TC Mover
Mover

Klabin (KLBN4) recua, apesar de nova aquisição e de recorde no setor

Postado por: TC Mover em 14/10/2020 às 17:24

São Paulo, 14 de outubro – A unit, ou recibo de ações, da Klabin, maior produtora e exportadora de papel ondulado do país, recua pelo segundo dia em três pregões, apesar de os dados de vendas de papel ondulado no país atingirem novo recorde mensal em setembro e os controladores e o BNDES acertarem o fim de pagamento de royalties à família fundadora da empresa.

A Klabin também concluiu hoje a aquisição do negócio de papéis para embalagens e papelão ondulado da International Paper no Brasil. A compra tinha sido anunciada em março pelo valor de R$330 milhões. A unit, uma mistura de ações ordinárias e preferenciais da Klabin, recuava 0,53%, a R$24,53, por volta das 16h30. 

Klabin (KLBN4) assume a concorrente International Paper

A Klabin recebeu autorização do CADE, Conselho Administrativo de Defesa Econômica, para assumir a operação das unidades da International Paper no Brasil. As unidades da principal concorrente da Klabin foram adquiridas em março deste ano por R$ 330 milhões.

A aquisição da International Paper levou a companhia, que já detinha cerca de 17% do mercado, a se consolidar na liderança do setor. A compra também representa o aumento da capacidade de produção da Klabin, que já é líder no segmento de papelão ondulado no país, e agora poderá produzir mais de 1 milhão de toneladas de embalagens de papelão por ano.

“A ampliação da capacidade e a presença nas cinco regiões do país está alinhada à estratégia de integração e diversificação da Companhia, que expandirá seu atendimento a diferentes mercados e clientes, além de comprovar a solidez e visão de futuro da Klabin. Acompanhamos com atenção a crescente demanda por soluções de embalagens sustentáveis, incluindo o aumento das vendas por e-commerce, e estamos preparados para o maior investimento da história da Klabin, o Projeto Puma II, que agregará duas novas máquinas de papel à empresa, que aliadas à integração com as unidades adquiridas reforçam nosso foco no mercado interno”, afirma Douglas Dalmasi, diretor de Embalagem da Klabin.

Klabin (KLBN4) e BNDES acertam proposta para fim de royalties

Segundo o Valor, os controladores da Klabin e o BNDESPar entraram em um acordo para acabar com os pagamentos de royalties por uso das marcas que dão nome à companhia. Fontes do jornal afirmam que a proposta prevê que os controladores receberão 70 milhões de ações ordinárias, o que equivale a algo em torno de R$ 362,6 milhões, com base na cotação de ontem.

A negociação tem como objetivo encerrar os pagamentos de royalties e, deste modo, as ações negociadas serviriam como uma espécie de indenização à família, que ficará impossibilitada de cobrar novamente pelo uso do sobrenome Klabin na companhia.

Se for fechado o acordo, será necessário convocar uma Assembleia Geral Extraordinária a fim de que os acionistas minoritários possam votar a proposta ou retificar a pauta da assembleia já convocada, remarcando a data do encontro.

Papelão ondulado tem bom desempenho em setembro

A Klabin se beneficia também da retomada da economia. As expedições de papel ondulado tiveram alta 15,4% no mês de setembro, atingindo um novo recorde mensal, segundo dados divulgados hoje pela Associação Brasileira do Papelão Ondulado, ABPO.

O cenário de alta na expedição de papelão ondulado indica uma retomada econômica, tendo em vista a crise causada pela pandemia do Covid-19. A compra de embalagens de papelão indica que as empresas estão produzindo mais bens e o varejo vendendo mais. Esses dados são um importante termômetro da atividade econômica e apontam um bom cenário para o setor. 

Texto: Ana Carolina Amaral
Edição: Angelo Pavini
Imagem: Divulgação

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis