Mover

Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) lucra R$386 milhões no terceiro trimestre; ações da companhia caem hoje

Postado por: TC Mover em 29/10/2020 às 12:11
O Grupo Pão de Açúcar, GPA, registrou lucros atribuídos aos acionistas controladores de R$386 milhões no terceiro trimestre, uma alta de 152% em relação ao mesmo período do ano passado.

São Paulo, 29 de outubro – O Grupo Pão de Açúcar, GPA, registrou lucros atribuídos aos acionistas controladores de R$386 milhões no terceiro trimestre, uma alta de 152% em relação ao mesmo período do ano passado. 

A varejista reportou sua receita de vendas que ficou em R$21,3 bilhões, o que representa 57,5% a mais do que o terceiro trimestre de 2019. Os resultados reúnem as operações do GPA Brasil Alimentar e do Grupo Éxito, que foi comprado pelo GPA no ano passado. No Brasil, segundo o Valor, as operações registraram alta de 18% na receita líquida, o equivalente a R$15,9 bilhões, enquanto o Éxito, grupo colombiano, trouxe uma receita líquida de R$5,32 milhões.

Dívida bruta do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) registrou alta de 13,35% no terceiro trimestre

O EBITDA da companhia, que considera o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, registrou alta de 29,7% no comparativo anual proforma, usando dados que simulam como teria sido o resultado do Pão de Açúcar no ano passado se já tivesse feito as aquisições e reestruturações anunciadas depois. Nesse sentido, o indicador registrou R$1,7 bilhão.

A dívida líquida de curto prazo do Grupo Pão de Açúcar era de R$5,86 bilhões no fim de setembro, uma alta de 9,4% em relação ao mesmo período do ano passado. A dívida de longo prazo, por sua vez, somou R$11,2 bilhões, bem acima dos R$9,6 bilhões do trimestre imediatamente anterior. Na dívida bruta, portanto, o Grupo Pão de Açúcar registrou alta de 13,35%, o equivalente a R$17 bilhões.

Desempenho das ações do GPA (PCAR3)

O Grupo Pão de Açúcar, negociado na B3 pelo código PCAR3, registrava queda de 1,14% em suas ações por volta das 11h20, com o papel a R$62,36. 

Confira o desempenho das ações da companhia no ano pelo TC Matrix.

Texto: Ana Carolina Amaral

Edição: Angelo Pavini

Imagem: Divulgação

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais