Mover

Bradesco BBI inicia cobertura da Neoenergia (NEOE3) com recomendação de compra

Postado por: TC Mover em 04/01/2021 às 15:46

São Paulo, 4 de janeiro – O Bradesco BBI iniciou a cobertura das ações ordinárias, ON, da Neoenergia, código NEOE3, com recomendação outperform, o equivalente a compra, e preço-alvo de R$27,00 para o fim de 2021, o que configura um potencial de alta de 54%. 

Em relatório, o analista Francisco Navarrete, do BBI, rebaixou, por outro lado, a recomendação da CPFL ON, código CPFE3, de outperform para neutra, citando a necessidade de novas evidências de sua boa disciplina de capital. 

Também relata que entre os gatilhos para a alta da elétrica paulista estão a vitória da privatização da Companhia Estadual de Energia Elétrica, a CEEE, que terá leilão em 3 de fevereiro, além da possível fusão da CPFL com os ativos da chinesa State Grid, dona da companhia, que precisaria ser aprovada pelos minoritários. O preço-alvo para o papel ordinária da elétrica paulista ficou em R$39,00, que tem implícito um potencial de 20% de valorização.

Bradesco BBI vê alta de 28% de EBITDA de Neoenergia em 2021

Sobre a Neoenergia, o Bradesco BBI diz que as suas operações atuais mostram uma execução sólida, com suas distribuidoras melhorando o desempenho em comparação com os parâmetros regulatórios nos últimos dois anos. Também vê o papel excessivamente descontado, estimando que o EBITDA da elétrica cresça 28% em 2021, substancialmente acima da média dos pares listados. 

Entre os riscos à tese estão seu apetite de crescimento por aquisições, particularmente após a recente oferta agressiva para vencer o leilão de privatização da distribuidora de energia de Brasília, a CEB, no qual pagou R$2,5 bilhões, um preço considerado alto pelo analista. 

Desempenho das ações Neoenergia (NEOE3)

Perto das 15h35, as ações ordinárias da Neoenergia, código NEOE3, subiam 0,85% a R$17,77, enquanto as da CPFL, código CPFE3, perdiam 2,89%, maior queda desde 4 de dezembro, a R$31,61. Para acompanhar o desempenho das ações da resseguradora e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Bárbara Leite
Edição: Melina Flynn e Letícia Matsuura
Imagem: Vinícius Martins/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais