TC Mover
Mover

Ações da JBS (JBSS3) disparam após acordo nos EUA que abre espaço para IPO

Postado por: TC Mover em 15/10/2020 às 12:20
As ações da JBS, negociadas na Bolsa Valores pelo código JBSS3, subiram mais de 9% no pregão de quarta-feira, após acordo firmado entre a controladora J&F e o Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Pelo acordo, a holding da família Batista se considera culpada por fazer parte de esquemas de corrupção no Brasil.

São Paulo, 15 de outubro – As ações da JBS, negociadas na Bolsa Valores pelo código JBSS3, subiram mais de 9% no pregão de quarta-feira, após acordo firmado entre a controladora J&F e o Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Pelo acordo, a holding da família Batista se considera culpada por fazer parte de esquemas de corrupção no Brasil.

O acordo abre caminho para a oferta pública inicial, IPO na sigla em inglês, da companhia em Nova Iorque, uma intenção antiga da família Batista, que poderia reduzir o custo de captação de recursos da empresa e valorizá-la ainda mais. A tentativa anterior foi barrada pelo BNDES, grande acionista da companhia. 

Por volta das 11h00 desta quinta-feira, 15, os papéis da JBS subiam 5,63% a R$ 22,66. O papel acumula alta de 16% na semana, mas ainda cai mais de 10% no ano. 

A empresa se comprometeu a pagar US$ 128 milhões ao Departamento de Justiça norte-americano. O valor total do acordo era de US$ 256 milhões. No entanto, a companhia alegou que pagou parte da indenização a autoridades brasileiras e abateu o que foi pago no acordo com os EUA.

Ministério público denuncia donos da JBS (JBSS3)

Em território nacional, o Ministério Público denunciou os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, e o ex-governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, por um esquema que envolveu o pagamento de R$ 67 milhões em propina entre os anos de 2014 e 2016. Os crimes vão desde corrupção ativa e passiva, a lavagem de dinheiro e organização criminosa.

 O MP ainda denunciou o conselheiro do Tribunal de Contas do Mato Grosso do Sul, Márcio Campos Monteiro e mais de 20 pessoas pelo envolvimento com o esquema de corrupção.

Apesar de homologado um acordo de colaboração dos irmãos Batista pelo Supremo Tribunal Federal, a Procuradoria-Geral da República rescindiu o acordo e prosseguiu com a acusação. Além da condenação, os procuradores pedem uma indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 277 milhões.

JBS (JBSS3)

Fundada em 1953, a JBS S.A. é uma das maiores indústrias de alimentos do mundo. A companhia, que opera no processamento de carnes bovina, suína, ovina, de frango e no processamento de couro também comercializa produtos de higiene e limpeza, além de embalagens metálicas, biodiesel, entre outros. 

O grupo JBS controla marcas como Swift, Friboi e Maturatta e possui seus negócios divididos entre a JBS Mercosul, JBS Foods e JBS USA, que inclui as operações de bovinos nos Estados Unidos, Austrália e Canadá, além de suínos dos EUA, México e Porto Rico.

Texto: Ana Carolina Amaral

Edição: Angelo Pavini

Imagem: divulgação

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis