Cogna tem prejuízo pior que esperado no segundo trimestre - TC
TC Mover
Mover

Cogna (COGN3) tem prejuízo pior que esperado no segundo trimestre

Postado por: TC Mover em 13/08/2021 às 10:48

São Paulo, 13 de agosto – A Cogna registrou prejuízo líquido pouco maior que o esperado no segundo trimestre, com as restrições ao ensino presencial ainda pesando no último período antes da retomada gradual das aulas pelo país.

Em balanço divulgado nesta sexta-feira, 13, a companhia educacional reportou prejuízo de R$20,4 milhões, ante consenso TC de R$12,0 milhões, valor ajustado por despesas não-caixa, como amortização de intangível, mais valia de estoques e impairment.

No trimestre anterior, em termos ajustados, a Cogna reportou lucro líquido de R$6,4 milhões. A receita líquida subiu 3% em relação ao trimestre anterior, para R$1,3 bilhão, e o EBITDA recorrente caiu 9,9% ante janeiro-março, para R$329,5 milhões, com margem de 25%, puxada pela menor provisão para créditos duvidosos.

Cogna afirma que tem processo de alongamento de dívida finalizando

A alavancagem da Cogna voltou a subir no trimestre, atingindo 2,13 vezes na proporção dívida líquida/EBITDA. A companhia diz estar finalizando o processo de alongamento de sua dívida. Um processo de captação de R$1,25 bilhão deve ser finalizado em agosto, ajudando a companhia a aumentar o prazo do seu passivo de curto prazo.

Em comunicado, a educacional reafirmou o objetivo de “deixar a estrutura da holding cada vez mais eficientes para suportar os planos futuros das unidades de negócio”. A diretoria da empresa deve explicar os resultados em teleconferência às 16h00 desta sexta.

Desempenho das ações da Cogna (COGN3)

Por volta das 10h40, a ação ordinária da Cogna (COGN3) subia 2,45%, a R$3,35. Contudo, nos últimos 12 meses, o papel derrete 54,30%. No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda de 0,14%, aos 120,5 mil pontos.Ação da Cogna - COGN3

Para acompanhar o desempenho das ações da educacional e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Cíntia Thomaz e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

IBC-Br surpreende em junho; no radar, Roberto Campos Neto, consumidor americano: Espresso

Calendário Econômico: IBC-Br, balanços, consumidor nos EUA

Especial: Emae aposta em energia solar e terrenos antes de privatização, diz fonte

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais