Mover

Carrefour (CRFB3) tem primeira alta após repercussão por morte em loja

Postado por: TC Mover em 26/11/2020 às 20:34

São Paulo, 26 de novembro – A ação ordinária do Carrefour Brasil, código CRFB3, subiu 2,2% nesta quinta-feira, cotada a R$19,47. Esta é a primeira alta após os protestos e a repercussão em torno da morte de um homem negro por dois seguranças no estacionamento em uma filial em Porto Alegre.

De segunda-feira, 23, a quarta-feira, 25, o Carrefour acumulou perda de 6,63%, equivalente a R$1,34 por ação.

Após repercussão, Carrefour anuncia medidas sociais

João Alberto Silveira Freitas, conhecido como Beto, morreu aos 40 anos no estacionamento por asfixia. Após discussão com uma funcionária, ele foi espancado e morto pelos dois seguranças brancos terceirizados.

Após a trágica morte e os protestos contra a varejista, foram anunciadas diversas medidas de cunho socio-racial. O Carrefour disse que as vendas desta quinta e sexta-feira serão destinadas a medidas de diversidade e inclusão. De acordo com a empresa, serão contratados 20 mil novos colaboradores por ano respeitando a representatividade racial.

Entre as medidas externas, estão a criação de um comitê que fiscalizará o Carrefour por um ano. Além disso, a Defensoria Pública do Rio Grande do Sul entrou ontem com uma ação coletiva contra a supermercadista, cobrando R$200 milhões de indenização pela morte de Beto.

Desempenho das ações da Carrefour Brasil (CRFB3)

Ação - Carrefour

Para acompanhar o desempenho das ações do Carrefour Brasil, código CRFB3, e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Letícia Matsuura
Edição: Angelo Pavini
Imagem: Vinícius Martins/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais