TC Mover
Mover

JPMorgan e Citigroup suavizam provisões no quarto trimestre

Postado por: TC Mover em 15/01/2021 às 13:57
jpmorgan

São Paulo, 15 de janeiro – Os gigantes do setor financeiro JPMorgan e Citigroup reduziram suas provisões para perdas com crédito no quarto trimestre, liberando um espaço importante do patrimônio, e registraram lucro líquido por ação acima do esperado.

As divulgações marcam o início da bateria de resultados dos principais bancos americanos, que costumam abrir a temporada de balanços trimestrais das empresas do país. O Wells Fargo também reportou seus resultados, com receitas frustrando as estimativas do mercado.

Lucro do JPMorgan no quarto trimestre reflete “otimismo” com vacinação

O JPMorgan teve mais um balanço sólido no quarto trimestre, com lucro líquido de US$3,79 por ação, bem acima das previsões de US$2,62. A receita de US$30,16 bilhões superou o consenso de US$28,70 bilhões, e o banco liberou US$2,9 bilhões em provisões, destinadas a possíveis perdas com inadimplência no crédito.

O CEO da companhia, Jamie Dimon, disse que o resultado reflete o otimismo com a vacinação e os estímulos fiscais, mas que “as reservas de crédito de US$30 bilhões continuam a refletir uma significativa incerteza econômica no curto prazo”, que permitirá ao banco “resistir a um ambiente econômico muito pior do que as previsões atuais da maioria dos economistas”.

Citigroup supera previsão de lucro para o quarto trimestre

O Citigroup seguiu a estratégia do rival e cortou em US$1,5 bilhão o montante destinado a provisões, mas o valor das receitas decepcionou e ficou levemente abaixo dos consensos.

O lucro por ação do banco no quarto trimestre ficou em US$2,08, superando o consenso que previa US$1,34, indicando sinal de “força e durabilidade da franquia diversificada” da instituição, segundo o CEO Mike Corbat.

O Wells Fargo também divulgou seus resultados de quarto trimestre hoje, com lucro líquido de US$0,64 por ação acima do consenso de US$0,60, mas com receitas abaixo do esperado.

Desempenho das ações do setor financeiro

Perto das 13h40, os papéis de JPMorgan, Citigroup e Wells Fargo caíam 1,84%, 4,75% e 6,39%, em dia de maior aversão ao risco no mercado acionário americano. Os recibos das ações negociados no Brasil, os BDRs, do JPMorgan, Citigroup e Wells Fargo também operavam em queda.

O ETF, fundo de índices, XLF, que replica o índice de empresas financeiras da Bolsa de Nova Iorque, caía 1,68%.

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Maria Luiza Dourado e João Pedro Malar
Imagem: Divulgação

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis