Mangels (MGEL4) - TC

Mangels (MGEL4)

A Mangels (MGEL4) é uma empresa fundada em 1928 no estado de São Paulo que atua na produção de manufaturados de aço e alumínio, com foco na produção de rodas de alumínio para veículos leves. Também produz botijões e cilindros de gás. Neste texto, buscaremos compreender melhor a Mangels (MGEL3, MGEL4) passando pelos seguintes pontos:

  1. O que faz a Mangels;
  2. História da Mangels
  3. Governança Corporativa;
  4. Diferença entre MGEL3 e MGEL4;
  5. IPO na B3;
  6. Como analisar a Mangels

O que faz a Mangels

A Mangels possui cerca de 10 unidades de negócio, com mais de 1900 colaboradores e um faturamento bruto anual de mais de R$680,7 milhões. Atua na produção de rodas para veículos leves, vasilhames GLP, manufaturados de aço, tanques e eixo-v.

Dentre os clientes na produção de rodas estão as maiores montadoras do mundo: Toyota, Honda, Fiat, Jeep, Audi, Renault, Mercedes, Nissan e Volkswagen. Fornece também botijões de gás para as principais companhias do Brasil e para algumas empresas do Uruguai e Paraguai.

História da Mangels

A Mangels foi fundada em 1928, e iniciou suas atividades produzindo baldes de água galvanizados, em 1938 passou a produzir cilindros GLP e em 1958 começou a produzir rodas automotivas, inicialmente feitas em aço. Passou a realizar também, a requalificação e botijões de gás em 1995. Em 2008, abriu uma fábrica na cidade de Manaus, com o foco praticamente exclusivo em rodas de aço para a Honda Motors.

Em 2011, após crise no setor, fechou suas fábricas focadas em galvanização e na produção de aço. Altamente endividada, entrou em recuperação judicial em 2013.

De lá até 2016 a empresa passou por uma forte reestruturação e conseguiu sair de recuperação judicial em 2017. Já em 2019, abriu uma nova fábrica em Três Corações, focada em pintura e acabamento com verniz acrílico para rodas.

Governança Corporativa

A família Mangels segue compondo o grupo controlador, o neto do fundador da empresa, Robert Max Mangels é o atual presidente e principal acionista da empresa. A companhia recebeu aportes recentes de alguns fundos de investimento como o Organon FIA. A Mangels está listada na B3 no segmento tradicional.

Diferença entre MGEL3 e MGEL4

As ações terminadas em 3, como MGEL3, são as ações ordinárias. Esse tipo de ação dá aos acionistas direitos de participação na empresa. No caso da Mangels, apenas 0,1% do free-float está nas ações preferenciais, pois praticamente todas as ações de ticker MGEL3 estão nas mãos dos sócios majoritários.

Já as ações terminadas em 4 (MGEL4) indicam uma ação preferencial, que compõem 38,5% do free-float da companhia e estão disponíveis para negociação de acionistas minoritários. As ações ordinárias possuem um tag-along de 80%, enquanto que as preferenciais não possuem tag-along.

Evolução na Bolsa de Valores

A Mangels estreou na bolsa de valores em 1971. Atingiu seu topo histórico no final de 2007, no auge do otimismo com o Brasil e o setor automobilístico. Caiu drasticamente após entrar em recuperação judicial e vem se recuperando no começo deste ano.

Gráfico MGEL4

Como analisar a Mangels

Receitas

As receitas da companhia são oriundas, em sua maior parte, da produção de rodas de alumínio.

Os custos da empresa também estão mais ligados ao preço da matéria-prima, tendo aumentado no último trimestre.

Ativo

Seus ativos estão concentrados no imobilizado, devido às indústrias e escritórios da companhia.

Passivo

Já o passivo está mais concentrado no passivo não-circulante, com destaque para a conta de empréstimos e financiamentos. A Mangels conseguiu alongar o perfil da sua dívida para longo prazo, o que explica a diminuição no passivo circulante e o aumento no passivo não-circulante.

Para mais informações sobre as empresas listadas em bolsa, acesse gratuitamente o TC Matrix.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub