Lojas Quero-Quero (LJQQ3)

A Lojas Quero-Quero (LJQQ3) é fundada por Tilli Scholze, Walter Gallas e Senna Hartman no dia 15 de agosto de 1967, na cidade de Santo Cristo, no interior no estado do Rio Grande do Sul (RS).

Apenas em 1993 é inaugurada a primeira loja fora do RS e desde então, a companhia investe na expansão de novas lojas pelo sul do Brasil. Em agosto de 2020, a companhia capta R$ 2,23 bilhões com seu IPO e seu plano agressivo de expansão de lojas.

Além do segmento varejista, a Lojas Quero-Quero administra cartões de crédito VerdeCard e possui uma carteira de serviços financeiros, a qual administra pelo aplicativo Quero-QueroPAG, com o objetivo de unir o físico ao digital (Figital).

Nesse texto, buscaremos compreender melhor a empresa Lojas Quero-Quero (LJQQ3) passando pelos seguintes pontos:

  • O que faz a Quero-Quero (LJQQ3)
  • Modelo de Negócio
  • Governança Corporativa
  • Gráfico com desempenho das ações na B3
  • Como analisar a empresa

O que faz a Lojas Quero-Quero (LJQQ3)

A Lojas Quero-Quero é a maior varejista especializada em materiais de construção – cimento, ferro, telhas, pisos e revestimentos, louças e cerâmicas, tintas, ferramentas, material elétrico e hidráulico – do Brasil em número de lojas e segunda maior em área de vendas, com foco de atuação em pequenas e médias cidades.

Segundo a empresa, seu controle de estoque (SKU) e seu mix de produtos oferecidos, justifica a preferência do consumidor local à rede Quero-Quero, visando um modelo de negócio sustentável e replicável. Além da comercialização de materiais de construção, a oferta é incrementada com a venda de eletrodomésticos e móveis.

Modelo de Negócio (LJQQ3)

Inicialmente, o modelo de negócio da Loja Quero Quero girava em torno da comercialização de produtos agrícolas e veterinários. Dois anos depois, é implementada a venda de materiais de construção, seguido por eletrodomésticos e móveis.

Atualmente (3T20), a companhia já conta com 378 lojas e 2 centros de distribuição espalhados pela região Sul do país (CAGR 13,2%1T19 – 3T20).

Governança Corporativa Lojas Quero-Quero (LJQQ3)

As ações da empresa (LJQQ3) estão listadas no segmento de governança corporativa “Novo Mercado” junto à BM&BOVESPA. Dessa forma, todas as ações possuem final 3 (ON), consequentemente, todos os acionistas possuem direito a voto nas assembleias e Tag Along de 100%.

Vale destacar a participação no Conselho da companhia, de Eduardo Gouveia, o qual atuou como CEO da Cielo.

Gráfico com desempenho das ações na B3

Conforme o gráfico abaixo, podemos ver expressiva valorização do papel logo após seu IPO (Initial Public Offering) em agosto de 2020. Porém, recentemente, o papel vem sofrendo com o cenário adverso de âmbito fiscal e político do país.

Como analisar a empresa

Receitas (3T20)

A companhia possui três (3) fontes de receitas, sendo elas:

  1. Varejo de materiais de construção (80,5%);
  2. Serviços Financeiros (16,7%); e
  3. Cartão de Crédito (15,6%, das quais 60% possui destaque para a penetração do cartão VerdeCard).

Seu aumento na Receita está ligada à estratégia de expansão agressiva de lojas (custo fixo). Com crescimento de 19,9% no 9M20 vs 9M19 na Receita Bruta. A estratégia da companhia é focar na Alavancagem Operacional (alto custo fixo) que a expansão de unidades pode gerar.

Custos e Despesas (3T20)

Os custos e despesas gerais aumentaram ~30% (+30% 3T20 vs 3T19 e 21,4% 9M20 vs 9M19). Parte significativa desse aumento está atrelada a expansão orgânica da empresa. Em 2020 foram abertas 33 novas lojas ante 2019, o que gerou um CVM (custo de mercadoria vendida) e uma Despesa com pessoal maiores.

Ativo – Balanço Patrimonial da LJQQ3

Em 2020 a empresa captou R$2,23 bilhões, os quais é possível ver suas determinadas aplicações. A maior parte foi destinado a fortalecer o Caixa da empresa, o qual é possível ver um aumento de 333% (3T20 vs 3T19), parte para as atividades operacionais da empresa (Clientes e Estoques) e parte para investimento em imobilizado (+35,8% 3T20 vs 3T19).

Como a empresa é do segmento varejista, é perceptível o tanto de investimento em capital de giro que ela necessita quando comparamos a diferença entre o ROA (2,56%) e o ROIC (19,34%) dos últimos 12 meses e a tendência é de aumentar, conforme ela cresce. Como as margens operacionais já são baixas (3T20), a empresa necessita de um gerenciamento de estoque muito bom.

Passivo – Balanço Patrimonial da LJQQ3

O Passivo de Arrendamento sofre aumento de 41% de 2019 pra 2020, muito provavelmente devido a expansão orgânica da empresa. Além disso, a distribuição entre Capital Próprio e Capital de Terceiros é bem distribuída, com 52,7% e 47,3%, respectivamente, com um custo de capital de terceiros girando em torno de 4,2%.

No entanto, assim como no tópico acima, o qual é citado a necessidade em giro do estoque a fim de rentabilizar o ativo operacional, no Passivo, é indispensável o controle do PMPF (prazo médio do pagamento de compras), haja visto que a conta Fornecedores (+800) corresponde por ~47,7% do Passivo Circulante.

Para mais informações sobre as empresas da Bolsa, acesse gratuitamente o TC Matrix. Com nosso aplicativo financeiro, você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, balanço patrimonial, cotação das ações, gráficos e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub