TC Mover
Mover

Bitcoin renova máxima histórica para US$48,5 mil

Postado por: TC Mover em 11/02/2021 às 19:24
Bitcoin

São Paulo, 11 de fevereiro – O Bitcoin renovou a máxima histórica para US$48.598, após o Banco de Nova Iorque Mellon, conhecido como BNY Mellon, anunciar que oferecerá serviços financeiros de criptomoedas. Esta é a segunda vez na semana que a moeda digital supera os US$48 mil. Perto das 19h10, a criptomoeda era negociada a US$47,1 mil, alta de 5,38%. Já no Brasil, o Bitcoin chegou a ser cotado hoje a R$261.526.


Elon Musk ajuda na disparada de criptomoedas

Desde a semana passada, as criptomoedas voltaram a disparar com as postagens de Elon Musk, presidente da Tesla, em defesa da Dogecoin, moeda digital criada por brincadeira. Na segunda-feira, a Tesla, empresa de carros elétricos de Musk, comprou US$1,5 bilhões de Bitcoin.

Em entrevista exclusiva para a TC Mover, o especialista em criptomoedas Paulo Boghosian disse que influenciadores, como Musk, Chamath Palihapitiya e Dave Portnoy, conduzem esse processo de apoio ao Bitcoin e outras moedas digitais “como se fosse um protesto contra o sistema financeiro tradicional”.


Riscos de investir em criptomoedas

Apesar da atratividade e da crescente demanda, as criptomoedas possuem muita volatilidade, ou seja, as cotações têm grandes flutuações em curtos períodos de tempo, parte do motivo de o Bitcoin ainda não ter decolado como meio de pagamento global.

Além disso, os movimentos erráticos de mercado, a possibilidade de roubo de registros de criptomoedas por hackers e a suspeita de manipulação de mercado também fazem parte do risco do investimento.

Muitas operações envolvendo criptomoedas são realizadas de forma não regulamentada, com riscos operacionais e regulatórios. É possível encontrar casos em que o dinheiro simplesmente some, é roubado por um hacker ou o investidor sofre um golpe financeiro, embora o risco de o Bitcoin ser atacado seja baixo.

Por outro lado, o risco de controle da moeda por meio do governo com medidas regulatórias ao passo que as criptomoedas ganham notoriedade pode afastar investidores.

O que é Bitcoin?

O Bitcoin foi criado em 2009, sendo a primeira criptomoeda. A moeda virtual foi desenvolvida para o envio e recebimento de valores online sem limitações de território ou quantia. Ela pode ser usada também como reserva de valor e é independente do atual mercado financeiro. Para entender mais, leia o artigo sobre Bitcoin da TC School.

Texto: Letícia Matsuura
Edição: Bárbara Leite
Arte: Vinícius Martins/TC Mover


Leia também

Bolsonaro promete auxílio por até quatro meses

Entrevista exclusiva: Mercado absorve auxílio nas regras do jogo, diz Tingas, da Acrefi

Vieira: Projetos pró-auxílio indicam que agenda social veio para ficar

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais