Energisa Mato Grosso (ENMT11)

A Energisa Mato Grosso (ENMT11) é uma subsidiária da Energisa (ENGI11) que atua exclusivamente no estado do Mato Grosso, na transformação, distribuição de energia elétrica e serviços afins.

Neste texto, buscaremos compreender melhor a Energisa Mato Grosso (ENMT3), elencando os seguintes pontos:

  1. História da Energisa Mato Grosso (ENMT3);
  2. O que faz a Energisa Mato Grosso e Seu Modelo de Negócios (ENMT3);
  3. Governança Corporativa;
  4. Gráfico das Ações ENMT3 na Bolsa de Valores; e
  5. Como analisar a empresa.

História da Energisa Mato Grosso (ENMT3)

A Energisa foi criada em outubro de 1958 ainda como a estatal Centrais Elétricas Matogrossenses (CEMAT) com a missão de respaldar a qualidade do sistema elétrico do estado que estava à beira de um colapso. Tanto que, a CEMAT deu início às suas operações apenas como uma distribuidora de energia, passou também, a ser uma geradora, transmissora e transformadora de energia no estado.

A companhia abriu o seu capital no ano de 1994, apesar disso, de 1996 a 1997 foi gerida pelo estado em parceria com a Eletrobrás, e sob intervenção do BNDES. No entanto, foram as mesmas que foram responsáveis por realizar os trâmites necessários à privatização da companhia, que, ao fim de 1997 foi adquirida pela Inepar ( $INPE3 ) e pela Rede Energia ( $REDE3 ).

Por volta do segundo semestre de  2012, a ANEEL implementou a intervenção administrativa sobre a CEMAT, onde, os conselheiros administrativos e fiscais da companhia foram imediatamente afastados e a ANEEL nomeou o Sr. Jaconias de Aguiar como interventor da companhia até que o período definido pela intervenção finalizasse, no caso, até o segundo semestre de 2013.

Essa intervenção ocorre porque a Rede Energia, então detentora majoritária das operações da CEMAT, possuía uma dívida de aproximadamente R$ 6 bilhões. E, de acordo com a MP 577, o governo pode/deve intervir nas concessionárias de energia do serviço público as quais estejam em dificuldade financeira. E, não identificando melhorias e iminente risco de colapso no fornecimento de energia, a ANEEL prorrogou a intervenção em até 2 anos.

É no ano de 2014, que para que a intervenção da CEMAT fosse finalizada, seu controle acionário deveria ser transferido e eleito novos administradores. E, na ocasião desta transferência de administração, em abril de 2014, a Energisa S.A. tomou posse da administração da companhia, que ainda tinha razão social de CEMAT.

Após toda essa reformulação a qual a companhia passou, em 2015, sua razão social se reformula de CEMAT para a atual Energisa Mato Grosso – Distribuidora de Energia S.A. Mais recentemente, em 2020, a companhia aprovou e realizou seu aumento de capital social que passou a ser diluído em aproximadamente R$ 1,7 bilhão de reais, sendo 65% diluído em ações preferenciais e o restante em ações ordinárias.

Apesar disso, a companhia é 100% detida pelo Grupo Energisa, haja vista que suas subsidiárias Energisa Participações S.A. e Rede Energia possuem 94,14% das ações emitidas pela Energisa Mato Grosso. E as ações restantes, estão detidas por acionistas que possuem uma posição inferior aos 5% do capital social da companhia.

O que faz a Energisa Mato Grosso

A Energisa Mato Grosso atua basicamente na geração e distribuição de energia elétrica no território em que atua. No caso, por todo o todo território do estado do Mato Grosso definido pela concessão estatal a qual responde. A área de atuação da Energisa é superior aos 900 mil km², que abrange 141 municípios e uma população superior aos 3,5 milhões de habitantes.

Desses clientes que possui, a energia que é gerada e distribuída pela Energisa, consumi-se em sua maioria para atividades de pecuária e agronegócio, haja vista que o estado do Mato Grosso possui o maior rebanho bovino do Brasil e a maior capacidade produtiva de soja e algodão do Brasil. 

No exercício findo em 2020, a Energisa Mato Grosso atingiu um total de vendas de energia de aproximadamente 9,66 mil GWh, seja no mercado cativo seja no mercado livre, aos quais juntos compõem uma base de 1,5 milhão de consumidores. Assim, foi possível observar um faturamento bruto de R$ 8,02 bilhões.

Seu Modelo de Negócios

Por característica de empresas do setor de energia elétrica, essas empresas trabalham com a contratação de seus serviços, no caso, a contratação de energia como se fala no mercado. No caso da Energisa Mato Grosso não é diferente, após vencer o processo licitatório cedido pelo estado do Mato Grosso e sob tutela da ANEEL, a companhia celebrou no ano de 1998 o contrato de concessão de distribuição de energia elétrica no estado até dezembro de 2027.

Resumidamente, o modelo de negócios da companhia é gerar, comercializar e distribuir energia elétrica para todo o território e habitantes que se encontram dentro da área delimitada pela concessão que participa. É evidente que a empresa possui liberdade para escolher como irá operacionalizar seu modelo de negócios, mas, desde que a ação a ser tomada pela Energisa esteja dentro dos limites contratuais e da regulação da ANEEL.

Governança Corporativa

Como citamos ao longo do texto, a companhia é detida pela Rede Energia e pela Energisa Participações S.A, onde ambas possuem em conjunto ações representativas à 97,51% do capital social da Energisa Mato Grosso.

Das aproximadamente 213 milhões de ações que a companhia possui, 65,5% são preferenciais e 34,5% são ordinárias, e, nenhuma das duas possui Tag Along.

Gráfico das ações da ENGI11 na B3

Abaixo a cotação das ações units da Energisa.

Para mais informações sobre empresas da B3, acesse gratuitamente o TC Matrix. Com a nossa ferramenta você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, balanço patrimonial, dividendos, proventos e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub