TC Mover
Mover

Bitcoin ultrapassa R$101 mil e bate recorde recente

Postado por: TC Mover em 23/11/2020 às 21:27

São Paulo, 23 de novembro – O rali do Bitcoin continuou hoje e o criptoativo superou R$101 mil, batendo o recorde de R$100 mil de sexta-feira, 20. A variação anual é de 211,85%. No exterior, entretanto, o Bitcoin caiu levemente e está abaixo US$18,5 mil.

A disparada do Bitcoin começou em meados de outubro, passando rapidamente de R$65 mil para R$80 mil e, depois, R$100 mil e acompanhando as cotações no exterior. Lá fora, a criptomoeda também bateu novo recorde, com US$18.809,00 na máxima do dia. No ano, o Bitcoin acumula valorização de 160%.

Depreciação do dólar ajuda o Bitcoin a decolar

A depreciação do dólar no exterior, por conta do forte aumento do déficit público americano com os gastos para conter o coronavírus, e mesmo diante de outras moedas, como o euro, favorecem as criptomoedas. Elas são vistas como uma alternativa para proteção do valor real do dinheiro. Assim, em caso de uma forte alta da inflação nos países desenvolvidos, que desvalorizaria as moedas, as criptomoedas se valorizariam.

A alta do dólar em relação ao real, por sua vez, amplia essa alta global do Bitcoin no Brasil. A principal razão para a alta expressiva do Bitcoin é o aumento dos investimentos em criptomoedas por parte de empresas, afirma Beibei Liu, presidente da NovaDAX, bolsa das moedas digitais.

Riscos de investir em Bitcoin

Apesar da atratividade e de sua crescente demanda, o Bitcoin possui muita volatilidade, parte do motivo de não ter decolado como meio de pagamento global. Além disso, os movimentos erráticos de mercado, a recorrência de hackers, que podem roubar os registros das criptomoedas, e a suspeita manipulação de mercado também fazem parte do risco do investimento.

Muitas operações envolvendo criptomoedas são realizadas de forma não regulamentada, assim, com riscos operacionais e regulatórios. É possível encontrar diversos casos em que o dinheiro simplesmente some, é roubado por um hacker ou o investidor sofre um golpe financeiro.

Bitcoin, o pioneiro das criptomoedas

O Bitcoin foi criado em 2009, sendo a primeira criptomoeda. A moeda virtual foi criada para o envio e recebimento de valores online sem limitações de território ou quantia. Para entender mais, leia o artigo sobre Bitcoin da TC School.

Texto: Letícia Matsuura
Edição: Angelo Pavini
Imagem: Vinícius Martins/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis