Profarma (PFRM3)

O Grupo Profarma é um dos maiores players do setor de saúde do Brasil, com atuação em Distribuição, Especialidades e Varejo.

Nesse texto, buscaremos compreender a empresa Profarma (PFRM3) passando pelos seguintes pontos:

  1. O que faz a Profarma (PFRM3);
  2. Governança Corporativa da Profarma (PFRM3);
  3. Evolução da Profarma na Bolsa de Valores;
  4. Como analisar a Profarma (PFRM3)

O que faz a Profarma (PFRM3)

A companhia iniciou suas operações em 1961, no Rio de Janeiro. Na década de 1970, deu início ao processo de expansão das atividades e ampliação da sede corporativa da companhia. Foi também um período de forte crescimento do número de clientes. Firmaram parcerias e iniciativas conjuntas com importantes indústrias de produtos farmacêuticos, como Bristol-Myers Squibb, Roche e Aché. 

Em 1999, realizaram a aquisição estratégica de um distribuidor atacadista de produtos farmacêuticos no Estado de São Paulo, a KF Distribuidora, que contava com dois Centros de Distribuição. Em 2002, passaram a atuar no segmento de Especialidades, fornecendo produtos farmacêuticos e hospitalares a clínicas e hospitais privados. Já em 2005, a fim de aumentar o mix de produtos e capturar sinergias entre os negócios, iniciou a distribuição de vacinas, por meio da subsidiária Promovac.

Ampliando a área de atuação, a empresa inaugurou em 2007 dois Centros de Distribuição no nordeste do Brasil. Também realizaram a aquisição da distribuidora Dimper, Rio Grande do Sul, passando a contar, assim, com 11 CDs, em 10 estados do país. Em 2011, reforçando a área de Especialidades, fizeram a aquisição de 60% da Prodiet Farmacêutica, empresa de distribuição de medicamentos para o segmento hospitalar.

Em 2013, a companhia entrou no varejo farmacêutico, com as aquisições das redes Drogasmil, Farmalife e Tamoio. Assim, consolidaram um novo posicionamento do Grupo Profarma, como um dos maiores players do setor de saúde do Brasil. 

Governança Corporativa da Profarma (PFRM3)

Evolução da Profarma na Bolsa de Valores

Em 2006, a Profarma realizou seu IPO, com captação bruta de R$401 milhões. De forma pioneira no segmento farmacêutico brasileiro, as ações da companhia passaram a ser negociadas na B3.

Como Analisar a Profarma (PFRM3)

Receitas

Custos

Ativos

Passivos

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub