Bancos centrais avançam na criação de moedas digitais - TC
TC Mover
Mover

Bancos centrais avançam na criação de moedas digitais

Postado por: TC Mover em 26/07/2021 às 16:32
Moedas digitais dos bancos centrais

São Paulo, 26 de julho  – Um total de 35 países já lançaram ou estão desenvolvendo suas moedas digitais oficiais e os bancos centrais de outras nações continuam avançando em projetos-piloto, segundo o Atlantic Council.

Atualmente, há CBDCs, sigla em inglês para moedas digitais dos bancos centrais, ativas em cinco países: Bahamas, Ilha de São Cristóvão, Antígua e Barbuda, Santa Lúcia e Granada. Todos estão localizados na América Central, o que indica que a região é expoente no desenvolvimento da tecnologia.

Bancos centrais de 14 países estão na fase piloto de suas moedas digitais

Outros 14 países estão em fase piloto da CBDC, com testes avançados. Os bancos centrais da China, Tailândia, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e Ucrânia prestes a lançar as suas moedas.

O Brasil está na fase de pesquisas sobre o tema. Em maio, o Banco Central emitiu as diretrizes para a criação da moeda, embora não tenha estabelecido um prazo para a sua emissão.

CBDCs permite aumentar controle estatal sobre moedas

As moedas dos bancos centrais têm apenas uma semelhança com o Bitcoin: a tecnologia blockchain. Ambos os ativos possuem diferenças fundamentais de concepção e de aplicação e não vão disputar mercado.

A moeda do Banco Central permite o aumento do controle estatal sobre o sistema financeiro. A grande diferença entre a CBDC e o real “eletrônico” atual é que esse real não é baseado em blockchain. Isso permite que ele se dissemine no sistema financeiro e seja utilizado para uma série de atividades lícitas e ilícitas.

Ao aplicar a blockchain ao dinheiro, os bancos centrais vão ter um controle muito maior sobre o dinheiro que circula no país.

Texto: Nicolas Nogueira
Edição: Gabriela Guedes e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover

Leia também

FGV mostra maior alta da confiança do consumidor em nove meses

Bolsas abrem semana em baixa, de olho em Federal Reserve, balanços e China; Relatório Focus, política no radar: Espresso

Calendário Econômico: Relatório Focus, IPO, consumidor

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais