Mover

Impairment e pandemia deterioram resultado da Cogna

Postado por: TC Mover em 31/03/2021 às 13:41
Cogna

São Paulo, 31 de março – A Cogna teve seu balanço do quarto trimestre “severamente impactado” pelo impairment, efeito não-caixa que traduz o reconhecimento de perdas no valor recuperável de ativos. A queda de receitas de alunos com a piora da pandemia de Covid-19 também afetou o resultado, disse a companhia em release divulgado hoje.


Prejuízo ajustado, de R$589,2 milhões, foi maior que o esperado

A Cogna reportou perda de R$3,39 bilhões com impairment, levando a um prejuízo líquido de R$4,01 bilhões no período. O prejuízo ajustado, sem efeitos não-recorrentes, ficou em R$589,2 milhões, perda bem maior que a estimada pelo consenso TC, de R$135 milhões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, EBITDA na sigla em inglês, da companhia, levando em conta o impairment, saltou para R$3,77 bilhões. Já o indicador recorrente da Cogna ficou negativo em R$100,5 milhões, revertendo EBITDA positivo de R$534,9 milhões no quarto trimestre de 2019.

Empresa reverteu resultado de 2019 e reconheceu ano difícil

Em comunicado, a Cogna reconheceu que 2020 foi “um dos mais difíceis da história recente” da companhia. “A combinação da significativa redução de receita de alunos FIES com a piora da economia ocasionada pela pandemia da Covid-19 impactou fortemente os resultados da companhia”, diz.

O prejuízo líquido da Cogna no acumulado do ano ficou em R$907,5 milhões, revertendo lucro líquido de R$771,9 milhões em 2019. A receita líquida da companhia no ano despencou 16,10%, para R$5,9 bilhões.

Desempenho das ações da Cogna (COGN3)



cogna



Perto das 13h40, o papel da Cogna (COGN3) subia 5,70%, cotado a R$4,08. Nos últimos 12 meses, a ação acumula retração de 23,31%, afetada pela crise causada pela Covid-19, que acertou em cheio o setor educacional. No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda de 0,73%, aos 115,9 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações da Cogna e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Igor Sodré e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Equatorial surpreende e arremata CEEE-D em proposta única

Trimestre fecha de olho no Plano Biden; no radar, Pesquisa ADP e dólar: Espresso

Especial: Ministro Tarcísio Freitas espera que Infraweek seja divisor de águas dos investimentos no Brasil

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais