Como e por que investir nas ações da Renova Energia (RNEW11)? | TC

Renova Energia (RNEW11)

A Renova Energia (RNEW11) foi fundada em 2001, porém só foi constituída em 2006, com o objetivo de gerar e comercializar energia em todas as formas, além de produzir combustíveis provenientes de fontes renováveis, bem como participação no capital social de outras empresas.

Atualmente, a Renova Energia figura entre as líderes de implementação de projetos eólicos no país por meio do seu modelo de gestão integrado, que vai desde o esboço até a operacionalização dos projetos da organização.

Neste texto, buscaremos compreender a empresa Renova Energia (RNEW11) passando pelos seguintes pontos:

  • Quem é a Renova Energia (RNEW11);
  • O que faz Renova Energia (RNEW11);
  • Governança corporativa Renova Energia (RNEW11);
  • Evolução das ações RNEW11 na Bolsa de Valores; e
  • Como analisar a Renova Energia (RNEW11).

O que faz a Renova Energia (RNEW11)

Em 2006 ao passar por uma reformulação societária, a Renova Energia S.A. é constituída ao adquirir 100% da Enerbrás, fundada em 2001. Seu registro na CVM e seu IPO foram realizados em 2008 e 2010, respectivamente. Detalhe que no IPO as ações do tipo Unit foram ofertadas, sendo elas compostas por 1 ação ordinária e 2 preferenciais. Além disso, foi a primeira empresa da bolsa do setor de energias renováveis.

No segmento operacional de comercialização de energia, de 2009 à 2017, a companhia atuou basicamente pelos seguintes leilões de energia: de reserva (LRN) e nova (LEN), transacionando mais de 850 MW de energia gerada.

Dentre as ferramentas utilizadas para isto, estavam os dois complexos eólicos da Bahia e os 4 parques solares também na Bahia. Isso dentro do mercado regulado, já no mercado livre, foram mais de 400 MW comercializados, grande parte devido à parceria com a Light (em 2011, assim que ingressou no controle da companhia).

Por estar em fase de crescimento na época, a Light entra no controle da companhia através de um acordo para aumento de capital social da Renova, onde, ao total foram acrescentados R$ 376 milhões, sendo R$ 360 milhões provenientes da Light.

Os parques citados no parágrafo anterior foram concluídos e aprovados pela ANEEL em 2012 e 2014, respectivamente. Outra grande operação da companhia foi aquisição de parte do capital controlador da mesma, por parte da Cemig GT. Nesta operação, a Renova adicionou ao seu portfólio 50% da Brasil PCH.

Ao final de 2017, a companhia totalizava em seu portfólio 190 MW de PCH’s instalada e operacionais, sendo 3 usinas próprias no sul da Bahia e outras 15 advindas da compra da Brasil PCH. Em relação à geração eólica, era a sua maior capacidade instalada com 202,2 MW, porém, em 2017 todos os ativos desse tipo de geração já estavam vendidos. E, por fim, um Projeto Híbrido para geração de energia solar com capacidade instalada de 4,8 MW.

Governança Corporativa (RNEW11)

No quesito governança corporativa, a companhia está listada no “Nível 2” junto à BMF&BOVESPA atualmente B3. Sua estrutura corporativa conta com Diretoria Executiva, Conselho de Administração e Conselho Fiscal.

Ações Renova Energia (RNEW11) na B3

Como analisar a Renova Energia (RNEW11)

Receitas

As receita são oriundas, em sua maior parte, da comercialização de energia.

Custos

Os custos da empresa são, em sua maior parte, o custos da operação e manutenção dos complexos produtores.

Ativos

A empresa tem seu ativo mais concentrado no longo prazo. Sendo a conta mais representativa a de Ativos Imobilizados.

Passivos

A empresa tem seu passivo mais concentrado no curto prazo. Sendo a conta mais representativa a de empréstimos e financiamentos.

Para mais informações sobre as empresas da Bolsa, acesse gratuitamente o TC Matrix. Com nosso aplicativo financeiro, você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, balanço patrimonial, cotação das ações, gráficos e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub