Mover

Gol (GOLL4) vê fusão com Smiles (SMLS3) como solução mútua, mas minoritário contesta

Postado por: TC Mover em 10/03/2021 às 14:42
Gol

São Paulo, 10 de março – A fusão da Smiles com a Gol solucionará os problemas das duas companhias e impulsionará a criação de valor do programa de milhas aéreas, disse o diretor de Relações com Investidores da Gol, Richard Lark, em teleconferência com investidores e analistas nesta quarta-feira.


Modelo de negócio da Smiles já estava deteriorando antes da pandemia, diz Lark

A proposta, porém, recebeu críticas de um acionista minoritário da empresa de milhagem. Esta é a segunda vez que a Gol tenta incorporar a subsidiária. A primeira tentativa ocorreu em outubro de 2018 e teve forte resistência dos minoritários da Smiles.

Lark apontou que a Smiles já vinha tendo seu negócio deteriorado antes da pandemia, com queda constante no preço médio por milha desde o primeiro trimestre de 2017. A Gol também aponta que a retração do mercado de cartão de crédito no país representa uma ameaça ao modelo de negócio da Smiles, que depende das milhas acumuladas em cartões.

“O menor crescimento e lucratividade tem levado os emissores [de cartões] a mudar o foco em seus programas próprios de fidelidade, mantendo uma parcela maior do fluxo de caixa dentro de casa”, aponta a companhia aérea em apresentação.

Troca premiaria acionistas da Smiles em 26,30%, segundo companhia área

A Gol voltou a garantir que a troca premiará os acionistas da Smiles em cerca de 26,30%, segundo laudo, com a troca de ações ordinárias da empresa de milhas (SMLS3) por papéis preferenciais da aérea (GOLL4). A relação deve ficar em 0,818 vez.

A companhia área também afirmou que a governança corporativa da Smiles será melhorada com a troca, o que causou incômodo em um acionista minoritário da empresa de milhagem presente na teleconferência, que observou que a Gol, como controladora, estava criticando a governança de sua subsidiária e, consequentemente, gerando pressão sobre as ações.

No ano passado, minoritários da Smiles já haviam entrado com arbitragem contra a compra antecipada de passagens da Gol. Segundo Lark, a operação ajudaria a elevar o caixa da subsidiária. A Smiles realiza Assembleia Geral Extraordinária para tratar da operação na próxima segunda-feira, dia 15, a partir das 12h00.

Desempenho das ações da Gol (GOLL4)

Gol

Por volta das das 14h40, o papel preferencial da Gol (GOLL4) subia 4,04%, cotado a R$20,34. A ação ordinária da Smiles (SMLS3) tinha alta de 1,36%, a R$19,42. No mesmo horário, o Ibovespa recuava 0,18%, aos 111,1 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações da Gol e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Angelo Pavini e João Pedro Malar
Imagem: Divulgação


Leia também

Bolsonaro venceria Lula em 2022 por 10 pontos, diz pesquisa

Especial: Governo exerce maioria e aprova PEC Emergencial sem mudanças

Vieira: Centro-direita pode crescer com aliança entre Bolsonaro e Centrão

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais