Mover

BTG sobe preço-alvo de ADR da Vale (VALE) e diz que ele está “inegavelmente barato”

Postado por: TC Mover em 24/11/2020 às 18:16

São Paulo, 24 de novembro – O BTG Pactual elevou o preço-alvo dos recibos de ações da Vale negociados nos Estados Unidos, os ADRs, código VALE, de US$14 para US$17 e reiterou a recomendação de compra para os papéis. Segundo o banco, a ação da mineradora está “inegavelmente barata em qualquer métrica”.

A Vale tem potencial para retorno sobre ativos de mais de 10%, segundo o relatório do banco. O volume de minério de ferro também deve crescer, apontando para mais 30% no período 2020-2023. Além disso, o preço atual das ações da companhia comparado às concorrentes australianas apresenta um desconto injustificado de aproximadamente 40%. 

Esses pontos ajudam a diminuir o risco da Vale, que é uma das mais baratas entre as grandes companhias acompanhadas pelo banco, sendo negociada a um múltiplo de 3,4 vezes o valor da empresa, que é seu valor de mercado mais sua dívida, sobre o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, o EV/EBITDA.

Tragédia de Brumadinho

O BTG também destaca a melhoria na percepção ESG da empresa, ou seja, no respeito ao meio-ambiente, social e de governança, conforme a imagem da companhia perante a tragédia de Brumadinho vai sendo reparada. 

Apesar disso, as negociações sobre as indenizações pela tragédia com o governo de Minas Gerais ainda estão em andamento. As incertezas sobre as provisões são fatores negativos para a empresa

Desempenho das ações da Vale (VALE3)

A ação ordinária da Vale, negociada na bolsa brasileira pelo código VALE3, fechou a terça-feira em alta de 4,92%, cotada a R$74,80. Para acompanhar o desempenho das ações da mineradora e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Letícia Matsuura
Edição: Angelo Pavini
Imagem: TC Mover

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais