Como e por que investir na Minerva (BEEF3)? |TC

Minerva (BEEF3)

Tudo começou com a criação de gado da família Vilela de Queiroz em 1957. Anos depois, no ano de 1992, é adquirido o primeiro frigorífico e a acontece a constituição da Minerva como empresa. No ano de 2013, a International Finance Corporation (IFC), braço financeiro do Banco Mundial, adquiriu uma participação pequena na Minerva. A empresa, historicamente, realizou uma série de grandes aquisições estratégicas, como, por exemplo, em 2017 com a aquisição da JBS Mercosul e suas unidades no Paraguai, Uruguai e Argentina. A Companhia também possui algumas controladas que atuam nos ramos de logística, comercialização de energia, transporte, entre outros. 

O ano de 2018 foi de grande importância, ano de mais crescimento das operações da empresa com a criação da Athena Foods, empresa chilena 100% controlada, com operações na Argentina, Colômbia, Paraguai e Uruguai, sendo responsável por mais de 30% da carne consumida no Chile. A empresa teve um crescimento consistente e sustentável ao longo dos anos, desde o IPO, a Companhia ampliou sua capacidade de abate de forma esplêndida. O Grupo Minerva possui a marca Minerva Fine Foods, atua no segmento de carnes processadas, uma indústria de produtos alimentícios à base de carne. Também fazem parte da companhia Minerva, as empresas Minerva Casings, Minerva Biodiesel, Minerva Leather, Minerva Beef Shop, Minerva Live Cattle Exports, e Logística Minerva. 

Nesse texto, buscaremos compreender a empresa Minerva S.A. (BEEF3) perpassando pelos seguintes pontos:

  1. O que faz Minerva (BEEF3);
  2. Modelo de negócio da Minerva (BEEF3);
  3. Governança corporativa Minerva (BEEF3);
  4. Minerva é uma empresa ESG?;
  5. Evolução da Minerva (BEEF3) na Bolsa de Valores;
  6. Setor e concorrentes da Minerva (BEEF3);
  7. Como analisar a Minerva (BEEF3)

O que faz Minerva (BEEF3)

A Minerva S.A. é uma empresa de capital aberto que atua na produção e comercialização de carne in natura e seus derivados, exportação de gado vivo e atuando também no processamento de carne bovina, suína e de aves. 

A empresa tem diversificação geográfica de suas operações, exportando para os cinco continentes (mais de 100 países) e sendo líder na exportação de carne bovina na América do Sul. Tornou-se companhia em sociedade por ações em 2007, e suas ações estão listadas no Novo Mercado, o mais alto segmento da Bolsa brasileira de governança corporativa. 

Modelo de negócio da Minerva (BEEF3)

Além dos mercados já citados, considerados o core business da empresa, a Minerva tem 14 centros de distribuição, todo na América do Sul, sendo 9 no Brasil, 1 no Paraguai, 1 na Colômbia, 2 no Chile e 1 na Argentina, viabilizando a distribuição de produtos no mercado interno e externo. 

A Companhia atua ainda no mercado de trading de proteína bovina, trading de proteína no mercado externo, além de trading de energia elétrica, por meio da Minerva Energia, criada para gerenciar a exposição das instalações da Minerva Foods no mercado brasileiro de eletricidade. 

A Minerva mantém o foco principalmente em países em desenvolvimento, através de seus quinze escritórios comerciais.

Governança corporativa Minerva (BEEF3)

No quesito governança, a empresa faz parte do “Novo Mercado” junto à BM&BOVESPA, o que significa que a companhia está listada no nível mais alto de governança corporativa. 

Diretoria da Minerva

Minerva é uma empresa ESG?

No que diz respeito à sustentabilidade, por se tratar de uma empresa cuja atividade degrada bastante o meio ambiente, a Minerva toma uma série de cuidados em toda a cadeia produtiva visando minimizar esses danos. As ações de sustentabilidade da companhia podem ser conferidas na íntegra no site de relações com investidores da Minerva.

Evolução da Minerva (BEEF3) na Bolsa de Valores

A partir da análise do gráfico abaixo, é possível perceber que as ações da Minerva foram um excelente investimento para quem as adquiriu por volta de 2016 e manteve-as até hoje.

Evolução de BEEF3 na bolsa de valores

Setor e concorrentes da Minerva (BEEF3)

A Minerva é classificada no setor de frigoríficos, caso queira conhecer mais sobre o setor, não deixe de ler nosso texto sobre análise setorial dos frigoríficos. Entretanto, como a Minerva é uma companhia que possui atuação fora do país existem concorrentes nacionais como a JBS (JBSS3), Marfrig (MRFG3) e algumas concorrentes como a Tyson Foods (TSN), listada apenas na bolsa de Nova york.

Como analisar a Minerva (BEEF3)

Receitas

As receitas são obtidas através principalmente da comercialização das carnes bovinas das operações da Minerva.

Resultados de Minerva (BEEF3)

Custos

Os principais custos da Minerva são relativos ao custo da matéria prima para o abate das carnes, o boi. Por isso as ações dos frigoríficos tendem a cair quando ocorre um aumento no preço da arroba do boi, já que suas margens serão reduzidas.

Ativos

Os maiores ativos da Minerva atualmente são o caixa e equivalentes de caixa e os ativos imobilizados, que são as plantas de produção da companhia.

Ativos de Minerva (BEEF3)

Passivos

Do lado dos passivos, as principais obrigações da empresa são justamente os empréstimos e financiamentos junto às instituições financeiras que são utilizados para investimentos na empresa. É interessante acompanhar como a companhia vem conseguindo reduzir o seu endividamento e consequentemente o nível de alavancagem.

Passivos de Minerva (BEEF3)

Para mais informações sobre empresas da bolsa acesse gratuitamente o TC Matrix. Com ele, você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, balanço patrimonial e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub