TC Mover
Mover

Especial: Petrobras ganha fôlego com estrangeiro aliviando fluxo de venda, dizem analistas

Postado por: TC Mover em 06/05/2021 às 11:58

São Paulo, 6 de maio – O comportamento errático das ações da Petrobras, que acumulam dez quedas nos últimos 14 pregões, pode mudar com o súbito ânimo entre os clientes estrangeiros de grandes corretoras, que têm liderado as vendas de papel na falta de notícias positivas, disseram analistas.


Fluxo de venda do investidor estrangeiro travava ações da Petrobras

Na quarta-feira, o papel preferencial da Petrobras teve seu maior avanço em quase três semanas. O movimento foi sustentado pelo volume financeiro acima da média e pela virada no fluxo de capital estrangeiro nos papéis da companhia. Ao longo dos últimos meses, as ações da petrolífera vinham sendo alvo da fúria do investidor não residente, temeroso com a perspectiva da uma possível interferência do governo federal na sua gestão.

Para traders, gestores e contribuidores do TC, o fluxo de venda dos estrangeiros era um dos motivos principais pelos que o papel não andava. As cotações representam um descolamento dos fundamentos cada vez mais sólidos da Petrobras e, também da avaliação mais barata da empresa ante seus pares internacionais. “Os múltiplos fazem zero sentido: a Petrobras opera a três vezes sua geração de caixa, contra as americanas operando a sete ou oito vezes”, explica Hugo Queiroz, analista do TC Matrix.


Corretoras usadas pelos estrangeiros registraram fluxo de compra na quarta-feira

É difícil determinar se o sentimento foi invertido na véspera, apesar de muitas das mesmas corretoras usadas pelos estrangeiros para se desfazer das suas posições na maior petroleira estatal listada da América Latina passar a comprá-los em grandes quantidades. No acumulado dos últimos 30 dias, a Bradesco Corretora havia alienado cerca de 4,2 milhões de ações preferenciais e 10,3 milhões de ações ordinárias da Petrobras.

Porém, o fluxo da corretora na quarta-feira foi comprador em 5,79 milhões de papéis preferenciais (PETR4) e 1,22 milhões de ordinários (PETR3) – mais da metade da quantidade vendida desde início de abril. Clientes da JPMorgan que, em dado momento dentro do mesmo período, chegaram a ter saldo negativo de 13,3 milhões de ações PN. Entretanto, encerraram ontem com compras de 6,4 milhões de ações. Os clientes da Genial, maiores vendedores do período, com R$740,99 milhões, se tornaram compradores, mesmo que modestamente, pela primeira vez em oito pregões.


Volumes financeiros superou a média negociada pela primeira vez em cinco pregões

“No gráfico, as principais regiões de preço para a Petrobras vencer e abrir espaço para reações mais fortes estão em R$24,40 e no fechamento da lacuna deixada no dia 19 de fevereiro em R$26,20.” disse o contribuidor do TC e trader Sérgio Sanita. “O fato de que a queda de terça teve volume financeiro muito menor que o da alta de quarta oferece um alento de que o papel poderá buscar uma alta mais continuada” completa.

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) fecharam ontem em alta de 4,11%, cotada a R$23,83. As ordinárias (PETR3) subiram 4,09% a R$23,40. Somados, os volumes financeiros foram de R$2,28 bilhões, que pela primeira vez em cinco sessões ficou acima da média negociada nos 21 pregões anteriores. Os dois papéis acumulam queda de 16,1% e 13,1% no ano.

Hugo Queiroz completa que outros fatores ainda tornam o cenário para a petrolífera muito positivo, como a rápida desalavancagem, os desinvestimentos de negócios não essenciais e a reiterada mensagem do governo de que não haverá interferência na fixação dos preços domésticos dos combustíveis. O petróleo está próximo das máximas de dois anos, ele pontua. E, segundo a Reuters, a empresa ontem reabriu a licitação para a venda de seu polo marítimo Golfinho – quiçá motivada pela alta na commodity.


Desempenho das ações da Petrobras (PETR4)

Contudo, perto das 11h50, o papel preferencial da Petrobras (PETR4) recuava 1,13%, cotado a R$23,56. Enquanto isso, a ação ordinária (PETR3) caía 1,41%, a R$23,07. No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda de 0,19%, mas ainda acima de 119 mil pontos.


ação da Petrobras - PETR4


Para acompanhar o desempenho das ações da estatal e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Felipe Corleta e Peter Frontini
Edição: Guillermo Parra-Bernal e Letícia Matsuura
Arte: TC Mover


Leia também

Mercado Libre adiciona Bitcoin ao tesouro

Exterior cauteloso olha empregos e Federal Reserve; mercado repercute Copom: Espresso

Calendário Econômico: Seguro-desemprego, juros, balanços

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais