Suzano (SUZB3) deixa fundo e virada se aproxima - TC
TC Mover
Mover

Sanita: Suzano (SUZB3) deixa fundo e virada se aproxima

Postado por: TC Mover em 27/08/2021 às 14:30

Esta semana falo sobre a Suzano (SUZB3). Com mais de 90 anos de atuação marcados pela inovação e pelo pioneirismo, a Suzano é uma empresa 100% brasileira e referência global no desenvolvimento de produtos fabricados a partir do plantio do eucalipto. Além disso, ela está entre as maiores produtoras verticalmente integradas de papel e celulose de eucalipto da América Latina. O portfólio de produtos contempla papel “Imprimir e Escrever” revestido e não-revestido, papel cartão, papel tissue, celulose de mercado e celulose fluff.

Suzano (SUZB3) apresenta queda expressiva, apesar de alta com crash do coronavírus

A empresa teve um forte rali de alta desde o crash do coronavírus em março de 2020 até março de 2021, como a grande maioria das empresas de commodities.

No caso da Suzano (SUZB3), a alta foi de 251%.Suzano

Contudo, com a baixa do preço da celulose e depois de todo esse rali, a empresa apresentou uma queda expressiva de 32% entre março de 2021 até o início de agosto de 2021.

Recuperação no preço da celulose cria momento de boa assimetria para a Suzano (SUZB3)

Neste momento em que os analistas estão projetando uma recuperação no preço da celulose e graficamente estamos montando um padrão de reversão que conhecemos como fundo duplo, estamos em um momento de boa assimetria para avaliar a entrada na Suzano (SUZB3).Suzano

Este padrão de reversão projeta alvo 1 em R$69,63 e alvo 2 em R$74,51. Em relação ao preço atual da Suzano (SUZB3), R$61,41, teríamos, respectivamente, um potencial de ganho de 13,38% e 21,33%.

Usando como parâmetro de stop os R$56,00, um pouco abaixo da mínima desta semana que foi R$56,04, teríamos uma relação de risco x retorno de 1,52 para o alvo 1 e de 2,42 para o alvo 2.

Forte OBV da Suzano (SUZB3) aponta boa divergência altista

Com relação aos indicadores, temos alguma sinalização de força que aumenta a probabilidade deste início de tendência de alta? Sim! Temos o On Balance Volume, OBV, muito forte, apontando bela divergência altista.Suzano

Temos também o IFR14 forte e apontando divergência altista.

Estocástico virando para compra e com muito espaço para andar.Suzano

Robustez da Suzano (SUZB3) cria espaço para recuperação

A Suzano (SUZB3) é uma empresa robusta e com espaço para recuperação.

Acredito que devemos ter alta probabilidade de outperformar o Ibovespa com este sinal altista, que apesar da reação dos últimos dias, ainda não conseguiu estabelecer uma virada na tendência baixista.

Como sempre deixo o alerta: além da análise da movimentação dos preços via AT, devemos considerar o cenário macro/micro atual, perspectivas de curto prazo para o setor e decisões políticas que afetam diretamente a economia – e no Brasil costumam fazer bastante preço – para avaliarmos se faz sentido investir nessa empresa.

Conheça mais sobre a Suzano (SUZB3)

Fonte: site da Suzano

A estrutura da Suzano inclui escritórios administrativos em Salvador, Bahia, e na cidade de São Paulo. A empresa também tem três fábricas integradas de celulose e papel: duas localizadas no estado de São Paulo, unidade Suzano e unidade Limeira, e uma no estado da Bahia, unidade Mucuri. Conta ainda com uma fábrica de papel não-integrada no estado de São Paulo, unidade Rio Verde, uma de produção de celulose no estado do Maranhão, unidade Imperatriz, e a FuturaGene

A Suzano é uma das maiores empresas com estrutura para distribuição de papéis e produtos gráficos da América do Sul. No exterior, a empresa mantém escritórios de representação na China e Inglaterra e controladas nos EUA, Suíça, Argentina e Áustria. A companhia é uma das maiores empresas com estrutura para distribuição de papéis e produtos gráficos da América do Sul.

Em 2015, a Suzano anunciou o investimento para adaptar uma das máquinas de Imprimir e Escrever na fábrica de Suzano, no intuito de produzir celulose fluff, sendo pioneira na utilização de fibra curta para produção deste tipo de celulose. O início da operação ocorreu em dezembro de 2015, com flexibilidade na produção de até 100 mil toneladas de celulose fluff ou papel para Imprimir e Escrever.

Em 2017, a Suzano iniciou a produção e venda do papel tissue produzido nas unidades Mucuri, Bahia, e Imperatriz, Maranhão. A companhia também anunciou a aquisição da empresa Facepa – Fábrica de Papel da Amazônia S.A. e lançou a primeira marca de papeis higiênicos de seu portfólio, a Max Pure®. A partir de 2018, a empresa deu início à comercialização de produtos acabados nos principais mercados das regiões Norte e Nordeste do Brasil. Com o incremento do portfólio de produtos, a empresa cria valor de forma sustentável, maximiza sua base de ativos e se aproxima cada vez mais do consumidor final.

Arte: Vinicius Martins / Mover


DISCLAIMER: As informações disponibilizadas na coluna são meramente opiniões do COLUNISTA na data em que foram expressas e não declarações de fatos ou recomendações para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários, ou ainda, qualquer recomendação de investimento.


Leia também

Diretores do Fed apontam cronograma de ‘tapering’; no Brasil, inflação ao produtor: Espresso

Entrevista exclusiva: Positivo vive a melhor fase da sua história, diz presidente

Robert Kaplan vê anúncio do ‘tapering’ do Federal Reserve em setembro

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais