Itaú Unibanco reduz meta de custo de crédito para o ano - TC
TC Mover
Mover

Itaú Unibanco reduz meta de custo de crédito para o ano

Postado por: TC Mover em 03/08/2021 às 18:17

São Paulo, 3 de agosto  – O Itaú Unibanco reduziu a projeção da despesa líquida com provisões para o ano e elevou o crescimento esperado da receita com empréstimos e tesouraria. Isto é sinal de que a alta nos juros e a retomada econômica devem impulsionar os resultados do maior banco comercial do Brasil e da América Latina no restante do ano. O banco apresentou lucro líquido recorrente de R$6,54 bilhões no segundo trimestre, batendo o consenso TC, de R$6,15 bilhões.

Em fato relevante, o Itaú Unibanco disse que espera que o custo total do crédito consolidado no ano atinja entre R$19,0 bilhões e R$22,0 bilhões, ante intervalo de R$21,3 bilhões a R$24,3 bilhões anteriormente. Uma eventual imparidade relacionada aos créditos tributários poderia impactar o banco, disse o diretor-presidente Milton Maluhy disse nesta terça-feira, 3, em teleconferência de resultado. Contudo, completa, há conversa com o Banco Central sobre formas de mitigar o impacto caixa da Reforma Tributária.

Itaú Unibanco deve manter “excelente qualidade” da carteira de crédito nos próximos trimestres

A carteira de crédito deve crescer entre 8,5% e 11,5%, ante previsão anterior de expansão de 5,50% a 9,50%. Já a margem financeira com o mercado, ou receitas de tesouraria, devem atingir entre R$6,5 bilhões a R$8,0 bilhões neste ano, ante intervalo anterior de R$4,9 bilhões a R$6,4 bilhões.

Milton Maluhy estima a carteira de crédito do Itaú Unibanco deve manter a “excelente qualidade” e deve continuar crescendo nos próximos trimestres. De acordo com ele, o mix mais prudente tem permitido o banco crescer sem maiores riscos. O banco permanece atento às carteiras que têm componentes dolarizados, disse.

O executivo disse que o Itaú Unibanco deve completar 75% dos objetivos da iniciativa Plano Varejo 2030 neste ano. Além disso, segundo ele, banco quer quadruplicar o volume de vendas nos canais digitais até 2025. Mas o diretor-presidente afirmou que não deve divulgar metas, ou guidance, da área digital.

Milton Maluhy acredita que economia crescerá 5,8% no ano

Para Milton Maluhy, o avanço da vacinação é a melhor solução para a economia brasileira. O surgimento de nova variante do coronavírus é um risco, mas ele espera que a atividade se normalize no quarto trimestre. A expectativa dele para a economia é de crescimento de 5,8% no ano. Além disso, vê a taxa básica de juros, a chamada taxa Selic, tocando 7,50% em dezembro.

O diretor-presidente do Itaú Unibanco espera que o custo dos empréstimos se estabilize em níveis pré-pandêmicos ao longo do ano que vem. A margem de juros está refletindo o mix de crédito mais prudente, apontou. Os calotes podem subir na medida em que os estímulos sejam reduzidos, disse Milton Maluhy. De acordo com ele, é pouco provável que o banco consuma provisões acumuladas no ano passado.

Desempenho das ações do Itaú Unibanco (ITUB4)

A ação preferencial do banco (ITUB4) subiu 0,98%, cotada a R$30,77. Nos últimos seis meses, o papel acumula ganho de 10,08%. Já a ação ordinária (ITUB3) avançou 0,83%, a R$27,85. Porém, no acumulado do ano, perde 1,18%. O Ibovespa fechou em alta de 0,87%, aos 123,5 mil pontos. Ação do Itaú Unibanco - ITUB4

Para acompanhar o desempenho das ações do Itaú Unibanco e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Gustavo Boldrini, Guillermo Parra-Bernal e Iolanda Nascimento
Edição: Karine Sena e Letícia Matsuura
Arte: Mover


Leia também

Especial: Com vacinação, varejo físico ganha força em carteiras de agosto

Mercado sobe com balanços e estímulos; Copom, precatórios, IPO no radar: Espresso

Entrevista exclusiva: Ricardo Barros vê Imposto de Renda, CBS e Correios aprovados em agosto

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais