Mover

Sanita: Lojas Marisa vem rompendo canal de baixa de meses

Postado por: TC Mover em 16/04/2021 às 14:56
Lojas Marisa

Essa semana falo sobre uma small cap que sofreu muito nos últimos meses: Lojas Marisa (AMAR3).


Um pouco mais sobre o histórico da empresa

Fonte: Lojas Marisa

A Marisa S.A é a maior rede de moda feminina e lingerie do Brasil. A companhia desenvolve e comercializa sob sua marca corporativa “Marisa” uma ampla variedade de produtos de qualidade a preços atrativos.

Com mais de 65 anos de experiência, conhecendo e acompanhando as necessidades do público-alvo da companhia, a Marisa construiu uma relação de cumplicidade e intimidade com a mulher brasileira. A marca “Marisa”, associada ao reconhecido slogan “De Mulher para Mulher”, possui forte reputação com o público feminino e uma identificação com os desejos e necessidades de seu público-alvo, que a empresa acredita ser única no mercado brasileiro.

A Marisa é nacionalmente conhecida como uma marca feminina e moderna. Nesse sentido, a categoria de lingerie da companhia tornou-se top of mind de todas as mulheres brasileiras, atingindo, assim, não apenas o público da Classe C, especialmente pela qualidade dos produtos a preços acessíveis. Com isso, a companhia passou a utilizar um novo formato de loja, a Marisa Lingerie.

Em 1999, a Marisa foi pioneira do setor no e-commerce, com a criação da Marisa Virtual. É através deste canal que a Marisa se faz presente ao público de cidades brasileiras em que não possui lojas físicas, facilitando o contato com tais clientes. Além disso, a Marisa Virtual possibilita melhor entendimento das consumidoras da companhia, uma vez que fornece uma maior base de dados do público-alvo.

Ainda no final do ano de 1999, a Marisa criou o Cartão Marisa, um cartão private label com a finalidade de oferecer crédito facilitado às suas clientes.

Após o sucesso do Cartão Marisa, em 2008, foi fechado um acordo comercial com o Banco Itaú, no qual foi estabelecido o lançamento do cartão de crédito ItauCard Marisa, que funciona através do modelo Co-Branded, pelo qual a cliente pode utilizar-se de créditos em outros estabelecimentos.

Os Cartões Marisa (Private Label e Co-Branded) são ferramentas importantes na estratégia de fidelização das clientes da companhia, bem como para o aumento da receita de vendas, visando disponibilizar linhas de crédito e seguros de maneira rápida e simplificada.

A companhia acredita que a forte reputação de sua marca com suas consumidoras, sua presença nacional através de lojas físicas e virtual, e sua oferta de crédito facilitado por meio do Cartão Marisa são características únicas, que lhe colocam em posição privilegiada perante o mercado de varejo de moda, em especial com as consumidoras da Classe C, que é o público-alvo da Companhia.


O que chamou a atenção na ação da Lojas Marisa neste momento?

Bem, começaremos com a queda vertiginosa que a empresa teve no crash de março de 2020.

A empresa se desvalorizou quase 80% em quatro semanas:


Lojas Marisa


Logo em seguida, emplacou uma recuperação da mais de 200%, suficiente para recuperar apenas metade das perdas que tinha estabelecido no crash:


Lojas Marisa


De lá para cá, vem num canal numa tendência clara de baixa, chegando a cair mais de 50% de junho de 2020 a março de 2021:


Lojas Marisa


O que me chama atenção agora?

O ativo está deixando uma forte alta nesta semana, com volume, e vai rompendo um canal de baixa de meses:


Lojas Marisa


Vejo uma assimetria bem interessante, com uma boa probabilidade bem relevante de uma rápida recuperação até a MM200, Média Móvel de 200 períodos, que hoje se encontra na região do R$7,25, que coincide com a retração de 50% da pernada de baixa ocorrida nos últimos meses.

Logo acima, poderia buscar a retração de 61,8% que se encontra nos R$7,85.

E no cenário mais otimista, uma recuperação até o topo de junho de 2020, na região dos R$9,72.


Lojas Marisa


Tomando como base os preços atuais, R$6,14, e considerando um abaixo da mínima desse semana, R$5,27, teríamos:

Cenário 1: Alta até a MM200 daria um potencial ganho de 18% e uma potencial perda de 14%, o que daria um risco de 1 para um retorno de 1,3, apenas razoável.


Lojas Marisa



Cenário 2: Alta até a retração de 61,80% daria um potencial ganho de 28% e uma potencial perda de 14%, o que daria um risco de 1 para um retorno de 2, o que seria bastante interessante.



Cenário 3: Alta até a máxima de junho de 2020 daria um potencial ganho de 58% e uma potencial perda de 14%, o que daria um risco de 1 para um retorno de 4, o que seria muito atrativo.



Os indicadores também estão corroborando com esse racional de recuperação.

Histograma do MACD já apontando compra:



O estocástico mostrando forte recuperação e com bastante espaço até a região de topos anteriores:



OBV deixando fundo duplo e mostrando movimento em direção à LTB:



O IRF14 rompendo LTB e mostrando movimento direcional de alta, com bastante espaço até apontar alguma sobre-compra:



Considerando o risco x retorno e a forte tendência de recuperação do setor de varejo que vimos nos últimos dias (índice ICON, pares da AMAR3, como: LAME4, BTOW3, HGTX3, LREN3, ARRZ3, etc) vejo com muito bons olhos a assimetria apresentada.

Mais uma vez deixo aqui o importante alerta que além da análise da movimentação dos preços via AT, deve-se considerar o cenário macro e micro atual, perspectivas de curto prazo para o setor e decisões políticas que afetam diretamente a economia, e no Brasil costumam fazer bastante preço, para avaliar se faz sentido investir nessa empresa.

Arte: Vinícius Martins / TC Mover

DISCLAIMER: As informações disponibilizadas na coluna são meramente opiniões do COLUNISTA na data em que foram expressas e não declarações de fatos ou recomendações para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários, ou ainda, qualquer recomendação de investimento.


Leia também

BTG Pactual eleva Braskem para compra após soluções em Alagoas e México

Com “onda tech”, Bovespa inclui Banco Inter e mantém Locaweb em prévia do Ibovespa

Especial: Decisão do STF sobre Lula esquenta clima para corrida eleitoral

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais