Mover

BNDES espera precificar oferta de debêntures da Vale em 12 de abril

Postado por: TC Mover em 29/03/2021 às 16:49
Vale - BNDES

São Paulo, 29 de março – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, BNDES, deu início hoje à oferta de venda de mais de 214 milhões de debêntures participativas da Vale. O movimento deve ajudar o banco estatal a levantar quase R$13 bilhões e repagar o Tesouro Nacional por empréstimos feitos durante os governos do PT.


Debêntures da Vale: Oferta poderá ser feita para investidores não residentes no Brasil

Executivos do BNDES e dos bancos coordenadores da oferta – liderados pelo Bradesco BBI, Citigroup, Itaú BBA e JPMorgan – devem se reunir com investidores nacionais e internacionais entre 30 de março e 9 de abril, disse uma fonte com conhecimento direto da situação.

Executivos da Vale também devem participar dessas reuniões, disse a fonte. A oferta do BNDES será feita com esforços restritos e poderá ser oferecida para investidores não residentes no Brasil.

Vale afirmou que não pretende participar da oferta como compradora

Duas semanas atrás, a Vale mudou as escrituras das debêntures como parte da decisão do BNDES de vender sua fatia da emissão. A Vale informou no início deste mês que não pretende participar da oferta de venda dos papéis pelo BNDES como potencial compradora “por não possuir todas as autorizações regulatórias necessárias e por uma prerrogativa de alocação de capital neste momento”.

De qualquer forma, a Vale, por sua parte, busca a recompra dos papéis no mercado para reduzir o custo de serviço da sua dívida e liberar colateral.

Papéis, emitidos em 1997, tinham remuneração semestral de 1,80%

As chamadas debêntures participativas, emitidas em 1997, na privatização da mineradora, foram lançadas durante o processo de desestatização com o objetivo de garantir aos acionistas parte do lucro da produção de minério de ferro em áreas ainda não operacionais quando o governo decidiu renunciar ao controle da mineradora.

Os papéis são perpétuos e pagavam remuneração semestral de 1,80%, com base no faturamento líquido da produção no Sistema Norte, que inclui as áreas de Carajás e Serra Leste, no Pará, e de cobre na mina do Sossego, em Carajás.

Desempenho das ações da Vale (VALE3)




BNDES - Vale


Perto das 16h50, o papel da Vale (VALE3) subia 2,31%, cotado a R$97,74. No ano, a ação acumula alta de 16,65%. No mesmo horário, o Ibovespa avançava 0,47%, aos 115,3 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações da Vale e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Guillermo Parra-Bernal
Edição: Gustavo Boldrini e João Pedro Malar
Arte: TC Mover


Leia também

Vieira: Teto deve se ajustar à pandemia como âncora fiscal

B3 estuda regulação para “IPO do cheque em branco”

Restrições pressionam fluxo de caixa do setor de combustível, diz Fitch

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais