EUA devem endurecer regras para corretoras de criptomoedas - TC
TC Mover
Mover

Receita e tesouro dos EUA devem endurecer regras para corretoras de criptomoedas

Postado por: TC Mover em 10/09/2021 às 17:25
EUA quer regras restritas às corretoras de cripto

São Paulo, 10 de setembro – O Tesouro e a Receita dos EUA vão criar regras mais estritas para as corretoras de criptomoedas, segundo o Coindesk, dando sequência à política de vigilância do mercado cripto anunciada pela administração do presidente americano, Joe Biden, em maio.

Criação de regras vem após aprovação de projeto de infraestrutura no Senado dos EUA

As regras serão criadas após o senado americano ter aprovado um megaprojeto de lei de infraestrutura que pretende arrecadar até US$28 bilhões da indústria cripto. Porém, o projeto também prevê que corretoras e outras empresas do setor reportem dados dos usuários às autoridades americanas. Isto está causando preocupação no seguimento.

O Tesouro dos EUA vai incluir as regras no “Guia de Prioridades” anual elaborado pelo governo americano, que inclui projetos que devem receber recursos adicionais para o próximo ano. Com isso, é possível que a receita e o tesouro americano aumentem a capacidade de monitorar transações dos investidores para evitar a sonegação fiscal.

Riscos de investir em criptomoedas

Apesar da atratividade e de sua crescente demanda, as criptomoedas possuem muita volatilidade. Suas cotações têm grandes flutuações em curtos períodos de tempo, parte do motivo de ainda não terem decolado como meio de pagamento global, apesar do avanço. Além disso, os movimentos erráticos de mercado, a possibilidade de roubo de registros de criptoativos por hackers e a suspeita de manipulação de mercado também fazem parte do risco do investimento.

Muitas operações envolvendo criptomoedas são realizadas de forma não regulamentada, com riscos operacionais e regulatórios. É possível encontrar diversos casos em que o dinheiro simplesmente some, é roubado por um hacker ou o investidor sofre um golpe financeiro. Além dos EUA, outros países flertam com regras para as corretoras do mercado cripto. Por outro lado, o risco de controle da moeda por meio do governo com medidas regulatórias ao passo que as criptomoedas ganham notoriedade pode afastar investidores.

Texto: Nicolas Nogueira
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

Crescimento das criptomoedas no Afeganistão preocupa, diz Wall Street Journal

Sanita: WEG (WEGE3) sairá na frente com Ibovespa em tendência de baixa?

Vendas no varejo brasileiro aceleram em julho e atingem patamar recorde

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais