Mover

Eleven recomenda entrar no IPO da Espaçolaser (ESPA3) por retorno crescente

Postado por: TC Mover em 21/01/2021 às 17:19
Espaçolaser

São Paulo, 21 de janeiro – A Eleven Financial, maior casa de research independente do Brasil, recomenda aos investidores participar da oferta pública inicial, IPO na sigla em inglês, de ações da Espaçolaser, citando os fundamentos sólidos e a avaliação atraente para uma empresa que navega praticamente sozinha no segmento de depilação a laser no país.

A equipe de analistas liderada por Eric Huang estabeleceu preço-alvo de R$24,00 para a ação ordinária da Espaçolaser representando espaço para alta de 34% em relação ao ponto médio da faixa sugerida para o IPO. Os investidores de varejo estão sujeitos a uma trava de venda dos seus papéis, conhecida como lock-up, de 45 dias.

IPO da Espaçolaser (ESPA3) pode movimentar quase R$3 bilhões

O IPO da Espaçolaser, maior rede de clínicas de depilação do Brasil, pode movimentar cerca de R$2,9 bilhões, mediante a venda de 142 milhões de ações, incluindo os lotes adicional e suplementar da transação. Na semana passada, a companhia definiu a faixa sugerida de preço entre R$15,90 e R$19,90 por ação.

A empresa deve colocar em seu caixa pouco mais de R$1,3 bilhão, que poderão ser usados para expansão e compra de dez sociedades franqueadas. O restante dos recursos irá para os atuais acionistas da Espaçolaser, incluindo os fundos de participações Magnólia FIP e SMZXP, o qual representa os sócios-fundadores José Carlos Semenzato e a apresentadora de TV Xuxa Meneghel.

Mercado robusto para depilação a laser representa oportunidades

A Espaçolaser contratou Itaú BBA, Santander Brasil e Goldman Sachs para coordenar a transação. De acordo com Chang, a empresa “tem apresentado bom histórico de crescimento nos últimos anos aliado a rentabilidade interessante”.

Além de ajudar a diversificar as receitas, com a oferta de serviços adicionais e a menor dependência dos royalties, as principais oportunidades para investidores da Espaçolaser estão ligadas “à baixa penetração da depilação a laser dentro de um mercado muito robusto no Brasil”, que é o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais no mundo, apontou.

Espaçolaser vai estrear na B3 no começo de fevereiro

A Espaçolaser já conseguiu atingir níveis de rentabilidade atraentes, com margem EBITDA, ou lucro operacional, ao redor de 30% e um retorno sobre o capital investido superior a 20% desde 2018. A rede de clínicas, que deve negociar na bolsa com o código ESPA3, precificará a oferta em 28 de janeiro e deve estrear na B3 em 1º de fevereiro. Para quem quiser saber mais sobre as ofertas iniciais, o TC School preparou um e-book sobre os IPOs.

Texto: Guillermo Parra-Bernal
Edição: Leandro Tavares e João Pedro Malar
Arte: TC Mover

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais