TC Mover
Mover

Credit Suisse rebaixa recomendação de construtoras

Postado por: TC Mover em 18/05/2021 às 15:22
Credit Suisse rebaixou construtoras

São Paulo, 18 de maio – O Credit Suisse rebaixou sua recomendação para as ações das construtoras EZTec (EZTC3), Even (EVEN3), Mitre (MTRE3) e Direcional (DIRR3), refletindo a deterioração do cenário do setor e um aumento na percepção de risco.


Aperto monetário e concentração de lançamentos são riscos para o setor, segundo Credit Suisse

Dentre os fatores citados como riscos para o setor está o movimento de aperto monetário, com o banco enxergando a taxa básica de juros, a taxa Selic, a 6,50% ao final deste ano, o que prejudica o acesso a vendas de imóveis.

O Credit Suisse também menciona a concentração de lançamentos no segundo semestre, após paralisações causadas pela pandemia no início do ano. Isso “deve pesar na velocidade de vendas e limitar a capacidade das empresas de aumentar preços”, escrevem Daniel Gasparete, Pedro Hajnal e Vanessa Quiroga.

O banco vê crescente pressão nos custos das construtoras, tanto de matéria prima, com a continuidade do ciclo de alta nos preços do aço e de outros materiais, quanto de mão-de-obra, com a alta dos custos trabalhistas se tornando o próximo grande tema do setor.


Credit Suisse alterou recomendação de quatro companhias para neutra

Para as ações ordinárias da EZTec (EZTC3), o banco agora vê preço-alvo de R$44,00, ante R$53,00 anteriormente. Tanto a Mitre (MTRE3) quanto a Even (EVEN3) tiveram seus preços-alvos cortados de R$17,00 para R$15,00, enquanto os papéis da Direcional (DIRR3) tiveram redução de R$20,00 para R$19,00. Além disso, o banco também alterou a recomendação das quatro companhias de outperform, equivalente a compra, para neutra.

Já no caso da Cyrela (CYRE3), o Credit Suisse manteve recomendação de compra, mas cortou seu preço-alvo de R$35,00 para R$32,00, assim como a Moura Dubeux (MDNE3), com alvo reduzido de R$15,00 para R$14,00.

A Tenda (TEND3) continuou com recomendação neutra, com mudança no preço-alvo de R$37,00 para R$35,00. A MRV (MRVE3) também permaneceu como neutra, mas o banco elevou seu alvo de R$21,50 para R$24,50.


Desempenho das ações das construtoras

Perto das 15h20, o papel da Mitre (MTRE3) tinha queda de 1,95%, cotado a R$11,08, enquanto o da Moura Dubeaux (MDNE3) subia 0,56%, a R$8,95. Ainda dentre as ações analisadas pelo Credit Suisse, a da EZTec (EZTC3) e da Even (EVEN3) caíam 4,91%, a R$31,57, e 2,75%, a R$10,27, respectivamente.

No mesmo horário, os ativos da Cyrela (CYRE3) e da Direcional (DIRR3) recuavam 1,60%, a R$24,01, e 0,07%, a R$14,43, respectivamente. Já os da MRV (MRVE3) e da Tenda (TEND3) tinham quedas de 0,51%, a R$17,59, e 2,27%, a R$24,96. O Ibovespa operava em alta de 0,29%, aos 123,2 mil pontos.


Desempenho das ações da EZTec


Para acompanhar o desempenho das ações das construtoras analisadas pelo Credit Suisse e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Peter Frontini
Edição: Lucia Boldrini e João Pedro Malar
Imagem: Divulgação


Leia também

Ernesto Araújo nega aconselhamento paralelo a Jair Bolsonaro

Governo eleva projeções do PIB e da inflação para 2021

Especial: Minerva compensará suspensão de exportação na Argentina com outras plantas, diz fonte

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais