Embraer (EMBR3)

Neste texto, buscaremos compreender a empresa Embraer S.A. (EMBR3) perpassando pelos seguintes pontos:

1. Quem é a Embraer (EMBR3);
2. O que faz Embraer (EMBR3);
3. Modelo de negócio da Embraer (EMBR3);
4. Governança corporativa Embraer (EMBR3); e
5. Sustentabilidade.

Quem é a Embraer (EMBR3)

Fundada em 1969 como uma estatal, a então Empresa Brasileira de Aeronáutica tinha o objetivo de elaborar e faturar aeronaves para a Força Aérea Brasileira. Em evolução, a empresa ampliou seu modelo de negócio e passou a atuar em novos segmentos que não necessariamente estavam ligados com o setor aeroespacial. No momento atual, a empresa é líder mundial na fabricação de jatos comerciais que comportam até 150 assentos.

Empresa Brasileira de Aeronáutica foi o nome atribuído à empresa quando foi fundada pelo estado em 1969. O intuito de sua criação era o fornecimento e desenvolvimento de aeronaves de transporte, defesa e segurança para a FAB. Além disso, desenvolveu em apoio de empresas estrangeiras projetos aeroespaciais de demanda específica. E, com isso, a Embraer foi adquirindo expertise lhe permitindo ir além dos segmentos de naves de defesa.

A primeira aeronave homologada pela Embraer foi no ano de 1973, nomeada de Bandeirante, possuía espaço para 19 passageiros e era destinada a atender as demandas da FAB. Essa época foi marcada também pela expansão do mercado de aeronaves para voos regionais, o que provocou um atraso na homologação da EMB 120 Brasília, sucessora da Bandeirante. E, aproveitando esse mercado de alta, a empresa decide por lançar uma linha voltada para aeronaves comerciais, as ERJ 145, homologadas no ano de 1996.

É importante pontuar que, dentro do intervalo aquecido de um dos segmentos do setor de aviação e aumento de expertise da Embraer, ela foi privatizada em 1994.

De fato, a família ERJ foi o marco para o posicionamento da empresa frente às expansões e atualizações do setor em que atua, se aproveitando do braço operacional de estudos em engenharia, para sempre atualizar seus produtos. O que, levou a empresa em 2010 a alterar sua razão social de Embraer – Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A., para Embraer S.A.

O que faz a Embraer (EMBR3)

A Embraer produz aeronaves e equipamentos periféricos das aeronaves, além de prestar serviços e suporte no pós vendas. A companhia divide a origem das suas receitas em quatro segmentos: Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Serviços & Suporte.

Modelo de negócio da Embraer (EMBR3)

Sua atuação é rentabilizada a partir da venda de aeronaves para o próprio estado (FAB) ou para empresas privadas de transporte aéreo Brasil afora. Além disso, com o adendo da mudança de razão social, a mesma passou a fabricar e comercializar equipamentos periféricos das aeronaves tanto para atender o pós- vendas e manutenções, como para atender players do segmento de suas aeronaves (executivos, comerciais e defesa).

Atualmente aproximadamente 170 companhias aéreas de mais de 80 países utilizam as aeronaves comerciais produzidas pela Embraer. E, devido a essa participação no mercado mundial a empresa instituiu controladas fora do país (USA, França, Espanha, Holanda, China, Portugal e Ilhas Cayman) com o intuito de aumentar a eficiência operacional. Recentemente, em 2019, houve também a firmação de uma parceria com a Boeing para formar uma joint-venture que explore novos mercados de aviação.

Entretanto, a parceira não deu certo e os acionistas da Embraer ainda lutam pelos seus direitos, já que o acordo foi rompido unilateralmente pela Boeing.

Governança corporativa Embraer (EMBR3)

No quesito governança corporativa, a Companhia pertence ao Novo Mercado, segmento de listagem com os mais altos padrões de Governança Corporativa da B3.

Todas as suas ações são ordinárias e possuem Tag Along de 100%.

É preciso destacar também que o governo possui a golden share no caso da Embraer, uma classe de ações que confere privilégios e poder ao Estado brasileiro diante de alguns cenários.

Sustentabilidade

A Embraer possui uma série de políticas ambientais e sociais, minimizando os impactos causados pelas suas operações ao meio ambiente. As políticas, em detalhe, podem ser conferidas no site de relações com investidores da empresa.

Evolução da Embraer (EMBR3) na Bolsa de Valores

Concorrentes da Embraer (EMBR3)

A Embraer não possui concorrentes listadas na bolsa brasileira. Por atuar em um setor com barreiras de entradas fortes, hoje a Embraer compete apenas com empresas estrangeiras que fabricam aeronaves comerciais e militares.

Setor da indústria aeronáutica

No Brasil, a Embraer é a principal e maior empresa desse setor. Entretanto, em outros países mais desenvolvidos, existem empresas que competem com a Embraer.

Aprenda a identificar números relevantes da empresa no setor e aumente sua capacidade de conseguir boa rentabilidade com essa ação em seu portfólio.

Com o TC Matrix você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, qual o balanço patrimonial e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

Como analisar a Embraer (EMBR3)

Receitas

Como dito acima, a receita da Embraer é obtida através da venda das suas aeronaves e da prestação de serviços de manutenção e reparo.

Custos

Os principais custos da operação da Embraer são os custos de fabricação de aeronaves e os gastos de capital necessários para modernização das operações, já que este é um setor que demanda muitos investimentos.

Ativos

A maior parte dos ativos da Embraer é composta pela conta outros ativos circulantes.

Passivos

A Embraer possui uma estrutura.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub