

+1,40%

CCRO3

R$ 11,39

-0,08%

CMIG4

R$ 12,73

+0,23%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,01

-0,49%

COGN3

R$ 2,16

+3,84%

CPLE6

R$ 6,34

+1,76%

CSAN3

R$ 21,22

+0,80%

CPFE3

R$ 25,95

+0,38%

CVCB3

R$ 11,71

-2,00%

CYRE3

R$ 14,14

-0,35%

ECOR3

R$ 7,18

-0,27%

ELET3

R$ 31,61

+0,60%

ELET6

R$ 31,09

+0,09%

EMBR3

R$ 22,01

-0,58%

ENBR3

R$ 20,80

+1,56%

ENGI11

R$ 40,97

+0,44%

ENEV3

R$ 12,64

+3,86%

EGIE3

R$ 38,39

+0,26%

EQTL3

R$ 22,62

+0,13%

EZTC3

R$ 18,61

+1,63%

FLRY3

R$ 17,93

+2,45%

GGBR4

R$ 28,28

+0,03%

GOAU4

R$ 11,73

-0,08%

GOLL4

R$ 16,93

+1,07%

NTCO3

R$ 21,80

-0,09%

HAPV3

R$ 10,31

+1,37%

HYPE3

R$ 28,00

+3,35%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 60,47

+1,59%

IRBR3

R$ 3,54

+0,28%

ITSA4

R$ 9,67

+1,15%

ITUB4

R$ 23,50

-0,76%

JBSS3

R$ 37,39

+0,89%

JHSF3

R$ 4,85

+2,32%

KLBN11

R$ 25,32

-0,66%

RENT3

R$ 51,27

+3,68%

LCAM3

R$ 22,88

+3,43%

LWSA3

R$ 8,39

-4,11%

LAME4

R$ 5,68

+1,97%

LREN3

R$ 23,97

-3,19%

MGLU3

R$ 6,33

+3,94%

MRFG3

R$ 23,51

+3,38%

BEEF3

R$ 10,27

+1,68%

MRVE3

R$ 11,09

+1,37%

MULT3

R$ 18,49

+2,04%

PCAR3

R$ 19,91

+1,47%

PETR3

R$ 34,56

+2,09%

PETR4

R$ 31,45

+3,72%

VBBR3

19,83

-1,49%

PRIO3

R$ 22,90

+3,99%

QUAL3

R$ 15,93

+2,64%

RADL3

R$ 21,04

+0,19%

RAIL3

R$ 16,31

+0,30%

SBSP3

R$ 35,11

-0,39%

SANB11

R$ 31,86

+1,14%

CSNA3

R$ 25,72

-1,75%

SULA11

R$ 23,03

-1,03%

SUZB3

R$ 62,77

+0,38%

TAEE11

R$ 36,06

+0,05%

VIVT3

R$ 46,88

-0,34%

TIMS3

R$ 12,63

-0,62%

TOTS3

R$ 25,20

-0,07%

UGPA3

R$ 13,16

-1,64%

USIM5

R$ 16,45

+0,48%

VALE3

R$ 84,69

+0,58%

VIIA3

R$ 3,97

-0,50%

WEGE3

R$ 30,70

+6,04%

YDUQ3

R$ 18,90

+1,66%

Análise técnica: aprenda a utilizar as projeções de Fibonacci

tcschool

12 AGO

3 MIN

Análise técnica: aprenda a utilizar as projeções de Fibonacci

Neste texto, você aprenderá, com vários exemplos práticos, sobre as principais características do Fibonacci de mercado utilizado na análise técnica. Para facilitar o entendimento, o texto está dividido nos seguintes tópicos:

  • Retrações e expansões: conceitos básicos
  • Exemplos práticos: aplicando a teoria
  • Conclusão: reflexões sobre o Fibonacci na análise técnica

Boa leitura!

Leia mais sobre análise técnica:

Retrações e expansões: conceitos básicos

O que são?

Fibonacci são níveis de retrações e extensões obtidos pela aplicação das Razões de Fibonacci a movimentos direcionais. As retrações são porcentagens entre a extremidade inicial e a extremidade final de um movimento de preço definido, enquanto as extensões são porcentagens acima ou abaixo das extremidades deste mesmo tipo de movimento.

Nesse contexto, é comum que as retrações tenham grandezas percentuais menores do que 100%. Enquanto isso, as extensões são maiores do que 100%, já que representam uma extensão da medida total de determinado movimento direcional.

Qual a função?

A teoria defende que os movimentos de preço de quaisquer mercados obedecem a uma estreita relação com as Razões de Fibonacci. Existem ondas de alta e de baixa correspondentes a estas razões, o que torna o uso das retrações e extensões um poderoso aliado na identificação antecipada de níveis de suporte, resistência e alvos no gráfico.

As retrações de Fibonacci são utilizadas para apontar prováveis níveis de suporte ou resistência à ação imediata do preço, quando esta se dá de modo contrário a uma movimentação principal, ou seja, contrária a uma tendência vigente. Portanto, as retrações fornecem pontos de provável retomada da direção dos preços em favor de uma tendência vigente. Diz-se então que retrações marcam o fim de uma correção ou recuo contra uma tendência estabelecida.

As extensões de Fibonacci servem para inferir objetivos de preço dentro de uma tendência estabelecida, pois indicam níveis de preço acima e abaixo (dependendo da direção da tendência) das extremidades dos movimentos direcionais prévios, os quais se espera que os preços superem ao retomar a direção da tendência principal.

Principais retrações e extensões:

As principais retrações e extensões de Fibonacci utilizadas na análise técnica são dadas por PHI (Fí) (1,618), também conhecida como Golden Ratio e suas derivadas: retrações: 23,6% (0,6183), 38,2% (0,6182), 61,8% (1 / 1,618), 78,6% (√0,618).

Além desses, a razão de medida de 50% (Teoria de Dow, não é Fibonacci). Extensões: 127,20% (√1,618), a 161,8% (Golden Ratio), a 261,8% (1 / 0,382). Ademais, a razão de medida de 200% (1 / 0,50) (não é Fibonacci).

Exemplos práticos: aplicando a teoria

Fonte: Tryd

Nesse exemplo, foi utilizada a projeção de Fibonacci usando a onda 1 e a onda 2 do movimento para projetar. Repare como a projeção encontrou o alvo da onda 3 e como a medida de 50% do movimento foi respeitada. Por fim, para aqueles que não entenderam a exposição sobre as ondas, publicamos um texto sobre ondas de Elliot.

Fonte: Tryd

No exemplo com a VIIA3, foi utilizado o mesmo raciocínio do exemplo anterior. Repare que nesse exemplo o nível responsável pelo papel foi o dos 75%. Nesse sentido, fica clara a existência de particularidades de papel e cenário, sendo importante fazer backtests antes de implementar o setup.

Fonte: Tryd

Nesse último exemplo, utilizamos apenas as linhas de Fibonacci para saber onde estão os pontos importantes segundo as estimativas.

Conclusão: reflexões sobre o Fibonacci na análise técnica

Repare que existem várias formas de utilizar o Fibonacci para fazer a análise. Nesse sentido, como na maioria das estratégias da análise técnica, ela vem atrelada a algum nível de subjetividade que será mais razoável de lidar à medida que se desenvolva mais experiência.

Natanael Liberalino
Natanael Liberalino
Certificado de Especialista em Investimentos – CEA/ANBIMA
Estudante de Economia

A sua escola como investidor

Análise Fundamentalista

E-BOOK

Análise Fundamentalista

Neste e-book, abordaremos de forma simplificada os principais pontos que você precisa saber para entender a Análise Fundamentalista nas suas decisões de investimento.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.