TC Mover
Mover

Glencore sai da CSN Mineração e lucra 21% após ancorar IPO

Postado por: TC Mover em 12/05/2021 às 15:32

São Paulo, 12 de maio – A Glencore, que ancorou a oferta pública inicial, IPO na sigla em ingês, da CSN Mineração em fevereiro decidiu sair do investimento por meio de uma venda em bloco hoje, que levantou 21% a mais do que investiu inicialmente na segunda maior exportadora brasileira de minério de ferro.


Glencore movimentou cerca de R$1,14 bilhão com venda de ações da CSN Mineração

Segundo uma fonte diretamente ligada com a transação, o negócio, que aconteceu no leilão de abertura desta quarta-feira na B3, movimentou cerca de R$1,14 bilhão.

Precificadas na média a R$10,25 cada, foram 50,8 milhões de ações ordinárias da CSN Mineração (CMIN3) que a Glencore alienou, equivalente a cerca de 31,30% das ações em livre circulação no mercado. Esse preço representou desconto de 5,96% em relação ao fechamento da véspera.

Noventa dias depois de montar posição na exportadora, a Glencore acumulou um lucro ajustado pelo câmbio de aproximadamente 21,40% na operação, de acordo com cálculos da TC Mover. A venda foi absorvida principalmente por clientes das corretoras Morgan Stanley e Credit Suisse. A fonte não disse quem comprou os lotes ofertados.


IPO da exportadora movimentou aproximadamente R$5,2 bilhões

O IPO da CSN Mineração, que aconteceu em 12 de fevereiro, tinha precificado o papel em R$8,50, movimentando cerca de R$5,2 bilhões. Sediada na Suíça, a Glencore é uma das maiores tradings de commodities do mundo, com interesses diretos na produção e negociação integrada de commodities metálicas.

A informação foi publicada em primeira mão pelo site Brazil Journal. O minério de ferro negociado no porto chinês de Qingdao subiu 3,77%, a US$237,57, nesta quarta-feira.


Entrada na B3 demorou quase 14 anos para se concretizar

A CSN Mineração foi criada em 2015, resultado da fusão dos ativos de mineração das empresas CSN e Namisa. Atualmente, faz parte do Grupo CSN, e é a segunda maior exportadora de minério de ferro do Brasil. O grupo é dono de 89% da mineradora.

Entre os ativos da empresa estão a Mina de Casa de Pedra, que possui mais de seis bilhões de toneladas em recursos e 3 bilhões de toneladas em reservas de minério de ferro, segundo dados de 2014, e as Minas Engenho & Pires. O IPO da companhia demorou cerca de 14 anos para se concretizar.


Desempenho das ações da CSN Mineração (CMIN3)

Perto das 15h30, o papel da CSN Mineração (CMIN3) caía 5,69%, cotado a R$10,28. A ação acumula alta de 14,79% no ano. No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda de 2,16%, aos 120,3 mil pontos.


Desempenho das ações da CSN Mineração


Para acompanhar o desempenho das ações da exportadora de minério de ferro e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Felipe Von Eye Corleta
Edição: Guillermo Parra-Bernal e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Inflação nos EUA acelera mais rápido que o previsto

Machado: Parecer da MP da Eletrobras reestrutura setor

Ethereum supera Visa e JPMorgan Chase em valor de mercado

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais