TC Mover
Mover

B2W melhora experiência do cliente e aumenta vendas

Postado por: TC Mover em 07/05/2021 às 17:43
B2W pretende investir mais em experiência do cliente

São Paulo, 7 de maio – A B2W pretende continuar investindo na melhora da experiência do cliente, a qual já trouxe um aumento das vendas no primeiro trimestre de 2021. Isto foi o que afirmaram o diretor-presidente, Marcio Cruz, e o diretor financeiro e de Relações com Investidores, Raoni Lapagesse, em teleconferência de resultados hoje.


Vendas brutas totais da B2W aumentaram 90,40%

A companhia, dona dos sites Submarino e Americanas.com, viu crescimento de 90,40% nas vendas brutas totais, GMV na sigla em inglês, que atingiu R$8,7 bilhões no primeiro trimestre.

O prejuízo líquido da B2W de R$163,6 milhões, maior que o de R$25 milhões esperado pelo TC, foi um reflexo do aumento com as despesas com vendas, gerais e administrativas, que totalizaram R$808,1 milhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, EBITDA na sigla em inglês, ajustado atingiu R$129,4 milhões no período.


Plano Universo Americanas buscará melhorar geração de caixa e jornada do cliente

O objetivo do plano de crescimento Universo Americanas se mantém em aumentar a geração de caixa e a jornada do cliente, promovendo a melhoria da experiência por meio de awareness, que é a consciência de marca, experiência de compra e fidelização. O programa Americanas Mais, que oferece benefícios como frete grátis e entrega rápida, foi um fator importante para o aumento no GMV.

“Obtivemos sucesso na nossa estratégia. Vimos queda de 50% no cancelamento de pedidos no marketplace”, disse Marcio Cruz. Ele afirmou ainda que o crescimento da B2W é sustentável e que os investimentos foram feitos “de um jeito que a conta fecha”.

O presidente da empresa também disse que a criação da Americanas SA trará engajamento dos clientes, vendedores e fornecedores, e diminuirá fricção.


Fintech Ame teve alta de mais de 350% no volume de pagamentos

Também foram citadas na teleconferência as aquisições de plataformas digitais. Entre elas está a Supermercado Now, que vem escalando bem segundo os diretores – sendo que mais da metade dos itens vendidos pela B2W foram itens de supermercado, e a Shipp, plataforma de delivery que conecta a B2W a restaurantes e reforça um dos focos da companhia, que é a entrega ultra rápida.

Além das aquisições, houve a parceria com a OOOOO para o desenvolvimento de uma plataforma de live commerce, que une compras com entretenimento.

Já a Ame, fintech e plataforma digital de negócios, atingiu 19 milhões de downloads e continua se desenvolvendo rapidamente, segundo a empresa. O volume total de pagamentos,TPV na sigla em inglês, atingiu R$5,1 bilhões de janeiro a março, um aumento de mais de 350% na comparação anual. Segundo Raoni Lapagesse, “há um plano de crescimento de negócio para a Ame”, mas que não foi detalhado.


Desempenho das ações da B2W (BTOW3)

O papel da B2W (BTOW3) caiu 0,83% nesta sexta-feira, cotado a R$62,48. A ação acumula queda de 17,37% no ano. Já o Ibovespa fechou em alta de 1,77%, aos 122,0 mil pontos, na máxima do dia.


Desempenho das ações da B2W


Para acompanhar o desempenho das ações da B2W e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Maria Luiza Dourado
Edição: Igor Sodré e João Pedro Malar
Arte: TC Mover


Leia também

Sanita: Multiplan (MULT3) reagirá ao afrouxamento das restrições?

Payroll decepciona e reforça visão de Jerome Powell

TC Day vai debater cenário político-econômico no pós-pandemia

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais